Méliuz (CASH3) emite R$ 1,1 bilhão em oferta de ações

Matheus Gagliano
Colaborador do Torcedores
1

Crédito: Divulgação/Pixabay

A Méliuz (CASH3) fará uma oferta em ações primária e secundária. Na primeira operação, serão emitidos 7.500.000 papéis. Já na segunda, serão ofertadas 6.010.645 ações. Segundo matéria da Reuters, isto deve levantar R$ 1,1 bilhão.

De acordo com comunicado, a empresa informou que a emissão foi aprovada pelo conselho de administração nesta quarta-feira (7). A oferta será restrita e realizada em mercado de balcão não organizado.

Acesse esse material especial para avaliar resultados, performance e dividendos dos melhores FIIs no mercado.

A emissão terá a coordenação do BTG Pactual (BPAC11), do Itaú BBA, do Morgan Stanley e do UBS Brasil. A operação será liderada pelo Itaú BBA e pelo banco norte-americano.

Ânima (ANIM3) conclui aquisição de parte da Gama Academy

A Ânima (ANIM3) informou ao mercado que concluiu a aquisição de parte da edtech Gama Academy. Esta é uma plataforma digital para formação de habilidades tecnológicas. O grupo educacional tem a opção de adquirir o controle da edtech até o fim de 2025.

Você sabia que algumas das maiores oportunidades de ganhos da bolsa estão nas Small Caps? Quer saber mais sobre essas ações e como investir? 

Para a Ânima, a compra da Gama representa uma nova vertical de ensino de tecnologia. Isto se dará alavancando a oferta de habilidades digitais para os próprios alunos.

Quer começar o dia bem-informado com as notícias que vão impactar o seu bolso? Clique aqui e assine a newsletter EQI HOJE!

Trígono Capital amplia participação na Tupy (TUPY3)

A Tupy (TUPY3) informou que recebeu a Trígono Capital comunicado na qual esta informa ter adquirido mais ações na companhia. A partir de agora, a Trígono passa a deter 5,02% do capital da Tupy, com 7.232.800 ações.

Itaú-Unibanco (ITUB4) lança projeto piloto de mercado de carbono voluntário

O Itaú-Unibanco (ITB4) lançou uma plataforma de compensação de carbono para ampliar a transparência no mercado de carbono voluntário entre bancos. O projeto tem a parceria da CIBC, NAB e Grupo NatWest.

Bradesco (BBDC4) quer descarbonizar carteiras de crédito

O Bradesco (BBDC4) pretende descarbonizar carteiras de crédito e investimentos até 2050. Terá como base o Acordo de Paris e cenários científicos. Além disso, o banco também entrou para o braço financeiro do programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente.

Petrobras (PETR3 PETR4) recebe indicações para conselho de administração

A Petrobras (PETR3 PETR4) recebeu indicação de três nomes para o conselho de administração. Os candidatos foram indicados por acionistas minoritários, como as gestoras Absolute Gestão de Investimentos, Moat Capital Gestão de Recursos e Banco Clássico.

Foram indicados José João Abdalla Filho, Marcelo Gasparino da Silva e Pedro Rodrigues Galvão de Medeiros. Os nomes deles passarão pela aprovação da próxima assembleia geral extraordinária, ainda sem data.

Dasa (DASA3) recebe rating AAA(bra)

A Dasa (DASA3) recebeu da Fitch nota AAA(bra) no rating nacional de longo prazo. A perspectiva é estável. A nota foi dada graças à aquisição da AMO Participações pela Ímpar Serviços Hospitalares – controlada pela Dasa – por R$ 750 milhões.

Um dos principais exercícios para a compra de uma ação é saber se ela está cara ou barata. Para isso, preparamos um material especial para ajudá-lo nesta análise.