EconomiaInvestimentosNotícias

Mercado financeiro estima PIB e juros menores em 2019

Previsões foram publicadas no relatório Focus desta segunda-feira (7). O resultado foi obtido por meio de um levantamento que envolveu mais de 100 instituições financeiras.

Avalie este artigo!
2018 01 24t175024z 2084213619 rc11ec462710 rtrmadp 3 brazil politics lula 1024x646 - Mercado financeiro estima PIB e juros menores em 2019
Crédito da imagem: Leonardo Benassatto/ Agência Reuters

A previsão do crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) brasileiro para 2019 foi reduzida na expectativa de diversos analistas do mercado financeiro. Esses especialistas também passaram a prever um menor crescimento no que diz respeito a taxa básica de juros (Selic) ao longo deste ano.

Essas previsões foram publicadas no último relatório Focus, do Banco Central (BC), divulgado nesta segunda-feira (7). O resultado foi obtido por meio de um levantamento que envolveu mais de 100 instituições financeiras ao longo da semana passada.

A expectativa do mercado financeiro é de que o PIB brasileiro de 2019 sofra uma expansão de 2,53%, resultado diferente dos 2,55% esperados anteriormente.

Vale lembrar que o PIB é a soma de todos os bens e serviços que o país produz e sua finalidade é medir a evolução econômica de uma nação.

A previsão de alta do PIB para o ano de 2018 se manteve estável em 1,3%, contudo, o resultado oficial ainda será divulgado no próximo mês de março pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Já entre os economistas dos bancos, a previsão de expansão da economia ainda se mantém em 2,5% para os anos de 2020 e 2021.

Confira, abaixo, algumas estimativas trazidas pelo último relatório Focus:
Previsão20182019
PIB1,3%2,53%
Inflação3,69%4,01%
Selic6,5%7%
Investimento Estrangeiro DiretoUS$ 75 bilhõesUS$ 79,5 bilhões

Antes de seguir, descubra o seu perfil de investidor!

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

Taxa básica de juros

As últimas estimativas do mercado mostram que houve queda de 7,13% para 7% na previsão da Selic até o fim deste ano. Hoje, a taxa básica de juros encontra-se em sua mínima histórica de 6,5% ao ano. Dessa forma, muitos analistas ainda preveem uma alta nos juros ao longo de 2019, contudo, com menor intensidade.

A definição da taxa Selic é feita pelo Copom (Comitê de Política Monetária), órgão do Banco Central que se reúne a cada 45 dias para definir a taxa básica de juros com base no sistema de metas de inflação.

Como uma forma de atingir as metas prefixadas, o Banco Central pode elevar ou reduzir a taxa básica de juros da economia.

Inflação

De acordo com o índice oficial de inflação do país (conhecido como Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo – IPCA), o mercado financeiro ainda mantém a sua previsão estável para a inflação em 4,01% em 2019.

A meta central estabelecida para este ano é de 4,25%, mas conta com um intervalo de tolerância e pode variar entre 2,75% e 5,75%.

O mercado mantém uma expectativa de inflação abaixo da meta para o ano de 2018, que é de 4,5%. Por conta do intervalo de tolerância, tal meta terá sido cumprida se o IPCA fechar entre 3% e 6% nesse ano.

Outras estimativas

Dólar

A projeção do mercado é de uma estabilidade na taxa de câmbio no fim deste ano, quando a moeda norte-americana é cotada em R$ 3,80.

Balança Comercial

A projeção para o saldo da balança comercial (total de exportações menos as importações) também se manteve estável para o ano de 2019. O mercado espera um superávit de US$ 52 bilhões.

Investimento estrangeiro

O relatório Focus apontou uma previsão de entrada de investimentos estrangeiros diretos no Brasil de 79,5 bilhões em 2019, o que mostra uma estimativa estável em relação ao que era esperado para o período.

Tags

Késia Rodrigues - Colaboradora Independente

Colaboradora Independente do Portal EuQueroInvestir e leitora assídua de conteúdos sobre economia e política. Apaixonada por literatura, viagens, tecnologia e finanças.

Artigos Relacionados

Close