Ibovespa futuro abre em queda de 0,17%

Cláudia Zucare Boscoli
Jornalista formada pela Cásper Líbero, com pós-graduação em Jornalismo Econômico pela PUC-SP, especialização em Marketing Digital pela FGV e extensão em Jornalismo Social pela Universidade de Navarra (Espanha), com passagens por IstoÉ Online, Diário de S. Paulo, O Estado de S. Paulo e Editora Abril.
1

Crédito: Reprodução/Unsplash

O Ibovespa futuro abriu em baixa de 0,17%, aos 99.965 pontos. Ontem, a bolsa brasileira voltou a se aproximar dos aguardados 100 mil pontos, fechando com ganhos de 2,05%, indo a 99.769,88 pontos.

Hoje, comemoração da Revolução Constitucionalista no estado de São Paulo, a bolsa opera normalmente, com a antecipação do feriado para maio, como medida de contenção ao coronavírus.

Os mercados externos estão mistos. O destaque fica por conta da divulgação dos novos pedidos de seguro-desemprego nos Estados Unidos, indicador que é um termômetro da retomada da atividade econômica no país.

O mercado espera para hoje um resultado de 1,355 milhões de novas reivindicações, ante 1,427 milhões da semana passada, confirmando a tendência de queda.

No Reino Unido, o ministro das Finanças, Rishi Sunak, anunciou um esquema de bônus de volta ao trabalho e um desconto de 50% em restaurantes para todos os cidadãos até agosto. A ideia é evitar o desemprego e aquecer a economia.

O novo avanço do coronavírus segue no radar, com localidades nos Estados Unidos e também na Espanha voltando atrás em algumas medidas de reabertura.

Ontem, a Gilead Sciences começou a testar uma forma inalável do antiviral Remdesivir antiviral Covid-19, que pode ser administrado fora de hospitais. E a Reuters informou que a Comissão Europeia fechou acordos de tratamentos experimentais com a Merck e a Roche.

Acompanha e as cotações às 6h57:

Mercados: Nova York

  • S&P: +0,06%
  • Nasdaq: +0,51%
  • Dow Jones: -0,15%

Mercados: Europa

  • DAX, Alemanha: +1,51%
  • FTSE, Reino Unido: -0,47%
  • CAC, França: +0,24%
  • FTSE MIB, Itália: -0,63%
  • Stoxx 600: +0,32%

Mercados: Ásia

  • Nikkei, Japão: +0,40%
  • Xangai, China: +1,39%
  • HSI, Hong Kong: +0,31%
  • ASX 200, Austrália: +0,59%
  • Kospi, Coreia: +0,42%

Petróleo

  • WTI (agosto 2020): US$ 40,76 (-0,34%)
  • Brent (setembro 2020): US$ 43,31 (+0,05%)

Minério de ferro

  • Bolsa de Dalian (China): US$ 112,91 (+1,02%)

Conheça os benefícios de se ter um assessor de investimentos