Michel Temer admite que pode reexaminar política de preços da Petrobras

Depois de dias sem se pronunciar, o presidente da Petrobras, Pedro Parente, deu uma declaração nesta terça-feira (29) afirmando que as mudanças acordadas pelo governo com os líderes dos caminhoneiros não irão interferir na política de preços da Petrobras, especialmente no que diz respeito ao óleo diesel.

Patrícia Auth
Patrícia Auth é jornalista formada pela Univali de Itajaí/SC. Trabalhou em impressos, como o Jornal de Santa Catarina, e também, como repórter na Rede Record e RBS TV. É casada, mãe da Lívia e adoradora de boa música e gastronomia.Na equipe EuQueroInvestir, é responsável pela produção de vídeos, e também escreve e edita artigos para o site.Entre em contato com a Patrícia pelo e-mail: patricia.auth@euqueroinvestir.com

“Pode ser que haja mudança em alguns aspectos, mas nosso objetivo não é produzir redução no resultado econômico dessa política, isso está alinhado com o governo”, garantiu Parente.

Porém, a fala do presidente do Brasil foi diferente. Em entrevista à TV Brasil, poucas horas depois da declaração de Parente, Michel Temer, afirmou que o governo pode rever a tal politica de preços da estatal.

“Nós não queremos alterar a política da Petrobras, mas nós podemos reexaminá-la. Isso com muito cuidado”.

Credibilidade afetada

Nesta quinta-feira, as ações ordinárias da Petrobras subiram 12,78%, o que representa R$ 22,32. As preferencias foram cotadas em R$ 19,42, um avanço de R$ 14,84%.

Com toda essa história da greve dos caminhoneiros, a credibilidade da Petrobras foi afetada, principalmente quando houve a decisão de reduzir em 10% o preço do óleo diesel. – Precisávamos fazer um movimento para abrir o diálogo entre o governo e os caminhoneiros. Tivemos coragem e responsabilidade – explicou Parente.

Por fim, Pedro Parente garantiu que os sinais de avanço da Petrobras são evidentes e que a empresa continua confiante no cumprimento dos compromissos assumidos com o mercado. O plano de negócios interno, para recuperação da crise, prevê desinvestimentos na ordem de US$ 21 bilhões entre 2017 e 2018.

Não quer ficar no prejuízo?

Invista o seu dinheiro de maneira correta. Comece pelo teste de perfil.

[banner id=”teste-perfil”]

Quando e onde investir

O primeiro passo sempre será conhecer seus limites, sua tolerância a risco. Não entender seus próprios limites pode levá-lo a tomar as piores decisões com seus investimentos.

Por este motivo, sugerimos que todo investidor - experiente ou iniciante - conheça seu perfil. Se busca obter ganhos mais altos aceitando certa volatilidade ou se prefere maior segurança com retornos garantidos.

Entender mais profundamente o seu perfil como investidor e seus objetivos quanto a prazos de investimentos é uma tarefa um pouco mais sofisticada que um teste feito em qualquer ferramenta na internet, exige uma análise mais criteriosa e dedicada para cada pessoa.

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

os perfis de investidores

Para ter uma visão precisa do perfil é preciso considerar histórico como investidor, fatores pessoais e até profissionais que um teste da internet não considera.

Esta é a função do Assessor de Investimentos

Entender o investidor em uma profundidade maior que um teste de perfil na internet. É a nossa função como uma empresa especializada em educação financeira.

O primeiro passo é fazer uma conversa de 5 a 10 minutos com um membro da nossa equipe para levantar as primeiras informações e então agendar a conversa com um Assessor de Investimentos. É ele quem vai se aprofundar no seu histórico como investidor, seu momento de vida, seus planos futuros e então te indicar para produtos recomendados para seu perfil de investidor.

Confirme seus dados no formulário abaixo e nossa equipe vai entrar em contato com você para fazer a avaliação de seu perfil e avaliar o alinhamento com seus atuais investimentos.