Ibovespa abre em alta mas recua; em NY, bolsas sobem

Cláudia Zucare Boscoli
Jornalista formada pela Cásper Líbero, com pós-graduação em Jornalismo Econômico pela PUC-SP, especialização em Marketing Digital pela FGV e extensão em Jornalismo Social pela Universidade de Navarra (Espanha), com passagens por IstoÉ Online, Diário de S. Paulo, O Estado de S. Paulo e Editora Abril.
1

Crédito: Reprodução/Pexels

O Ibovespa abriu a quarta-feira (6) em leve alta mas antes das 10h30 já tinha virado para o terreno negativo e registrada queda de 0,11%, aos 79.383 pontos.

Por aqui, a Gol divulgou os resultados operacionais de abril, o primeiro mês inteiramente impactado pela pandemia de coronavírus, mostrando queda de 93,6% na demanda, na comparação com abril de 2019, e queda de 93,5% na oferta de assentos.

Balanços

As empresas abaixo divulgaram os resultados do primeiro trimestre de 2020:

Gerdau (GGBR4): lucro de R$ 221 milhões, queda de 51,3%

Tim (TIMP4): lucro normalizado de R$ 164 milhões, alta de 8,3%

Telefônica Vivo (VIVT4): lucro de R$ 1,153 bilhão, queda de 14,1%

Exterior

Os mercados futuros em Wall Street mantêm a tendência de leve alta dos dois últimos dias. Às 10h15, os índices registravam ganhos entre 0,40% e 0,50%.

Os investidores vêm se mostrando mais otimistas com o fim das quarentenas, mesmo que em etapas. A Califórnia permitirá que o comércio de roupas, livros e flores realize atendimentos na porta a partir de sexta-feira (8). E Nova York afirma que, a partir da semana que vem, vai reduzir algumas restrições a fábricas, construção civil e comércio.

Covid-19

Na terça-feira (5), o presidente norte-americano, Donald Trump, reconheceu que poderão ocorrer mais mortes em função da reabertura da economia. Mas que manter a quarentena também custaria vidas de “outras maneiras”, citando o aumento de overdoses por consumo de drogas e suicídios. “Não estaremos mais na proteção da casa. Mas praticaremos o distanciamento social, lavaremos as mãos, faremos muitas das coisas que aprendemos a fazer nesse período”, disse em entrevista à ABC.

A pandemia de coronavírus infectou até agora mais 1,1 milhão de americanos e matou mais de 70 mil, segundo a Universidade Johns Hopkins.

Nova York

  • S&P: +0,41%
  • Nasdaq: +0,52%
  • Dow Jones: +0,41%

Indicadores

Hoje ainda, os EUA terão a divulgação do Relatório Nacional de Emprego da ADP e da Moody’s Analytics, que é considerado uma prévia do payrool, a folha de pagamentos norte-americana que será divulgada na sexta-feira.

O relatório da ADP contabiliza as vagas no setor privado não-agrícola. Já o payroll também inclui na contagem os funcionários públicos.

A General Motors registrou lucro líquido ajustado de US$0,62 por ação, acima do esperado de US$ 0,50 no primeiro trimestre deste ano. PayPal e Hyatt Hotels também devem apresentar balanço nesta quarta.

Europa

Na Europa, os mercados reagem de forma distinta à divulgação do índice dos gerentes de compras (PMI na sigla em inglês) composto de abril, que teve nova baixa recorde.

O indicador ficou em 13,6, bem abaixo dos 29,7 pontos registrados em março. Leituras abaixo de 50 indicam retração econômica. O setor de serviços sofreu a retração mais brusca, fechando em 12 pontos, ante 26,4 de março. A indústria teve PMI de 33,4 pontos (era 44,5 no mês anterior). Os dados são da IHS Markit.

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

  • DAX, Alemanha: -0,17%
  • FTSE, Inglaterra: +0,67%
  • CAC, França: -0,24%
  • FTSE MIB: -0,05%
  • Stoxx 50: -0,23%

Ásia

Mercado do Japão fechado por conta do feriado do Dia da Constituição.

  • Xangai, China: +0,63%
  • HSI, Hong Kong: +1,13%
  • ASX 200, Austrália: -0,42%
  • Kospi, Coreia: +1,76%

Petróleo

  • WTI (junho 2020): US$ 23,40 (-4,72%)
  • Brent (julho 2020): US$ 30,09 (-2,84%)