Método Engenharia protocola pedido de IPO

Felipe Moreira
Especialista em Mercado de Capitais e Derivativos pela PUC - Minas, com mais de 7 anos de vivência no mercado financeiro e de capitais. Apaixonado por educação financeira e investimentos.

A Método Engenharia protocolou nesta sexta-feira (23) pedido de oferta de ações (IPO, na sigla em inglês). A oferta contará com tranche primária e secundária.

Conforme a Método, os recursos captados na oferta primária serão direcionados para reforço do capital de giro; ajustes na estrutura de capital; crescimento mediante potenciais aquisições de empresas do seu mercado de atuação (M&A).

Os coordenadores da oferta serão a XP Investimentos e a Genial Investimentos.

BDRs| Confira os papéis disponíveis para Investimentos

Sobre a Método Engenharia

A Companhia atua há mais de 47 anos no segmento de engenharia e construção civil, sendo uma das maiores e mais reconhecidas empresas nos seus diversos setores de atuação.

Ao longo de sua história, a Método Engenharia vem se destacando por sua reputação e ética.

Em 2020, a companhia foi reconhecida como a quarta maior construtora do país pela revista O Empreiteiro, responsável pela divulgação de um dos mais renomados rankings do setor.

Atualmente, a Método conta com mais de 380 contratos nos setores de energia, óleo e gás, indústria de transformação, portos e infraestrutura.

Na construção civil, a companhia já entregou mais de 450 projetos, incluindo aeroportos, hospitais, empreendimentos corporativos, hotéis, shopping centers, empreendimentos logísticos, complexos de entretenimento, de educação e cultura.

Já a divisão de Fast contabilizou, no exercício findo em 31 de dezembro de 2019, cerca de 1.800 obras, 1.560 projetos comerciais, 980 projetos de instalação, 3.800 projetos de arquitetura e 7.200 laudos técnicos.

Lucratividade

O lucro líquido da Método totalizou R$ 19 milhões nos nove primeiros meses deste ano, contra R$ 64 milhões de 2019.

A receita líquida somou R$ 979 milhões no acumulado de 2020, ante R$ 955 milhões do ano passado.

Já o Ebtida foi de R$ 25 milhões, contra R$ 67 milhões de 2019.

A dívida líquida da Método encerrou setembro de 2020 em R$ 143 milhões. Um ano antes a dívida líquida era de R$ 134 milhões.

Riscos

No prospecto, a Método destacou alguns riscos relativos ao investimento na empresa.

A companhia encontra-se em fase cumprimento de seu Plano de Recuperação Extrajudicial, não sendo possível assegurar que todas as obrigações previstas no plano serão cumpridas de maneira satisfatória.

A empresa possui dívidas inadimplidas e dívidas a vencer no curto prazo.

A companhia também enfrenta riscos relacionados aos requisitos de desempenho do projeto e cronogramas de conclusão

A falha da companhia em recuperar adequadamente as reivindicações contra os proprietários dos projetos para os quais é contratada pode ter um efeito material adverso em sua liquidez ou na sua condição financeira.

Leia mais

IPOs: só em outubro, 7 empresas já desistiram da abertura de capital

Veja as companhias que estão na fila do IPO: confira a lista

Track & Field (TFCO4): IPO sai abaixo do faixa indicativa e movimenta R$ 523 milhões

Boa Safra Sementes protocola pedido de IPO na CVM