Micro e pequena indústria de São Paulo está mais otimista, aponta estudo

Cláudia Zucare Boscoli
Jornalista formada pela Cásper Líbero, com pós-graduação em Jornalismo Econômico pela PUC-SP, especialização em Marketing Digital pela FGV e extensão em Jornalismo Social pela Universidade de Navarra (Espanha), com passagens por IstoÉ Online, Diário de S. Paulo, O Estado de S. Paulo e Editora Abril.

Crédito: Reprodução/Agência Brasil

O Sindicato da Micro e Pequena Indústria do Estado de São Paulo (Simpi) divulgou nesta terça-feira, 12, seu Indicador de Atividade da Micro e Pequena Indústria de São Paulo, realizado junto ao Datafolha. De acordo com o estudo, o índice de expectativa do segmento saltou de 146 pontos em dezembro de 2019 para 167 pontos em janeiro de 2020, o melhor resultado desde fevereiro do ano passado, quando registrou a mesma pontuação.

Para 67% dos entrevistados, a economia vai melhorar nos próximos três meses – em dezembro, 53% apostavam neste cenário. Os que acham que tudo deve permanecer igual são 26% – eram 35%. E o total dos que acham que a economia vai piorar caiu de 10% para 5%.

O presidente da entidade, Joseph Couri, aponta “otimismo cauteloso” com a queda dos juros, mas com demanda interna ainda restrita.


Aproveite as oportunidades e aumente a rentabilidade dos seus investimentos.

Preencha seus dados abaixo e conte com especialistas para ajudar.

Se preferir, ligue direto para 4007-2374