Minerva (BEEF3) aprova debêntures no total de R$ 1,6 bi

Felipe Alves
Jornalista com experiência em reportagem e edição em política, economia, geral e cultura, com passagens pelos principais veículos impressos e online de Santa Catarina: Diário Catarinense, jornal Notícias do Dia (Grupo ND) e Grupo RBS (NSC).
1

Crédito: Divulgação Minerva

A Minerva (BEEF3) aprovou a emissão de debêntures no valor total de R$ 1,6 bilhão.

O conselho de administração da empresa deliberou que a 10ª emissão de 1,6 bilhão de debêntures. Deste valor, 1,2 bilhão será o mínimo para a primeira série e, no máximo, 400 mil para a segunda série.

Atingir um patrimônio de R$ 100 mil é para poucos, saiba quais são as melhores atitudes e aplicações para multiplicá-lo

O valor de cada uma é de R$ 1 mil.

A remuneração para a primeira série será de 4,55% ao ano ou de 1,55% ao ano acrescido de à taxa interna de retorno do Tesouro IPCA+ com juros semestrais, com vencimento em 15 de agosto de 2028.

Já a remuneração para a segunda série será de 4,75% ao ano ou de 1,55% ao ano acrescido de à taxa interna de retorno do Tesouro IPCA+ com juros semestrais, com vencimento em 15 de agosto de 2030.

Engie (EGIE3) retoma processo de venda de Pampa Sul

A Engie (EGIE3) anunciou que retomou o processo de venda da totalidade de suas ações detidas na usina termelétrica Pampa Sul.

A Pampa Sul recebeu investimento de mais de R$ 2 bilhões.

Com capacidade instalada de 345 MW, a usina termelétrica detida pela Pampa Sul está 100% contratada no ACR (Ambiente de Contratação Regulada) até 31 de dezembro de 2043, garantindo segurança ao sistema energético nacional, gerando energia suficiente para atender cerca de 1,3 milhão de pessoas, e reforçando a produção de energia elétrica no Estado do Rio Grande do Sul.

Desde sua entrada em operação comercial, em junho de 2019, foram identificados os melhores ajustes para os parâmetros de operação e manutenção dos diversos sistemas e equipamentos da Usina, tornando Pampa Sul um ativo consolidado e com os riscos operacionais reduzidos.

Segundo a Engie, a operação está de acordo com a estratégia de descarbonização da empresa em todo o mundo.

Alper (APER3) encerra primeiro rateio de sobras de subscrição com R$ 7,9 milhões

A Alper Consultoria e Corretora de Seguros (APER3) comunicou que encerrou em 11 de março o prazo para o primeiro rateio de sobras para subscrição de ações relativas ao aumento de capital da companhia.

Assim, foram subscritas 270.674 ações ordinárias pelo preço de R$ 29,29 por ação, totalizando R$ 7,9 milhões considerando apenas o primeiro rateio e 3.736.198 ações, totalizando R$ 109 milhões considerando as ações do primeiro rateio em conjunto com as ações subscritas anteriormente no contexto do aumento de capital.

O período para subscrição do segundo rateio terá inicio em 18 de março e vai até 25 de março.

Viver (VIVR3) informa sobre integralização de sobras

A Viver Incorporadora e Construtora informou a integralização de sobras e montante adicional do aumento de capital da empresa.

Segundo comunicado relevante, a integralização será feita em 24 de março.

Planilha de Ativos

Um dos principais exercícios para a compra de uma ação é saber se ela está cara ou barata. Para isso, preparamos um material especial para ajudá-lo nesta análise.