NotíciasPolítica

Michel Temer usou propina em reforma de imóveis da família, aponta investigação

A Polícia Federal detalhou o suposto esquema feito por Temer na tentativa de ocultar bens. Valor da propina chega a R$ 2 milhões.

Avalie este artigo!

Por essa Michel Temer (MDB) não esperava, ou será que esperava? A Polícia Federal informou que a investigação envolvendo o presidente apontou que ele teria usado imóveis da própria família para lavar dinheiro adquirido por meio de propina. O inquérito foi aberto há seis meses por determinação do Supremo Tribunal Federal (STF).

A Polícia Federal detalhou o suposto esquema feito por Temer na tentativa de ocultar bens. Reformas em casa de parentes e dissimulação de transações imobiliárias teriam sido feitas com o dinheiro de propina. Os imóveis citados estão no nome da primeira-dama, Marcela Temer e do filho do casal.

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

O valor da propina, segundo a PF, chega a R$ 2 milhões. O valor teria sido recebido em 2014 pelo amigo de Temer, coronel João Baptista Lima. Foi neste mesmo ano, 2014, que reformas foram feitas nas casas da filha e da sogra de Temer.


Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil


O dinheiro para tais reformas teria vindo da JBS e de uma empresa contratada pela Engevix, conforme informou a Polícia Federal. Em delação, executivos da JBS confirmaram o repasse de R$ 1 milhão ao atual presidente. Já um dos sócios da Engevix disse em proposta de colaboração, que foi procurado pelo coronel Lima em 2014. Na época, o coronel pediu R$ 1 milhão para a campanha de Temer.

O advogado do coronel João Baptista Lima nega a participação de seu cliente em atos ilícitos.

Alvo de mentiras

Na manhã desta sexta-feira (27), o presidente Michel Temer fez um pronunciamento oficial no Palácio do Planalto. Disse que está sendo alvo de mentiras e de tentativas de incriminar ele e sua família.

Temer falou ainda de “vazamentos irresponsáveis” e garantiu que vai pedir a apuração minuciosa ao ministério da Segurança Pública, ao qual a Polícia Federal responde. “Se pensam que atacarão minha honra, da minha família e vão ficar impunes, não ficarão sem resposta, como esta que estou dando agora”, finalizou.

Tags

Patrícia Auth

Patrícia Auth é jornalista formada pela Univali de Itajaí/SC. Trabalhou em impressos, como o Jornal de Santa Catarina, e também, como repórter na Rede Record e RBS TV. É casada, mãe da Lívia e adoradora de boa música e gastronomia.

Na equipe EuQueroInvestir, é responsável pela produção de vídeos, e também escreve e edita artigos para o site.

Entre em contato com a Patrícia pelo e-mail: patricia.auth@euqueroinvestir.com

Artigos Relacionados

Close