Investimentos

Mini Contratos (mini-índice): O que são e como operar

Um dos objetivos dos mini contratos é acolher o pequeno investidor. Mas também é uma opção para quem quer investir em contratos no geral.

Mini Contratos (mini-índice): O que são e como operar
5 de 1 voto[s]

Uma boa opção para quem quer investir pouco capital é apostar no mercado futuro de produtos.

Apostando se índices, moedas ou juros vão estar em alta ou em baixa, é possível investir pouco e obter expressivos ganhos.

No post de hoje, você saberá mais sobre Mini-índice, um mercado que vem se destacando para aqueles que querem acelerar seus ganhos na Bolsa. Confira!

Os Mini Contratos

Mini Contratos são negociações de compra e venda de produtos a serem concretizadas no mercado futuro. No futuro? Sim, é isso mesmo.

handsome salesman at car dealership selling J9F7DRB By nd3000 1024x683 - Mini Contratos (mini-índice): O que são e como operar
Crédito da imagem: Banco de Imagens EnvatoElements/By nd3000

Lembra-se do cheque pré-datado?! Cheque comum que você preenchia com uma data futura. Na época, você queria comprar a prazo e escrevia, no verso da folha, a data que você desejava que o valor fosse compensado. Você fazia uma espécie de acordo verbal como o vendedor para ele entrar com o cheque no banco apenas no dia combinado, não é mesmo?

A ideia é um pouco parecida com isso, porque, em linhas gerais, o mini contrato se configura como um acordo em que um produto é vendido ou comprado em uma data futura.

Conhecido como produto-alvo ou ativo-alvo, o minicontrato foi desenvolvido pela Ibovespa. Um de seus objetivos é acolher o pequeno investidor. Mas também é uma opção para quem quer investir em contratos no geral.

Uma observação importante: negociando um minicontrato, você não adquire um produto em si. Na prática, você tem o direito de comprar ou vender o ativo-alvo com o valor acertado.

Vantagem do Mini Contrato

Ao investir em Mini Contratos, não é necessário ter todo o capital para negociar. Isso porque a negociação se realiza com margem, fato que permite ao investidor trabalhar com apenas parte do valor do contrato.

Operações mais longas podem custar cerca de R$ 3 mil em contrapartida que um minicontrato pode exigir apenas R$ 90 em conta para negociação. A diferença é considerável, não é?

Embora haja outros contratos disponíveis para operação, como o Mini-Dólar, neste artigo trataremos dos Mini Contratos de Índice, também chamados de mini-índice.

Se você quer saber também sobre Como Investir em Contratos de Mini Dólar, não deixe de ler nosso post sobre esse tema.

Por meio de um mini contrato, é possível investir também em euro, soja, petróleo, ouro e etanol, dentre outros.

aereal views of almond tree plantation in PQ8SG2U By luisviegas 1024x682 - Mini Contratos (mini-índice): O que são e como operar
Crédito da imagem: Banco de Imagens EnvatoElements/By luisviegas

Mercado futuro

No senso comum, sempre circulou a ideia de que para se investir na Bolsa de Valores era necessário dispensar muito dinheiro. Essa ideia é errada? Sim e não.

Confuso?! Não se preocupe, explicamos. A ideia não é errada, pois de fato existem ações na Bolsa que valem muito dinheiro e para investir nelas é necessário ter um alto capital.

Entretanto, por outro lado, é necessário ter em mente que, atualmente, a Bolsa de Valores é acessível para vários tipos de investidores, inclusive, para os que desejam ter investimentos de baixo custo.

Um desses investimentos é o mini-índice.

Mini-índices: O que são?

O Mini-índice é um contrato futuro do índice Ibovespa.

Vale lembrar que esse índice é o mais importante do mercado de ações no Brasil.  Ele é uma espécie de termômetro da bolsa brasileira, sendo composto por muitas ações de natureza blue chip.

Não sabe o que são as ações Blue Chips? Confira nosso artigo sobre esse tema.

Contratos futuros compreendem uma modalidade de derivativos. Por meio deles, o investidor pode comprar ou vender determinada mercadoria em uma data futura.

Eles, assim, estimam um valor para uma data de vencimento específica, são negociados no Mercado Futuro — um ambiente da Bolsa de Valores — e têm sua cotação calculada em pontos.

Em termos de negociação, eles se parecem com as ações. A principal diferença está no vencimento. Nos contratos, ele ocorre em datas futuras.

Assim, é possível negociar contratos de índice futuro que vão vencer daqui meses.

savings finances economy and home budget PHZWZZQ By stevanovicigor 1024x683 - Mini Contratos (mini-índice): O que são e como operar
Crédito da imagem: Banco de Imagens EnvatoElements/By stevanovicigor

Modalidades do mercado de índices

Há duas modalidades neste mercado: o índice cheio (IND) e o mini-índice (WIN).

Uma das principais diferenças desses índices está no valor do investimento. O mini permite aporte consideravelmente menor em relação ao cheio.

Eles são uma fração da modalidade cheio e com isso se torna um investimento bem acessível.

O WIN tem atraído muitos novos traders por causa disso. Hoje, com valores R$ 100 a R$ 300 reais já é possível negociar uma boa compra de minicontratos de índice.

E por que essa modalidade tem sido tão atrativa? O WIN equivale, geralmente, a 20% de um contrato futuro cheio.

Dessa forma, ao final do contrato, contabiliza-se quantos pontos o Ibovespa subiu ou caiu e multiplica-se por 0,20.

Exemplo: se o Ibovespa subir 100 pontos, o investidor ganha R$ 2,00. E se cair, perde esse mesmo valor.

Isso, no que diz respeito ao valor bruto. Sobre ele, vale lembrar, incide-se taxas e impostos.

using graph in business PTC3JL8 By Pressmaster 1024x683 - Mini Contratos (mini-índice): O que são e como operar
Crédito da imagem: Banco de Imagens EnvatoElements/By Pressmaster

Características do Mini contrato de índice (WIN)

Vencimento do mini-índice

O vencimento do mini-índice ocorre na quarta-feira mais próxima do dia 15 do mês de vencimento.

Os meses de vencimento são sempre pares.

Cotação do mini-índice

Para cada ponto do Ibovespa, o mini-índice é cotado a R$ 0,20. No índice inteiro é valor é R$ 1,00 por ponto.

Lote mínimo do mini-índice

O lote mínio do mini-índice é 1 contrato.

Principais vantagens do mini-índice

Alta liquidez, alavancagem e diversificação são as principais vantagens do WIN.

A aplicação no mini-índice possui uma constante flutuação, o que faz com que você possa ganhar nas oscilações positivas e negativas.

Com a alavancagem, é possível investir um valor maior do que o que você possui em conta.

a lot of money in female hands business dollars W5FAD3B By serbogachuk 1024x683 - Mini Contratos (mini-índice): O que são e como operar
Crédito da imagem: Banco de Imagens EnvatoElements/By serbogachuk

Como operar o mini-índice?

Para operar mini-índice, é necessário ter conta em uma corretora de valores.

Após o cadastro, transfira o dinheiro para a conta o dinheiro que deseja investir.

Não se esqueça de que a transferência só pode ocorrer entre contas sob a mesma titularidade (mesmo CPF).

Após o cadastro e transferência do valor é hora de negociar o mini contrato.

A negociação é feita por meio do Home Broker ou plataforma e você precisará inserir o ano da negociação do ativo.

Ou seja:  é só realizar a compra e/ou a venda de no mínimo 1 mini contrato. Tal como se faz com uma ação.

O ideal é que essa decisão seja tomada a parti de uma análise técnica (análise de gráficos) a ser feita conforme a estratégia e preferência de cada investidor.

Os nomes dos mini-índices são compostos pela sigla do tipo de ativo, no caso, WIN, dois dígitos finais do ano de vencimento e o mês correspondente. Veja a tabela a seguir:

Mês    Código
JaneiroF
FevereiroG
MarçoH
AbrilJ
MaioK
JunhoM
JulhoN
AgostoQ
SetembroU
OutubroV
NovembroX
DezembroZ

Tabela de identificação dos meses de vencimento dos mini contratos – Fonte: BM&FBovespa

Assim, se você quiser investir, por exemplo, em um mini-índice no dia 5 junho de 2019, deverá negociar o WINJ16.

Para te ajudar a começar a investir no mercado futuro de mini-índice, listamos 3 pontos essenciais com o que você precisa saber antes da negociação. Tome nota!

  1. Entenda bem sobre o papel a ser negociado.

Antes de sair comprando e vendendo os mini-índices, é necessário ter uma boa noção sobre o ativo.

Você deve saber, por exemplo: quanto valem os pontos; o que é a alavancagem; o que margem de garantia e o que é ajuste diário.

Temos um artigo dedicado a isso. Acesse aqui.

  1. Conheça bem sobre a leitura de mercado.

O ideal é ter alguma noção sobre análise técnica para que você não se iluda nas negociações. Recomendamos que você tenha algum conhecimento em leitura de gráficos.

  1. Aprenda a mexer bem na plataforma.

Um bom domínio no home broker te evita desperdiçar dinheiro e tempo, pois você deverá acompanhar os níveis de preços de negociação em tempo real.

Uma dica de ouro ao operar mini-índice é evitar negociar papéis que estejam para vencer. Por quê? Simples: eles podem sumir de uma hora para outra.

business woman texting on smartphone PH3S7A8 By Prostock studio 1024x683 - Mini Contratos (mini-índice): O que são e como operar
Crédito da imagem: Banco de Imagens EnvatoElements/By Prostock-studio

O mini-índice e as margens de garantia

A política de margem de garantia é individual de cada corretora. Isso significa que uma correta pode adotar R$ 50 por contrato, ao passo que outra pode adotar mais de R$ 100.

Se você tem R$ 5 mil para negociar e a margem de garantia é R$ 50 por contrato, por exemplo, você não é obrigado a operar 100 minicontratos de uma vez. O lote mínimo da operação é sempre 1 contrato e cabe a você estabelecer qual a sua margem de segurança pessoal.


Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil


Para isso, tenha em mente o quanto você pode perder por operação.

Um detalhe importante: as corretoras podem, em algum dia que se prevê uma grande turbulência, aumentar as margens de garantia.

Isso se dá para a proteção: dela e, também, de seus clientes.

Ganhos na alta e na queda dos mini-índices

Ao investir em mini-índice, é possível ganhar também na queda do mini contrato. Imagine que você acha que um papel vai cair, você pode vende-lo e quando ele cair, pode recomprá-lo por um preço menor, ficando com a diferença.

businessman building a successful financial graph PEY4KN7 By stokkete 1024x683 - Mini Contratos (mini-índice): O que são e como operar
Crédito da imagem: Banco de Imagens EnvatoElements/By stokkete

Taxas e impostos do mini contrato de índice

Como dissemos, o mini-índice possui custos e taxas.

As corretoras, geralmente, cobram taxa de corretagem. Optar por pacotes pré-pagos pode diminuir esse custo.

Há, ainda, o imposto sobre serviços (ISS) que incidirá sobre a corretagem.

Além disso, você pagará as taxas de liquidação e custódia bem os emolumentos da bolsa.

Havendo lucro, se prepare, também, para pagar o Imposto de Renda.

Com uma estratégia sólida e um bom gerenciamento dos papéis, essas taxas se tornam irrelevantes em comparação ao lucro obtido.

Considerações finais

A negociação de mini-índice tem crescido e se popularizado a cada dia mais, devido ao seu baixo custo.

Embora sua negociação não seja complicada, o mini-índice não é uma operação para todos os perfis de investidores.

Ao investir, estude o mercado futuro e não se esqueça de que se os ganhos podem ser expressivos, as perdas também podem ser consideráveis.

Tome cuidado com a alavancagem: apesar de ela ser uma vantagem na negociação, ela pode se tornar, também, o motivo de seu fracasso se você não entender suas reais consequências.

close up of male hand stacking coins RBSHM6V 1024x684 - Mini Contratos (mini-índice): O que são e como operar
Crédito da imagem: Banco de Imagens EnvatoElements/By stevanovicigor

Controle sua ambição! Muitos investem em mini-índices achando que vão ficar ricos de uma hora para outra e, com isso, acabam perdendo expressivas quantias.

Para controlar a impulsividade, uma boa saída é ir começar operando em uma conta simulada, que é oferecida por praticamente todas as corretoras.

Ao pegar segurança e domínio próprio, parta para a operação com dinheiro de verdade.

Tags

Késia Rodrigues - Colaboradora Independente

Colaboradora Independente do Portal EuQueroInvestir e leitora assídua de conteúdos sobre economia e política. Apaixonada por literatura, viagens, tecnologia e finanças.

Artigos Relacionados

Veja Também

Close
Close