Mini índice bovespa: saiba o que é e para que serve

regiane delfino medeiros
Colaborador do Torcedores
1

Crédito: Rafael Matsunaga/flickr.com

É um contrato futuro muito utilização como forma de especulação em operações de day-trade

O mini índice bovespa nada mais é do que um contrato futuro do Índice Bovespa. Ficou confuso?

Fique tranquilo que vamos explicar passo a passo!

Então, antes de entender o que é mini índice bovespa, você precisa ter claro em sua mente dois conceitos básicos: de índice Bovespa e de contrato futuro.

O índice Bovespa, conhecido também como Ibovespa, nada mais é do que uma carteira teórica de ações das empresas mais negociadas na Bolsa em um determinado período.

Dessa forma, ele é considerado um índice de referência para todos os outros investimentos do mercado de renda variável. Tecnicamente falando, dizemos que esta carteira teórica é um benchmark para o mercado financeiro.

Já o contrato futuro é um instrumento financeiro cujo preço deriva de uma commodity (soja, café, boi) ou de outro instrumento financeiro como o Índice Bovespa e o dólar.

Nesse tipo de contrato, a compra e a venda são estabelecidas para ocorrer em uma data futura. Logo, todo contrato futuro tem uma data de vencimento.

Apresentado os conceitos iniciais, vamos agora entender melhor o que é o mini índice bovespa.

O que é o mini índice bovespa?

Como dito anteriormente, o mini índice é um contrato futuro do Índice Bovespa. Para ficar ainda mais claro, podemos dizer que ele é um contrato que varia de acordo com as oscilações do Ibovespa.

Ou seja, o contrato de mini índice é um contrato derivado do Ibovespa, que tem um prazo de vencimento.

Mas agora você deve estar se perguntando, mas por que ele é mini? Bem, na verdade o contrato futuro do Ibovespa pode ser negociado de duas formas:

  • Contrato cheiro (IND) que exige uma margem maior para operar no day-trade (compra e venda no mesmo dia).
  • Mini índice (WIN) que é um contrato futuro que exige um valor menor para investir, logo a margem para operar no day-trade também é menor.

Resumindo, a principal diferença entre eles está no valor do contrato futuro. Tanto no que se refere ao valor da margem quanto no lote necessário para investir. A margem necessária para negociar no day-trade pode variar entre as corretoras.

Agora, com relação ao lote mínimo de negociação, investidor consegue negociar apenas 1 contrato no mini índice, já no contratos cheio, o lote mínimo é de 5 contratos.

Para que serve o mini índice Bovespa?

O contrato de mini índice costuma ser muito usado para contratos de operações de day-trade. Mas nada impede que sejam realizadas operações de curto prazo também.

Em geral, contratos futuros costumam ter um enorme volume de operações, superior inclusive ao mercado de ações. Sendo assim, isso pode ser muito vantajoso para o investidor que busca ativos com maior liquidez.

Mas fica o alerta aos iniciantes, mini índice Bovespa é um investimento de alto risco, de caráter especulativo, voltado à investidores com perfil agressivo. Ou seja, da mesma forma que o investidor pode ter grandes ganhos ele pode ter também prejuízos incalculáveis.

Principais características do mini índice

  • Ativo-objeto: O índice de ações da Bolsa de Valores também conhecido como Ibovespa.
  • Tamanho do contrato: Cada lote mínimo de mini índice possui 1 contrato e a cada variação de 1 ponto corresponde a R$ 0,20. Portanto, o valor financeiro envolvido na negociação de um contrato de mini índice é de R$ 21.600,00 ( levando em consideração o Ibovespa à 108.000).
  • Vencimentos: o último para negociar um contrato de mini índice é toda quarta-feira mais próxima ao dia 15 de um mês par (fevereiro, abril, junho, outubro e dezembro).
  • Liquidação:A liquidação é exclusivamente financeira, por meio de operação contrária à posição original, na data de vencimento do contrato.
  • Código do mini índice: O código é sempre uma sequência de:  WIN + (letra do mês) + (ano).Exemplo: contrato de mini índice em abril de 2019 é WINJ19

Sendo que cada mês representa uma letra:

MêsLetra
JaneiroF
FevereiroG
MarçoH
AbrilJ
MaioK
JunhoM
JulhoN
AgostoQ
SetembroU
OutubroV
NovembroX
DezembroZ

O que fazer agora

O primeiro passo sempre será conhecer seus limites, sua tolerância a risco. Não entender seus próprios limites pode levá-lo a tomar as piores decisões com seus investimentos.

Por este motivo, sugerimos que todo investidor - experiente ou iniciante - conheça seu perfil. Se busca obter ganhos mais altos aceitando certa volatilidade ou se prefere maior segurança com retornos garantidos.

Entender mais profundamente o seu perfil como investidor e seus objetivos quanto a prazos de investimentos é uma tarefa um pouco mais sofisticada. É preciso considerar histórico como investidor, fatores pessoais e até profissionais que um teste da internet não considera.

Nossa equipe pode te ajudar a avaliar seu perfil de investidor.

O primeiro passo é uma conversa de 5 a 10 minutos com um membro da nossa equipe para levantar as primeiras informações e então agendar a conversa com um especialista no mercado de Investimentos.

É ele quem vai se aprofundar no seu histórico como investidor, seu momento de vida, seus planos futuros e então te indicar para produtos recomendados para seu perfil de investidor.

Confirme seus dados no formulário abaixo e nossa equipe vai entrar em contato com você para fazer a avaliação de seu perfil de investidor e bater com sua atual carteira de investimentos.