Mercado Bitcoin cria conta digital com investimento em criptomoedas

Walter Niyama
Jornalista formado pela ESPM-SP, possui passagens pelo Diário do Centro do Mundo e já trabalhou na assessoria de imprensa da Secretária de Estado da Saúde de São Paulo. Também tem textos escritos para o site Torcedores. É idealizador do site de jornalismo Converge e colunista no Nerdssauros. É também autor de três romances publicados.
1

Crédito: Reprodução / Canva - Operando Criptomoedas

Nesta quarta-feira (11) o Mercado Bitcoin fez um anúncio: a criação de uma conta digital. A conta é fruto de uma parceria entre a maior exchange brasileira com a fintech Meubank. Uma alternativa ao sistema bancário para movimentar dinheiro e realizar investimentos em criptoativos. A informação foi divulgada pelo Portal do Bitcoin.

A conta digital pretende ainda simplificar a ação de investir em criptoativos: “Entendemos que há público grande que quer entender o que é criptoativo. Porém, não precisa entender a dinâmica de negociação. Quer apenas comprar e vender”, disse Gustavo Chamati, sócio-fundador do Mercado Bitcoin.

Por conta disso, Chamati enxerga com bons olhos a proposta do Meubank. A de poder simplificar e ser uma plataforma de investimento em ativos alternativos”,

Gleisson Cabral, CEO do MeuBank, também comentou sobre a novidade: “O DNA do Meubank é ser uma instituição de pagamentos voltada para ativos alternativos, que vai possibilitar aos clientes acessá-los em carteira pré-paga e usar esse dinheiro no varejo”.

Também envolvida na novidade está a Matera. A empresa de soluções para o mercado financeiro e de pagamentos irá cuidar do funcionamento da conta digital.