Money Week: Barrichello declara que o sucesso para os seus empreendimentos é fazer tudo com amor

Carlos Eduardo Bertin
null

Crédito: Divulgação Stock Car

O ex-piloto Rubens Barrichello foi um dos entrevistados desta segunda-feira, 25, na Money Week, a maior conferência online sobre investimentos do país.

O evento teve início hoje e segue até sexta-feira, 29, reunindo grandes nomes da área de investimentos e do mundo corporativo. Para participar, basta clicar aqui.

À jornalista Fabiana Panachão, Barrichello falou sobre a gestão da sua carreira e como foi o processo de migração para outras áreas. Além disso, o ex-piloto relatou os aprendizados que teve com o seu pai, sobre o programa Acelerados e como o Instituto Família Barrichello foi consolidado.

Segundo ele, o segredo do sucesso em seus empreendimentos é a forma como eles são conduzidos. “Em tudo tem uma porção de amor que me conduz”, afirmou.

Gestão da carreira

Barrichello contou que desde muito cedo aprendeu muita coisa com seu pai, dono de uma loja de materiais de construção, na condução do seu dinheiro.

Segundo ele, seu pai sempre foi conservador com as finanças e nunca quis dar passos muito altos. Observando isso, aprendeu a administrar o que recebia de forma regrada e tranquila.

Esse aprendizado foi essencial, principalmente nos seus primeiros anos na Europa, época em que recebia menos de 800 dólares e tinha que gastar menos do que esse valor para viver de forma segura.

Businessman

Rubinho foi um dos grandes nomes da Fórmula 1 na década de 90 e no início dos anos 2000. Por conta disso, sabe o que seu nome representa.

Mesmo abandonando a F-1, ele continua envolvido no automobilismo e participando de outras modalidades, como a Stock Car. No entanto, hoje ele se vê como um businessman e destaca que precisou aprender as coisas que envolvem negócios de forma muito rápida.

Ele reconhece o peso que tem o seu nome e, em virtude disso, relata que precisou usar esse fator de forma a fazer com que as coisas possam fluir na hora de negociações para eventos e parcerias.

Acelerados

Outro assunto abordado na entrevista foi referente ao seu programa Acelerados, que passa no SBT. Segundo o ex-piloto, a ideia do programa surgiu tendo como referência o programa Top Gear (BBC).

Entretanto, ele destaca que o Top Gear serviu apenas como base para a criação do Acelerados, mas que o seu programa tem a própria dinâmica.

A função de Barrichello nesse programa é a de provador de carros, o que exige imparcialidade e enfatiza a necessidade de testar todos os carros, independente da preferência.

Como vê a carreira nos próximos anos?

Sobre como ele se vê na carreira nos próximos anos, Barrichello enfatiza que não sabe onde vai estar, mas que atualmente todos os seus empreendimentos estão sendo feito com muito amor.

Ele diz que não quer parar de correr no momento e que o programa, os negócios e o Instituto trazem satisfação. Segundo o ex-piloto, o tempo dele está sendo bem ocupado e afirma “em tudo tem uma porção de amor que me conduz”.

Instituto Família Barrichello

Barrichello relata que o Instituto foi pensado há muito tempo. Quando ainda era garoto, seu pai pediu para que ele desse o macacão de corrida de kart para um garoto que cuidou do carro da família, no estacionamento do cartódromo de Interlagos nos dias que antecederam o Natal.

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

Dias depois, o garoto voltou ao mesmo local e o pai do ex-piloto perguntou sobre o macacão. Ao ouvir a resposta da criança, “ô, tio, meu pai vendeu para comprar drogas”, ele observou a necessidade de criar um projeto para mudar aquela situação.

Sobre a gestão do Instituto, Barrichello cita as ações para arrecadar verbas, as buscas por parceiros e destaca que as pessoas colocam a mente para trabalhar.

Para o investimento dar certo

Em relação aos investimentos, Barrichello aconselha que:

  • É preciso ter coragem para investir onde está fraco para que seja possível ter frutos no futuro;
  • Ter sonhos;
  • Foco;
  • Fazer tudo com amor.

Segundo o ex-piloto, isso serve para que as coisas deem certo e as pessoas sejam vitoriosas nos seus objetivos.

 

 

LEIA MAIS

Money Week: gestor Henrique Bredda vê cenário econômico positivo no Brasil
Money Week: Jason Vieira, da Infinity Asset, diz que Brasil avança em meio a processo global de desaceleração econômica

 

Se considera um investidor conservador? Então você está em risco de extinção!

O cenário econômico virou do avesso e o país já não é mais o mesmo.

As taxas de juros caíram à níveis jamais vistos no Brasil desde o final do governo Militar (imagem abaixo) e levaram os rendimentos de Renda Fixa para próximo de Zero (ou negativos no caso da poupança).

Italian Trulli

A nova equipe econômica está incentivando novos investimentos no país, e com isso já não é mais possível ganhar dinheiro confortavelmente na poupança e em CDBs comuns. Por isso, estamos declarando a Extinção do Investidor Conservador.

Se você faz parte dessa espécie de investidor que está em risco de extinção, confirme seus dados no formulário abaixo e fale com nossa equipe. Vamos te ajudar, sem dor e sem custo.