Mercados viram para o positivo com Trump conseguindo acalmar os investidores

Guilherme Paulo
Colaborador do Torcedores

Crédito: Infomoney

Com amplo apoio no Senado dos EUA, investidores desconsideram a possibilidade de impeachment de Trump. Mas processo deverá arrastar-se por meses.

Mercado Europeu

Na Europa, as bolsas não conseguiram acompanhar o otimismo das bolsas norte-americanas após as falas de Trump e a divulgação da transcrição da ligação dele para o presidente da Ucrânia.

As bolsas encerraram majoritariamente em baixa, apenas Londres ficou próxima da estabilidade.

Alemanha | DAX [-0,57%]

Londres | FTSE 100 [-0,03%]

França | CAC 40 [-0,79%]

Zona do euro | Euro Stoxx 50 [-0,54%]

Itália | FTSE MIB [-0,55%]

EUR/USD [-0,23%] | € 1,0992

Bolsas Norte-americanas

As bolsas americanas reagiram bem após divulgação de transcrição da ligação de Trump. No Twitter, o presidente americano disse: ‘Os democratas vão se desculpar depois de ver o que foi dito na chamada com o presidente ucraniano? Eles deveriam, uma ligação perfeita – os pegaram de surpresa’

Os investidores limitaram os impactos dos ruídos gerados pelo pedido de impeachment, considerando que o processo não deverá ter apoio do senado americano e o partido do presidente já demonstrou apoio a ele, fechando assim em alta.

Dow Jones 30 [+0,61%] | 26.970 pontos

S&P 500 [+0,62%] | 2.984 pontos

Nasdaq [+1,05%] | 8.077 pontos

VIX [-6,92%]

Commodities

O Petróleo fechou em queda pelo segundo dia consecutivo, mas acima das mínimas após declarações do Irã. Hassan Rouhani, presidente do Irã, afastou hoje a possibilidade de negociar com Washington. “Não posso negociar com um país que faz terrorismo econômico conosco”. Além disso, o líder iraniano disse que “o Oriente Médio está a um passo de um colapso”

Outro fator que levou a baixa do petróleo, foi a divulgação dos estoques de óleo cru pela EIA, indicando que subiram 2,4 milhões de barris na semana anterior, bem acima das estimativas.

A referência norte-americana, o WTI para novembro, fechou em forte baixa de 1,39%, a US$ 56,49. No mesmo sentido segue a referência britânica, o Brent para novembro encerrou em baixa de 1,12%, a US$ 62,39.

Ouro fechou na menor cotação em quase três semanas, pelo fortalecimento do dólar e pela valorização dos principais índices acionários em Nova York. A menor aversão ao risco também gerou a venda do ativo, procurado em momentos de maior risco e tensão. O ouro para entrega em dezembro fechou em baixa de 1,81%, a US% 1.512,30 a onça-troy.

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

A bolsa brasileira

O Ibovespa animou-se a recuperar os 104 mil pontos na última hora dos negócios, com as bolsas em NY batendo máximas. No cenário interno, colaborou o dado do Caged, que apontou a criação de mais de 121 mil empregos em agosto, no melhor resultado para o mês desde 2013.

A participação do ministro Paulo Guedes na CMO também contribuiu, onde declarou que o Pacto Federativo deve entrar logo após a aprovação da reforma da Previdência no Senado, ajudando a melhorar o humor dos investidores

O Ibovespa fechou na máxima, a 104.480,98 pontos, em alta de 0,58%, após mínima de 103.033,84 e máxima de 104.480 pontos. O volume ficou pouco abaixo da média: R$ 14 bilhões

Apesar da alta generalizada da moeda no exterior ante seus pares emergentes, o dólar renovou mínimas durante a tarde contra o real. No fechamento, encerrou em baixa de 0,32%, a R$ 4,150, após máxima de R$ 4,195 e mínima de R$ 4.145.

  • Maiores altas no índice Ibovespa:

Qualicorp (QUAL3) 4,22% | R$ 30,12
Gol (GOLL4) 3,40% | R$ 33,50
Suzano (SUZB3) 3,05% | R$ 33,40
Azul (AZUL4) 2,58% | R$ 48,50
Localiza (RENT3) 2,39% | R$ 44,64

  • Maiores baixas no índice Ibovespa:

B2W Digital (BTOW3) -3,75% | R$ 47,50
Kroton (KROT3) -3,00% | R$ 11,30
Natura (NATU3) -2,25% | R$ 35,60
Cielo (CIEl3) -2,17% | R$ 8,37
MRV (MRVE3) -1,91% | R$ 17,42

Acompanhe o mercado financeiro em tempo integral: https://telegram.me/wisir

Se considera um investidor conservador? Então você está em risco de extinção!

O cenário econômico virou do avesso e o país já não é mais o mesmo.

As taxas de juros caíram à níveis jamais vistos no Brasil desde o final do governo Militar (imagem abaixo) e levaram os rendimentos de Renda Fixa para próximo de Zero (ou negativos no caso da poupança).

Italian Trulli

A nova equipe econômica está incentivando novos investimentos no país, e com isso já não é mais possível ganhar dinheiro confortavelmente na poupança e em CDBs comuns. Por isso, estamos declarando a Extinção do Investidor Conservador.

Se você faz parte dessa espécie de investidor que está em risco de extinção, confirme seus dados no formulário abaixo e fale com nossa equipe. Vamos te ajudar, sem dor e sem custo.