MGFF11: conheça esse fundo imobiliário que investe em outros fundos

Carla Carvalho
Graduada em Ciências Contábeis pela UFRGS, pós-graduada em Finanças pela UNISINOS/RS. Experiência de 17 anos no mercado financeiro, produtora de conteúdo de finanças e economia.
1

Foto: FII

O Mogno Fundo de Fundos (MGFF11) é um fundo imobiliário (FII) com patrimônio atual de R$ 771 milhões que investe em cotas de outros fundos imobiliários.

O MGFF11 iniciou em março de 2018 e, até o momento, já realizou 5 captações. Atualmente possui 50 mil cotistas e é gerido pela Mogno Capital Investimentos.

Conforme o último relatório, de julho, o fundo mantém, pelo 19° mês consecutivo, um  yield anualizado mínimo de 7,5%. Além disso, seus gestores destacam que, até julho, a distribuição está em R$ 4,38 reais por cota, o que supera a média dos principais fundos de fundos do mercado em 10%.

Confira os melhores momentos da Money Week

  • Quer conhecer mais sobre esse FII? Confira a seguir suas características, estratégias e rentabilidade

Características do MGFF11

Além da gestão da Mogno Capital, o fundo é administrado pelo BTG Pactual.

Quanto aos custos, o MGFF11 possui taxa de gestão e administração de 1% ao ano sobre seu valor de mercado. Além disso, possui taxa de performance de 20% sobre a variação do IGPM + 3% ou 4,5% o que for maior entre os dois no semestre.

Seu prazo de duração é indeterminado, e cerca de 30% do portfólio é alocado em ofertas 476, ou seja, para investidores qualificados.

BDRs| Confira os papéis disponíveis para Investimentos

Estratégias de investimento do MGFF11

Atualmente, cerca de 99,5% do patrimônio líquido do Fundo está alocado em ativos-alvo. O percentual mantido em caixa, de 0,5%, serve para dar suporte às despesas operacionais e outras necessidades do fundo.

Outro ponto importante refere-se à mudança na distribuição da origem dos ganhos do fundo. Ao compararmos a carteira atual com a do início de 2020 (antes da pandemia), verificamos que as estratégias de renda aumentaram, ao passo que as de ganhos de capital reduziram.

Isso porque, quando o mercado está mais estagnado como hoje, é mais difícil realizar os ganhos de capital. Logo, em momentos como esse, o gestor busca estratégias que gerem mais dividendos. Ou seja, resultados mais defensivos para o fundo.

Em relação aos próximos movimentos, os gestores têm voltado suas atenções aos segmentos de lajes corporativas e recebíveis imobiliários. Para eles, embora um ou outro fundo tenha apresentado queda na renda, na média apresentam bons resultados.

Além disso, a gestora identificou que alguns têm negociado com deságios próximos dos fundos de shoppings, mesmo que não tenham sido impactados pela pandemia.

Alocação dos ativos do fundo

Por segmento

Atualmente, 35% do s ativos do fundo correspondem ao segmento corporativo. Em seguida, os setores mais representativos são recebíveis (19%), shoppings (17%) e logístico (14%).

Por estratégia

Composição detalhada da carteira

Mesmo com a maior concentração no segmento corporativo, a carteira do fundo é bem pulverizada. O FII de maior participação no patrimônio líquido possui representatividade inferior a 10%.

O FII que tem maior participação é o BRCR11, com 9,1%, seguido do TRXF11, com 7,11%.

Rentabilidade do MGFF11

Ainda no último relatório, os gestores informam que boa parte dos recursos captados na 5ª emissão de cotas, encerrada em junho, já têm um bom lucro acumulado. Além disso, conforme esses ganhos de capital forem sendo realizados, novas oportunidades serão analisadas.

Nesse sentido, a gestão continuará buscando bons fundos de tijolos negociados abaixo do preço, o que favorecerá o retorno para os cotistas do Fundo no curto e médio prazos.

Por que investir em Fundos Imobiliários?

Se você pensa em investir no mercado imobiliário, saiba que eles podem lhe proporcionar algumas vantagens. Além da maior liquidez comparada ao imóveis, os FIIs proporcionam acesso a empreendimentos de qualidade, maior rentabilidade do que imóveis e isenção de IR sobre os ganhos.

Quer saber mais sobre o assunto? Então, assista a esse vídeo, e conheça um pouco melhor as vantagens desse investimento.