NotíciasPolítica

Mesma turma que absolveu Gleisi Hoffmann julgará habeas corpus de Lula

Os votos da Segunda Turma do STF serão decisivos não só para a Lava Jato, mas também para as eleições deste ano.

Mesma turma que absolveu Gleisi Hoffmann julgará habeas corpus de Lula
5 de 1 voto

Enquanto todos os olhos estão voltados para a Copa do Mundo, na Rússia, a política brasileira pode tomar um rumo decisivo na próxima semana. Isso porque os mesmos juízes que absolveram a presidente do PT, Gleisi Hoffmann– acusada de corrupção e lavagem de dinheiro – podem dar liberdade para Luiz Inácio Lula da Silva.

f 405143 1024x683 - Mesma turma que absolveu Gleisi Hoffmann julgará habeas corpus de Lula

No dia 26, terça-feira da semana que vem, a Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) julgará o habeas corpus do ex-presidente Lula. Os votos – favoráveis ao habeas corpus, ou, não – serão decisivos não só para o seguimento da Lava Jato, mas também para as eleições presidenciais deste ano. Nas recentes pesquisas de intenção de voto, Lula aparece como favorito da maioria dos eleitores entrevistados.

A defesa de Lula pede que ele fique em liberdade até que sejam concluídos os julgamentos dos recursos do caso do tríplex do Guarujá, tanto no STF, quanto no Superior Tribunal de Justiça (STJ). Recursos esses, que ainda nem foram acolhidos pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4). O que significa que a conclusão dos julgamentos vai demorar e com isso, o PT ganhará tempo, politicamente falando.

Jogo favorável?

Até aqui, o placar de absolvições e condenações no STF está empatado em um a um. Porém, o jogo tem funcionado a favor dos réus. Vale lembrar que, o ministro Edson Fachin já arquivou vários inquéritos considerados “frágeis”.

Vamos relembrar contra quem eram esses inquéritos?

  • Contra a ex-presidente Dilma Rousseff
  • Contra o ex-ministro José Eduardo Cardozo
  • Contra o senador Renan Calheiros
  • Contra o senador Romero Jucá
  • Contra o senador Valdir Raupp
  • Contra o ex-presidente José Sarney
  • Contra o delator e ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado

Os procuradores ainda podem recorrer ao plenário caso a decisão seja soltar Lula. Mas, na prática, é possível que a Segunda Turma do STF garanta a liberdade do ex-presidente no período da campanha eleitoral.

Uma baita bola dentro.

Mesmo que Lula não possa ser candidato à Presidência da República, por impedimentos jurídicos, a presença dele no palanque dá peso ao nome que ele possa vir a apoiar.

Uma pausa…

Para você respirar e pensar nos seus investimentos. Vamos fazer o teste de perfil?

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

O que esperar?

Se compararmos, as chances de liberdade de Lula no STF são bem maiores do que no plenário. Fácil explicar o motivo! Desde a libertação do ex-ministro José Dirceu, no ano passado, ficou clara que formou-se na Segunda Turma uma “panelinha” que tem agido como “freio” à Lava Jato.

Segunda Turma STF Ricardo Lewandowski Gilmar Mendes Dias Toffoli 1024x535 - Mesma turma que absolveu Gleisi Hoffmann julgará habeas corpus de Lula

E foi exatamente essa “panelinha” – formada pelos ministros Dias Toffoli, Gilmar Mendes e Ricardo Lewandowski – que absolveu a senadora Gleisi Hoffmann, e também o marido dela, nesta semana.

Será que teremos surpresas na próxima semana?!

Tags

Patrícia Auth

Patrícia Auth é jornalista formada pela Univali de Itajaí/SC. Trabalhou em impressos, como o Jornal de Santa Catarina, e também, como repórter na Rede Record e RBS TV. É casada, mãe da Lívia e adoradora de boa música e gastronomia.

Na equipe EuQueroInvestir, é responsável pela produção de vídeos, e também escreve e edita artigos para o site.

Entre em contato com a Patrícia pelo e-mail: patricia.auth@euqueroinvestir.com

Artigos Relacionados

Close