Mercados internacionais operam no azul com exceção da Ásia que derrete

Osni Alves
Jornalista desde 2007. Passou por redações e empresas de comunicação em SC, RJ e MG. E-mail: oalvesj@gmail.com.
1

Os mercados internacionais operam no campo positivo na manhã desta quinta-feira (18) com exceção da Ásia que derrete. Em Nova York, por volta das 6h45, o Dow Jones subia 0,21%, o S&P 500 subia 0,34% e a Nasdaq avançava 0,55%.

Na Europa, o DAX, da Alemanha, subia 0,14%, o FTSE 100, de Londres, caía 0,11%, e o CAC 40, na França, subia 0,24%. Já o FTSE MIB, da Itália, subia 0,14%, e o Stoxx 600 subia 0,11%.

Na Ásia, o Nikkei, do Japão, caía 0,30%, o Shanghai, de Xangai, caía 0,47%, e o HSI, de Hong Kong, caía 1,29%. O Kospi, da Coréia do Sul, caía 0,51%, e o ASX 200, da Austrália, subia 0,13%.

Do lado das commodities, o petróleo tipo Brent caía 0,24%, cotado a US$ 80,09, e o tipo WTI caía 0,40%, cotado a US$ 77,24. O ouro, por sua vez, caía 0,15%, cotado a US$ 1.867,40, e o minério de ferro caía 0,51%, cotado a US$ 80,153 (-5,10%).

ibovespa

O que tá rolando?

Consultor econômico chefe da Allianz e ex-presidente da gestora de recursos Pimco Mohamed El-Erian disse ontem que o rearranjo da cadeia global de suprimentos como resposta à pandemia deve provocar uma inflação nos países desenvolvidos mais alta e mais persistente do que as previsões, com possíveis implicações bastante negativas para os preços dos ativos de maior risco no mercado financeiro global.

Nos Estados Unidos, o Departamento do Trabalho apresentará os dados dos pedidos de seguro-desemprego da semana passada às 8h30 de hoje. A expectativa de economistas é que os pedidos caiam para 260 mil na semana encerrada em 13 de novembro, ante os 267 mil da semana anterior.

Na Europa, o Banco Central Europeu (BCE), em seu relatório de estabilidade semestral publicado ontem, alertou sobre as avaliações esticadas nos mercados imobiliários e financeiros, à medida que a região continua a se recuperar da pandemia de Covid com base nas taxas de juros ultrabaixas e medidas de estímulo massivas.

Já o índice de preços ao consumidor (IPC) do Reino Unido ficou em 4,2% nos 12 meses até outubro – o maior em quase uma década, quando os custos de energia e automotivos dispararam. Os dados devem adicionar pressão sobre o Banco da Inglaterra.

Na Ásia a incorporadora imobiliária China Evergrande deve levantar cerca de US $ 273 milhões com a venda de suas ações remanescentes na produção de filmes e streaming da empresa HengTen Networks. Com esse movimento, as ações da Evergrande caíram 5,7%, e as ações da HengTen saltaram quase 25%.

Vale lembrar que a Evergrande é a maior emissora de dívidas denominadas em dólares norte-americanos entre as incorporadoras imobiliárias chinesas, e está à beira do calote.

Brasil

O Senado deve alterar a PEC dos Precatórios, e o texto possivelmente voltará para a Câmara. O governo, por sua vez, precisa da promulgação da PEC até o início de dezembro para garantir o pagamento de R$ 400 para os beneficiários do Auxílio Brasil.

Do lado corporativo, um ranking global elaborado todos os anos pela consultoria Kearney aponta seis capitais brasileiras entre as cidades mais promissoras do mundo para atrair investimentos. São elas: São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre, Salvador e Recife. O ranking completo abrange 156 cidades.

Já o Magazine Luiza deve anunciar hoje sua entrada no mercado de games, com objetivo de expandir serviços e produtos em seu app.

Segundo o Estadão, a varejista pretende investir em games ainda em produção ou já prontos feitos por estúdios brasileiros. A seleção será feita por meio de um edital público, que irá destinar R$ 100 mil a três projetos.

Ibovespa

O Ibovespa encerrou a sessão do dia 17 em queda de 1,39%, aos 102.948,45 pontos. O dólar à vista, por sua vez, fechou em alta de 0,45%, cotado em R$ 5,5242.

  • Confira as 3 maiores altas do dia 17:

📈#CASH3  +4,49%  (R$ 3,72)

📈#RADL3   +1,35%  (R$ 23,38)

📈#ALPA3  +1,28%  (R$ 41,00)

  • Confira as 3 maiores quedas do dia 17:

📉#LWSA3  -9,44%  (R$ 15,26)

📉#BIDI11   -7,32%  (R$ 39,73)

📉#BIDI4    -6,68%  (R$ 13,41)

Mercados de Nova York

  • Dow Jones: +0,21%
  • S&P: +0,34%
  • Nasdaq: +0,55%

Mercados Europa

  • DAX, Alemanha: +0,14%
  • FTSE, Reino Unido: -0,11%
  • CAC, França: +0,24%
  • FTSE MIB, Itália: +0,14%
  • Stoxx 600: +0,11%

Mercados Ásia

  • Nikkei, Japão: -0,30%
  • Xangai, China: -0,47%
  • HSI, Hong Kong: -0,59%
  • ASX 200, Austrália: +0,13%
  • Kospi, Coreia: -0,51%

Petróleo

  • Brent (dezembro 2021): US$ 80,06 (-0,27%)
  • WTI (novembro 2021): US$ 77,24 (-0,40%)

Ouro

  • Ouro futuro (dezembro 2021): US$ 1.866,70 (-0,18%)

Minério de ferro

  • Bolsa de Dalian: US$ 80,135 (-5,10%)