Melnick período de reserva encerra hoje; Hidrovias precifica ações

Felipe Moreira
Especialista em Mercado de Capitais e Derivativos pela PUC - Minas, com mais de 7 anos de vivência no mercado financeiro e de capitais. Apaixonado por educação financeira e investimentos.
1

Crédito: Divulgação

O mercado de capitais brasileiro segue agitado, nesta quarta-feira encerra o período de reserva da oferta de ações de emissão da Melnick e a Hidrovias precificará suas ações.

Ontem (22), a Triple Play anunciou faixa indicativa de preço entre R$ 12,50 e R$ 15,50.

Já o período de reserva da Compass termina amanhã.

Participe do maior evento de investimentos da América Latina

O que você verá neste artigo:

Melnick

A construtora gaúcha Melnick é controlada pela Even Construtora e Incorporadora (EVEN3) e deve ser listada no Novo Mercado.

A empresa da família Melnick quer captar recursos para comprar terrenos, reforçar o caixa e ampliar sua atuação no segmento imobiliário.

Em 4 de setembro a empresa definiu a faixa indicativa de preços do IPO: de R$ 8,50 a R$ 12,50. Levando em conta a média deste valor e as 73.000.00 ações, a operação poderá chegar aos R$ 766 milhões.

A venda responderá por 35,1% do capital social da empresa.

A operação da Melnick incluirá ofertas primária (ações novas, cujos recursos vão para o caixa da companhia) e secundária (papéis detidos pelos atuais sócios).

Mas um lote adicional de até 15% e outro suplementar de 20% poderão ser realizados. Assim, considerando a faixa média de preços, a captação poderá ultrapassar R$ 1 bilhão.

Hidrovias do Brasil

A companhia de logística Hidrovias do Brasil nasceu de uma startup financiada pela Pátria Investimentos, em 2010.

Além da Pátria, estão na empreitada a Aimco 1, Aimco 2, Temasek, a Blackstone e o BTO FIP.

O BNDESPar, braço de participações do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, possui cerca de 4,5% da companhia.

No início de setembro, a Hidrovias do Brasil estabeleceu faixa indicativa de preço entre R$ 7,56 e R$ 8,88 para seu IPO.

Segundo a Hidrovias, serão ofertados inicialmente de 399.426.570 ações ordinárias.

As ações da companhia iniciam as negociações na B3 em 25 de setembro de 2020.

IPO Compass

A Compass Gás e Energia é uma empresa controlada pelo grupo de energia e infraestrutura Cosan, que atua há mais de 80 anos no país. Ela foi criada para gerir o negócio de gás da Cosan, em infraestrutura, distribuição, geração e comercialização do combustível.

Basicamente, a empresa atua em quatro segmentos dentro de energia e infraestrutura:

  1. Distribuição de gás natural, por meio da Comgás (CGAS5).
  2. Infraestrutura e originação de gás, acessando a oferta de gás do pré-sal e importando gás natural liquefeito;
  3. Comercialização de gás;
  4. Geração térmica a gás e trading de energia elétrica, transformando gás em eletricidade.

A Comgás é a maior distribuidora de gás do país. Tem 18 mil km de rede instalada e 2 milhões de clientes nos segmentos residencial, comercial, industrial e veicular. Atualmente, a empresa está presente em 88 municípios do Estado de São Paulo, incluindo a região metropolitana de São Paulo.

Em janeiro de 2020, as empresas passaram por uma reestruturação societária. Assim, o controle que a Cosan possuía na Comgás foi transferido para a Compass.

A expectativa da Compass é alta: levantar até R$ 4,4 bilhões com o IPO.

A oferta será totalmente primária, ou seja, quando os recursos vão para o caixa da empresa.

A faixa indicativa de preço está entre R$ 25,50 e 31,50. A fixação do valor por papel será feita em 28 de setembro. O início de negociação das ações no Novo Mercado da B3 será em 30 de setembro.

O IPO da Compass envolve a distribuição primária de 117.647.060 ações ordinárias. Mas há ainda a possibilidade de papéis suplementares e adicionais que levariam o volume total a até 158.823.531.

Pelo preço médio de R$ 28,50, a oferta inicial atingiria R$ 3,3 bilhões. Ou então os R$ 4,4 bilhões incluindo os lotes adicional e suplementar.

Triple Play

A Triple Play é um provedor brasileiro de serviços de internet de banda larga (dados), com histórico de alto crescimento, e líder em market share em cada um dos mercados de banda larga em queoperamos, de acordo com dados da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

A empresa tem como alvo os mercados residenciais e B2B (business-to-business), com presença em 26 pequenos e médios municípios em três grandes clusters geográficos nos estados do Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba e Bahia no Nordeste do Brasil, e no interior dos estados de São Paulo e Minas Gerais no Sudeste.

A Triple Play Brasil Participações protocolou pedido de oferta pública de ações (IPO, na sigla em inglês) em meados de agosto.

A oferta consistirá na distribuição pública primária (novas ações a serem emitidas pela companhia) e secundária (ações da companhia vendidas pelos atuais acionistas).

A companhia anunciou faixa indicativa de preço entre R$ 12,50 e R$ 15,50.