Money Week: como Mirna Borges virou um sucesso no Youtube

Giovanna Castro
Jornalista formada pela UNESP.
1

Crédito: Mirna Borges tem mais de um milhão de inscritos no YouTube -Foto: Reprodução/ Instagram

Formada em Engenharia Mecânica e de Petróleo, a capixaba Mirna Borges deu uma guinada na sua carreira há quatro anos. Deixou uma empresa de petróleo onde era engenheira de testes e trabalhava até em plataformas offshore para fazer sucesso no Youtube.

Mirna criou em 2016 o canal EconoMirna, hoje com mais de um milhão de inscritos. E tornou-se uma das maiores influenciadoras de finanças do País.

Ela é uma das participantes da próxima edição da Money Week, o maior evento online e gratuito de investimentos da América Latina, que vai acontecer entre 23 e 27 de novembro.

BDRs| Confira os papéis disponíveis para Investimentos

Como foi a virada

Quando concluiu as duas engenharias, Mirna trabalhou em uma multinacional de petróleo no exterior. De volta ao Brasil, com a remuneração convertida em real, tinha uma bolada no banco. A gerente logo ligou para oferecer uma série de produtos e convenceu Mirna a aplicar em previdência privada e fundos multimercado.

“Fiz tudo aquilo sem entender o que eu estava fazendo. Sem entender sobre a previdência privada que ela estava me oferecendo e sem entender se o fundo multimercados estava de acordo com o meu perfil e com os meus objetivos”, conta. Mirna acabou perdendo dinheiro, mas ganhou uma motivação para estudar sobre investimentos e cuidar, ela mesma, do seu patrimônio. 

A ideia de criar o canal no Youtube vem na sequência, quando Mirna percebe que seus amigos também não sabiam nada sobre o assunto.  “Foi assim que nasceu a ideia de ensinar aos brasileiros como cuidar do seu dinheiro e não cometer esses mesmos erros que eu também já tinha cometido”, explicou.

 O canal EconoMirna

O objetivo do EconoMirna é ensinar de forma simples, prática e descomplicada como lidar com o dinheiro.

“Foi um processo muito natural. Eu abri o canal e fui publicando os primeiros vídeos. Depois, criei o Instagram, fui gerando conteúdo e trabalhando com a audiência. Foi um processo de crescimento ao longo desses anos”, conta.

Hoje, em seu canal, perfil no Instagram, cursos e palestras, Mirna Borges fala também sobre organização financeira, como se livrar das dívidas e como mudar o comportamento em relação às finanças.

Para ela, educação financeira é muito mais comportamental do que sobre fazer planilhas e cálculos. Por isso, seu conteúdo foca em todo o processo de mudança de mentalidade sobre o dinheiro.

Dicas da Mirna

Mirna diz que um dos grandes erros dos investidores brasileiros é negligenciar a reserva de emergência. Ou colocá-la em investimentos errados para esse tipo de recurso, como na renda variável.

Reserva de emergência não é para alavancar capital e sim para segurança. Então, o lugar dela é sim em investimentos conservadores e de liquidez diária, o que não se encontra na renda variável”, disse.

Ela lembra que, sem esse “colchão financeiro”, é preciso pegar um empréstimo no caso de uma emergência. Isso significa pagar juros altos e perder dinheiro.

Qual o melhor investimento?

Mirna costuma dizer que “o melhor investimento” não existe.  O que existe são os investimentos mais adequados para cada tipo de pessoa. Tudo vai depender do seu perfil de investidor, o momento da sua vida e os objetivos que você tem para esse dinheiro”, diz Mirna Borges.

Por isso, é importante que a pessoa tenha, antes de tudo, clareza quanto ao seu objetivo e o seu perfil.  Além disso, ela recomenda que o investidor iniciante entenda que é preciso dar um passo de cada vez. Não se deve focar somente em altos retornos, sem antes criar uma base sólida de estabilidade financeira.

“É claro que, dentro de uma carteira diversificada, é possível ter uma parte em renda variável. Mas, é importante entender o que você está fazendo. Então, primeiro de tudo, estude”, recomenda.

Hoje, aos 33 anos, com uma carteira bem consolidada, com reserva de emergência e investimentos de renda fixa de curto e médio prazo, Mirna está focada em investir em renda variável.

Seu objetivo é, em um futuro próximo, viver de renda.