Investimentos

Mercado de Capitais: O que é e como investir

Talvez você já tenha até ouvido falar muito sobre o assunto, porém, você sabe o que é e como funciona o mercado de capitais?

Avalie este artigo!

Hoje falaremos de um assunto que desperta a curiosidade de quem deseja se aventurar nos investimentos de renda variável: o mercado de capitais.

Talvez você já tenha até ouvido falar muito sobre o assunto, porém, você sabe o que é e como funciona o mercado de capitais?

business team investment entrepreneur trading P67TWFX By Rawpixel 1024x540 - Mercado de Capitais: O que é e como investir
Crédito da imagem: Banco de Imagens EnvatoElements/By Rawpixel

Para entender o seu funcionamento, basta pensar que ele faz parte da estrutura financeira do país, em que investidores e empresas fazem milhares de negociações e movimentações financeiras diariamente.

Como as empresas demandam uma grande quantidade de recursos para gerar seus produtos ou prestar seus serviços, na maioria das vezes procuram por investidores que financiam esses projetos em busca da valorização do seu dinheiro.

É nesse ponto que o mercado de capitais se torna importante, pois é nele que as empresas acabam encontrando as pessoas que desejam investir.

Afinal, o que é o mercado de capitais?

Como você pode perceber, o mercado de capitais é nada menos que um seguimento do sistema financeiro cuja principal função é intermediar as negociações entre aqueles que precisam captar recursos e aqueles que têm dinheiro para investir.

Apesar de ser uma dúvida comum, no mercado de capitais as negociações não são feitas por meio de operações de crédito ou empréstimo, mas sim por meio da negociação de ativos, como ações e títulos de dívida ou, como são mais conhecidas, debêntures.


Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil


stock market crash XHAWUP4 By Rido81 1024x680 - Mercado de Capitais: O que é e como investir
Crédito da imagem: Banco de Imagens EnvatoElements/By Rido81

Uma das formas mais simples de compreender melhor o que o mercado de capitais representa na economia do país é conhecendo um pouco mais a estrutura do sistema financeiro. É o que faremos a seguir:

O sistema financeiro e o mercado de capitais

Todos os dias, milhares de pessoas e empresas movimentam a economia do país por meio de operações de compra e venda de produtos e serviços. Esse fluxo financeiro entre quem possui o dinheiro e quem precisa dele para manter os seus negócios é uma parte importante do sistema financeiro do país.

Quando alguém deseja iniciar um novo negócio, precisará de dinheiro para tirá-lo do papel. Esse capital pode ser obtido de diferentes formas: por meio dos sócios (capital próprio), por meio dos bancos ou de terceiros.

A captação de recursos de terceiros é a parte que mais nos interessa nesse momento, pois está ligada diretamente ao mercado de capitais.

Quando você empresta dinheiro para uma empresa, irá receber de volta o valor do investimento acrescido de juros após um determinado período. Isso é bom tanto para a empresa, que pode usar esse dinheiro para crescer e produzir mais, quanto para você, pois receberá um montante de dinheiro maior do que emprestou.

businessman stress investment stock trading P23PGE7 By Rawpixel 1024x1024 - Mercado de Capitais: O que é e como investir
Crédito da imagem: Banco de Imagens EnvatoElements/By Rawpixel

Assim, vale lembrar como está organizado o sistema financeiro, que se divide em quatro grandes mercados, são eles:

  • Mercado monetário: tem como principal característica a transferência de valores em prazos muito pequenos, como de um dia para o outro;
  • Mercado de crédito: é o mercado em que ocorrem os empréstimos feitos por meio de instituições financeiras. Normalmente os recursos obtidos servem para consumo ou para a geração de capital de giro;
  • Mercado de câmbio: compreende as transações que envolvem moedas estrangeiras; e
  • Mercado de capitais: é nele que ocorre a captação de recursos pelas empresas por meio da negociação de títulos, que são adquiridos pelas pessoas que querem investir e ver o seu dinheiro trabalhar por elas.

Apesar de o mercado de crédito e o de capitais possuírem propósitos semelhantes, a sua essência é bastante diferente. Isso porque, no mercado de créditos, são os bancos e outros tipos de instituições financeiras que proveem os recursos para as empresas por meio de empréstimos.

Já no mercado de capitais, a captação de recursos é feita por meio de pessoas que têm interesse em investir nessas empresas e, para isso, utilizam as corretoras de valores ou os bancos como intermediários.

Qual é a principal função do mercado de capitais?

Em suma, o mercado de capitais facilita que as empresas consigam captar recursos para desenvolver os seus projetos. Dessa forma, estimula que as pessoas invistam nessas empresas em busca de retornos melhores.

Isso significa que o mercado de capitais é considerado um importante motor da economia de um país.

Como a principal função é distribuir os títulos emitidos pelas empresas, chamados de valores mobiliários, é importante que o ambiente de negociações seja transparente e confiável. Isso porque os ativos de renda variável estão sujeitos a um maior risco e sofrem mais oscilações.

coin stack on office desk PR8B3A5 By stevanovicigor 1024x683 - Mercado de Capitais: O que é e como investir
Crédito da imagem: Banco de Imagens EnvatoElements/By stevanovicigor

Para garantir essa segurança e transparência nas negociações, a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) atua na regulação e na fiscalização do mercado de capitais estabelecendo normas que devem ser seguidas por todas as empresas que participam desse mercado.

Quais são os ativos negociados no mercado de capitais?

O mercado de capitais abrange basicamente três tipos de categorias de valores mobiliários, são eles:

Ações

São títulos que representam a menor fração do capital de uma empresa inscrita na CVM e na Bolsa de Valores.

No momento em que você adquire uma ação, torna-se sócio dessa empresa. Logo, em alguns casos, pode até receber parte dos lucros dessa companhia, isso por meio dos chamados dividendos.

Também é possível obter bons lucros por meio da venda dessas ações por um valor que seja superior ao da compra.

Para as empresas que emitem ações, o principal benefício é a captação de recursos que visam promover o seu próprio desenvolvimento.

Commercial Papers

São títulos privados de curto prazo emitidos pelas empresas para captação de recursos financeiros. Não possuem nenhuma relação com as operações que ocorrem no mercado de crédito, pois os recursos vêm diretamente das pessoas que tem interesse em investir nas empresas.

Como são ativos de curto prazo, normalmente o retorno do investimento pode ser obtido após o prazo mínimo de 30 dias e máximo de 360 dias.

Debêntures

As debêntures são títulos da dívida das empresas e têm se tornado bastante populares entre os investidores nos últimos tempos.

Por meio delas, a empresa consegue o dinheiro necessário para pagar as suas dívidas ou realizar investimentos, isso sem ter que recorrer aos empréstimos oferecidos pelos bancos.

Dessa forma, é você que acaba pagando a dívida dessa empresa e, em contrapartida, receberá o seu dinheiro de volta acrescido de juros, normalmente no longo prazo.

half length of a young handsome contemporary PEYVCQ3 By peus80 1024x683 - Mercado de Capitais: O que é e como investir
Crédito da imagem: Banco de Imagens EnvatoElements/By peus80

Qual é a diferença entre Mercado de Capitais e Mercado de Ações?

Entre todos os títulos que são emitidos no mercado de capitais, as ações ocupam uma posição de destaque. Por esse motivo, dentro do mercado de capitais surgiu um mercado específico para as ações, que ficou conhecido justamente pelo nome “mercado de ações”.

A necessidade de se criar esse seguimento surgiu justamente por conta dos procedimentos, regras e da estrutura diferente que deve ser empregada quando ocorre a negociação de ações.

Toda essa estrutura é administrada pela Bolsa de Valores, que é operada atualmente pela B3, antiga BM&FBovespa. Mas muito se engana quem pensa que esse seja um seguimento complicado para se investir, pois, para isso, você pode contar com as corretoras e com o auxílio de um assessor de investimentos.

A Bolsa de Valores no mercado de capitais

É na Bolsa de Valores que são negociadas as ações e outros títulos do mercado de capitais. O processo de negociação pode ser dividido em três etapas conforme falaremos a seguir:

  1. Oferta Pública Inicial:

O processo de lançamento de uma empresa no mercado de capitais tem início por meio de uma Oferta Pública Inicial, ou, como muitos preferem dizer, “Initial Public Offering”, que é o nome correto para a sigla em inglês IPO.

  1. Mercado primário:

A partir do momento da abertura do IPO, as ações da empresa já podem ser adquiridas pelas pessoas que estão no mercado de capitais. Nesse momento, o montante de dinheiro que é captado com a venda das primeiras ações é repassado para a empresa que as ofertou.

  1. Mercado secundário:

Uma vez que as pessoas adquiriram as ações no mercado primário, essas poderão ser vendidas a qualquer momento para outros investidores que tenham interesse em comprá-las. Assim, é desse momento em diante que as ações passam a ser negociadas diretamente entre investidores, sem que a empresa participe diretamente do negócio.

business graphs and charts P9CP2CZ 1024x680 - Mercado de Capitais: O que é e como investir
Crédito da imagem: Banco de Imagens EnvatoElements/By Rido81

É no mercado secundário que você tem grandes chances de lucrar por meio da compra e venda de ações. Por exemplo: se você adquire uma ação de uma empresa em um dia por R$ 20,00 e antes do final do pregão a vende por R$ 22,00, então já terá acumulado um lucro de R$ 2,00.

Parece pouco? É porque estamos falando de uma ação apenas, mas imagine que você tenha adquirido um grande volume de ações de uma empresa e que tenha conseguido os mesmos R$ 2,00 de lucro, o resultado final pode ser bastante interessante, não é mesmo?

Existem pessoas que vivem desse tipo de negociação, são os chamados traders.

Como investir no mercado de capitais

Antes de saber como investir no mercado de capitais é importante responder uma pergunta: qual é a sua tolerância aos riscos?

Como o mercado de capitais trabalha com ativos de renda variável, está sujeito às oscilações de preços que podem afetar tanto positivamente quanto negativamente os seus resultados.

Dessa forma, é importante realizar um teste de perfil para saber se você se enquadra entre os investidores mais conservadores ou entre os mais arrojados quando o assunto é correr risco.

A melhor opção para quem quer começar a se aventurar no mercado de capitais é dividir os seus investimentos entre renda fixa e variável, pois essa estratégia pode gerar ganhos maiores e, também, amenizar possíveis perdas.

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

designer at office P4HVJL9 By Pressmaster 1024x683 - Mercado de Capitais: O que é e como investir
Crédito da imagem: Banco de Imagens EnvatoElements/By Pressmaster

Se você quer saber mais sobre como diversificar sua carteira de investimentos, converse com um dos assessores da EuQueroInvestir. Os nossos assessores estão à disposição para tirar todas as suas dúvidas e orientar quais são os melhores investimentos de acordo com o seu perfil. E o melhor: sem te cobrar um centavo por isso!

Perfil definido? Então basta seguir quatro passos simples para começar a investir no mercado de capitais:

Defina seus objetivos:

O primeiro e um dos mais importantes passos para qualquer investidor é definir os seus objetivos de curto, médio e longo prazo. Ao fazer isso, você poderá fazer escolhas mais acertadas sobre quanto investir, por quanto tempo e quais os melhores títulos para alcançar esses objetivos.

Escolha uma boa corretora de valores:

As corretoras atuam como verdadeiras pontes entre você e o mercado de capitais. É por esse motivo que você deve escolher instituições que tenham compromisso como o resultado e que foquem no suporte a seus clientes, assim como a XP Investimentos.

Escolha os títulos mais adequados às suas expectativas:

Uma vez que sua conta já esteja aberta, com dinheiro disponível e que seus objetivos já estejam traçados, basta escolher os ativos no qual você irá investir. Para isso, você pode contar com o auxílio dos assessores da EuQueroInvestir, pois estão prontos para te ajudar na escolha das melhores opções dentro do mercado de capitais.

Tags

Késia Rodrigues - Colaboradora Independente

Colaboradora Independente do Portal EuQueroInvestir e leitora assídua de conteúdos sobre economia e política. Apaixonada por literatura, viagens, tecnologia e finanças.

Artigos Relacionados

Close