Qual o melhor Investimento Financeiro do Momento? -

Melhor Investimento Financeiro do Momento 2014

Aprenda Como Investir e Onde Investir

Juliano Custodio

Melhor Investimento Financeiro do Momento 2014
5 de 7 votos

Procurando o Melhor Investimento para 2015?
Veja o nosso novo artigo:

Qual o Melhor Investimento para 2015?


O artigo abaixo acompanhou os investimentos durante 2014!

melhor-investimento-2

Melhor do que somente lhe indicar o melhor investimento para 2014, vamos acompanhar o cenário para investimentos durante o ano.

Isto porque uma recomendação de investimentos única e simples não é a forma mais aconselhável de investimentos.

Manterei as alterações feitas durante o ano no mesmo texto, para que o investidor possa entender as mudanças na carteira frente as mudanças da economia.

– 27 de Novembro de 2014 –

No última reunião do COPOM em 28 de Outubro o governo finalmente começou a subir a taxa SELIC. Exatamente como comentamos no início do ano, o governo relutou em subir a taxa por ser um ano eleitoral, mas vencidas as eleições eles começaram a trajetória de alta nas taxas, para poder conter a inflação que persiste em estourar o teto da meta.

Dessa forma nossa indicação de que os investimentos ideais seriam aqueles atrelados ao CDI se mostraram muito interessantes e ficaram entre os melhores do ano, juntamente aqueles atrelados a inflação que tiveram um bom desempenho devido a “birra” do governo em não aumentar os juros.

Para o próximo ano, já criamos a nossa estratégia de investimentos, que vai ser muito parecida com a do ano de 2014, investir em títulos pós-fixados. Entenda mais sobre nossa estratégia para o próximo ano, lendo o nosso artigo: Qual o Melhor Investimento para 2015?

Ou siga lendo e veja todo o nosso acompanhamento sobre as alterações da economia durante o ano de 2014, e entenda um pouco o trabalho que fazemos com nossos clientes.

– 6 de Outubro de 2014 –

Os dados da economia estão ainda piores, o que ratifica o que falamos em comentários anteriores. E o resultado do primeiro turno da eleição aumenta as chances da oposição e consequente aumento ainda mais drástico dos juros. Portanto, leia as sugestões passadas que continuam as mesmas, investimentos Pós-Fixados.

– 16 de Setembro de 2014 –

Com as declarações da equipe econômica da Marina de que farão um ajuste agudo na economia em caso de vitória e com sua subida nas pesquisas, reitero o que falei em Agosto sugerindo que o melhor continua ser investir em produtos Pós-Fixados em CDI como: Letras de Câmbio (LC), Letras de Crédito Imoviliário (LCI), CDB ou LFT. De preferencia nas duas primeiras e ficando bem de fora dos títulos com componente Pré-Fixado como NTN-B ou LTN.

Hoje nossos clientes tem investido em Letras de Câmbio pagando 130% do CDI (14,1% ao ano – até 12% ao ano líquidos) e LCIs pagando 99% do CDI(10,73% ao ano líquidos) – lembrando que LCIs não pagam imposto.

Leia maiores explicações sobre cada um desses tipos de aplicação no texto de 26 de Agosto.

– 26 de Agosto de 2014 –

A SELIC – taxa de juros básica da economia – segue em 11% ao ano, e a inflação está querendo estourar o topo da meta, com este cenário, o Governo deveria elevar a SELIC mas são deve fazer isso porque não vai “pegar bem” em ano de eleições. Neste cenário, os investimentos mais rentáveis do momento são as Letras de Câmbio, as LCIs e as NTN-B (Saiba mais sobre Títulos do Tesouro) esta última devido a inflação bastante alta, mas não recomendo investimento nas mesmas, pois elas podem sofrer muito em caso de alta na SELIC no ano que vem, portanto ficaremos fora delas.

Por isso seguimos com a mesma indicação dos últimos meses – ATIVOS PÓS-FIXADOS (Letras de Câmbio, LCIs ou Carteiras de Fundos).

Claro que cada investidor tem um perfil diferente, e para cada perfil de investidor há uma melhor forma e tipo de investimentos indicados. Portanto para ter uma indicação melhor sobre o melhor investimento para você, sugiro que você faça um teste de Perfil antes de continuar a leitura:
Teste de Perfil

Deixe aqui sua dúvida, ficarei muito feliz em ajudá-lo a melhorar a rentabilidade dos seus investimentos

Seu nome: (obrigatório)

Seu e-mail: (obrigatório)

Seu Telefone com DDD: (obrigatório)

Preferência de Contato:
TelefoneE-mail

Caso sua preferência seja por telefone:

Qual a melhor data: (obrigatório)

Qual o melhor horário?: (obrigatório)

Caso você queira adiantar alguma informação, deixe uma mensagem:

Se você quiser melhorar a qualidade de nosso contato, sugerimos que você faça nosso Teste de Perfil, pois assim teremos mais informações sobre suas necessidades.

De acordo com o seu Perfil você vai poder escolher entre duas maneiras de investir o seu dinheiro:

1 – Letras de Câmbio e LCIs: Para quem quer algo simples, prático, seguro e rentável.

As LCs e as LCIs são seguras como a Poupança – ambas são garantidas pelo FGC – e extremamente rentáveis.

As LCs (Letras de Câmbio) tem rentabilidades bastante altas chegando até a 130% do CDI, o que resultaria hoje em uma rentabilidade de 14,1% ao ano o que depois dos impostos cairá para 12% ao ano líquidos. A única desvantagem são os prazos, pois as LCs de boa rentabilidade não podem ser sacadas antes de 1 ano e meio.

As LCIs (Letras de Crétido Imobiliário), são isentas de Imposto de Renda e as melhores LCIs rendem até 99% do CDI, o que vai gerar uma rentabilidade líquida final de 10,73% ao ano. A vantagem em relação as LCs é que elas tem prazos de carência mais curtos, ou seja, em muitas você só fica sem poder sacar o seu dinheiro por prazos de 6 meses ou menos.

Na palestra abaixo, ministrada no dia 10/07/2014, eu explico os diversos produtos de Renda Fixa ( LCIs, CDBs, Fundos e Títulos do Tesouro), mostrando as vantagens de cada um:

2 – Carteira de Fundos: Para quem quer algo mais sofisticado e aceita algum risco.

Para quem quer algo mais sofisticado, leia o que falei no texto do dia 6 de Janeiro em “Montando uma carteira de fundos de investimentos”.

Eu não alterei a carteira de fundos desde o início do ano, mas você vai poder ver que as carteiras Balanceada e Dinâmica acabaram indo pior que as mais conservadoras neste ano, diferente do que aconteceu no ano passado. Acredito que com a retomada da Bolsa no Segundo Semestre elas vão se recuperar até o final do ano.

– 2 de Abril de 2014 –

O governo subiu novamente a SELIC, agora para 11% a.a., e como a inflação segue alta não há sinais de uma diminuição das taxas, portanto nossa estratégia segue a mesma feita em 6 de janeiro de 2014.

– 27 de Fevereiro de 2014 –

O governo realizou ontem um leve aumento na taxa SELIC, levando-a para 10,75% a.a. Já esperávamos por isso, pois, apesar de a economia precisar de elevações maiores, estamos em ano eleitoral. Nada mudou na minha estratégia sobre o melhor investimento para 2014, feita em 6 de janeiro de 2014.

– 6 de Janeiro de 2014 –

Montando uma carteira de Fundos

inflação-1

Estamos em uma situação econômica onde a inflação está em franco crescimento. Para frear esse crescimento da inflação, que deve continuar neste semestre, o governo deverá continuar elevando as taxas de juros básica da economia – a SELIC. Claro que esta não é uma medida popular em um ano eleitoral; então, no mínimo, o governo irá manter as taxas de juros no patamar onde elas estão.

Com esse viés, o ideal é investir em Fundos DI ou fundos de Renda Fixa que tenham suas taxas atreladas ao CDI (“primo-irmão” da SELIC), “Fundos Multiestratégia” como os Juro e Moedas, que são um pouco mais oscilantes, mas que também são bastante atrelados ao CDI, ou até Fundos de Crédito, que trazem um componente a mais de risco (crédito), mas que em troca geram retornos consistentes acima do CDI.

Na mesma linha, de investimentos atrelados ao CDI temos as LCI’s, que dependendo do volume e da carência aceita pelo investidor, podem ser ainda mais atrativas.

“No fim do texto você vai entender melhor porque dividimos o nosso investimentos, técnica que se chama Alocação de Recursos.”

Acredito que vale a pena montar uma carteira com este tipo de fundos e seguir esperando pelo fim do processo de alta da inflação para migrar seus investimentos para Fundos Pré-Fixados ou com componentes Pré-Fixados como os Fundos de Inflação. Ou ainda os Títulos do Tesouro do Tipo NTN-B ou LTN: Saiba mais sobre o Tesouro Direto!

Cada tipo de investidor possui um Perfil, as carteiras abaixo são para os 3 principais perfis de investidores, e o objetivo de todas é de superar o CDI – hoje em 10,5% a.a.

Para saber o seu Perfil de Investidor,faça um Teste de Perfil:
Teste de Perfil

Carteira Investidor Moderado

Mini-Carteira-Moderado

Carteira Investidor Balanceado

Mini-Carteira-Balanceado

Carteira Investidor Dinâmico

Mini-Carteira-Dinâmico

Está gostando do artigo? Curta nossa página no FaceBook!

Perceba que as 3 carteiras superaram o CDI que rendeu 8,06% em 2013, e que deve render mais de 10% neste ano, sendo assim essas 3 carteiras também devem superar os 10% em 2014.

Repare também nos fundos com gráficos em Verde e Vermelho.

Note que quanto menos conservador é o investidor, sua carteira vai sendo montada com uma parcela maior destes investimentos mais “voláteis”, ou seja, investimetnos que oscilam mais, tanto para baixo como para cima.

E mesmo que você fique seduzido pelos ganhos maiores das carteiras menos conservadoras, saiba que algumas podem, no curto prazo ter rendimento muito baixos ou até negativos.

Portanto, correndo o risco de me tornar chato, vou repedir: A técnica de alocação de recursos, começa pela identificação do perfil do investidor; pois, não existe uma receita de bolo para investimentos, já que cada investidor é único – seja em sua necessidade de liquidez, seja em sua motivação ou aversão ao risco. Afinal, existem pessoas que aceitam correr riscos em troca de mais rentabilidade; já outras querem o mesmo risco de uma poupança, por exemplo, mas com maiores rentabilidades.

Quer aprender mais sobre investimentos? De uma pausa e inscreva-se em nossa palestra!

Palestra-Banner

Saiba um pouco mais sobre cada um dos Fundos Indicados

Fundo DI: Brasil Plural Yield – retorno em 2013: 8,06% | 0,16% maior que o CDI e 35,23% maior que a Poupança. Clique aqui para ver mais resultados deste fundo.

Fundo Renda Fixa: Sparta Premium – retorno em 2013: 8,19% | 1,73% maior que o CDI e 37,18% maior que a Poupança. Clique aqui para ver mais resultados deste fundo.

Fundo Multiestratégia: JPM Multistrategy FX – retorno em 2013: 9,99% | 24,09% maior que o CDI e 67,33% maior que a Poupança. Clique aqui para ver mais resultados deste fundo.

Fundo de Crédito: Sparta Top Crédito – retorno em 2013: 9,1% | 13,05% maior que o CDI e 52,42% maior que a Poupança. Clique aqui para ver mais resultados deste fundo.

Saiba Como Investir

Outra alternativa para quem não se importa de ter o seu dinheiro “preso” por 6 meses é investir em LCI, para aproveitar a vantagem tributária. Lembre-se de negociar para comprar uma LCI que pague no mínimo 85% do CDI, a fim de obter uma vantagem real (você que investe com o portal EuQueroInvestir.com tem acesso a LCI’s de grandes bancos pagando 95% do CDI)!

Se você é um pouco mais agressivo e tem capital para diversificar um pouco, vale apimentar a sua carteira com Long and Short (10% ou 20%), ou Fundos Quantitativos (10% ou 20%).

Fundo Long and Short: Ashmore L & S – retorno em 2013: 9,1% | 13,05% maior que o CDI e 52,42% maior que a Poupança. Clique aqui para ver mais resultados deste fundo.

Fundo Quantitativo: Azul Quantitativo – retorno em 2013: 13,02% | 61,73% maior que o CDI e 118,1% maior que a Poupança. Clique aqui para ver mais resultados deste fundo.

Assim que for sinalizado o fim do processo de alta nas taxas de juros, pode ser interessante investir uma parcela em Fundos de Inflação (5%), que podem ser bastante lucrativos caso a inflação suba ainda mais e o Governo não aumentar a taxa de juros – mas não tenha pressa de investir nos fundos de inflação, eles serão importantes quando a SELIC estabilizar. Lembramos que esses fundos podem gerar até prejuízos, no caso de o governo eventualmente elevar demais a SELIC, portanto cuidado!

Fundo de Inflação: XP Inflação – retorno em 2013: 2,31% | 71,3% menor que o CDI e 61,3% menor que a Poupança. Clique aqui para ver mais resultados deste fundo.

Qual será o melhor investimento de 2014?

logo social

Aqueles que já leram outros artigos e tutoriais do nosso site já sabem que a resposta é relativamente simples, mas que exige um pouco de estudo, pois não é uma receita igual para todo mundo. Um dado que confirma o que estou dizendo é que, historicamente, vemos que mesmo os melhores analistas dificilmente acertam precisamente qual vai ser o melhor investimento de cada ano, e é por isso que neste artigo, além de indicar quais os prováveis campeões deste ano, você vai aprender a investir não em um, mas a montar uma carteira com alguns destes investimentos.

Se você não quiser se aprofundar muito nos investimentos e simplesmente melhorar um pouco sua rentabilidade de forma bem simples, o melhor para esse ano deve ser uma boa escolha em CDB’s ou LCI’s , pois enquanto sigam as altas na taxa SELIC (saiba mais sobre a taxa SELIC) estes investimentos, chamados pós-fixados, devem ser os campeões dentre os investimentos de baixíssimo risco. Pois CDB’s e LCI’s tem a mesma garantia da Poupança, porém rendem no mínimo 30% mais!

A partir daqui você vai poder tomar dois caminhos:

1 – Se você quer investimentos com as mesmas características da Poupança, mesma segurança e até 60% mais rentabilidade.

Então você deve ler: CDB’s – O Guia Definitivo – Saia Agora da Poupança!

Ou ler: LCI’s: Segurança de Poupança e 2x mais Rentabilidade!

2 – Se você esta disposto a estudar um pouco mais, e quer aprender a montar uma carteira que pode gerar rentabilidades ainda mais atraentes, então siga lendo este texto e aprenda sobre Fundos de Investimentos e Alocação de Recursos. Pois esta sim é a melhor forma de investir não só em 2014 mas para sempre!

A diferença entre “Onde Investir” e “Como Investir”!

Lá em 2002, eu comecei o processo de melhorar a lucratividade de meus investimentos exatamente como você está fazendo, pesquisando.

Havia poucos artigos na internet, e eu procurava aprender com as revistas sobre negócios, que em todo o início de ano apresentavam as opiniões dos maiores analistas dos bancos e corretoras.

Mas dificilmente esses analistas acertavam, e pior, normalmente a indicação era baseada no melhor investimento do ano anterior, e era justamente seguindo essas indicações que nasciam os grandes erros nos meus investimentos!

O impulso natural dos investidores é escolher aquele que foi o melhor investimento do ano passado – esta é a aposta mais fácil e confortável, mas justamente o melhor investimento do ano passado é aquele que tem a maior chance de ser o pior deste ano.

Fiz o quadro abaixo para que você e entenda um pouco melhor o que eu estou falando, veja que principalmente os investimentos considerados mais agressivos, dificilmente seguem muitos anos como “O melhor Investimento”.

Melhor Investimento por ano

Fiz um artigo sobre o assunto e chamei de “Retorno à Média: A maldição das revistas econômicas”. Isso não é nenhuma acusação as revistas e sim uma demonstração do comportamento dos investidores. Se você quiser saber mais sobre o assunto , leia este artigo aqui!

Alocação de Ativos

E é devido ao “Retorno a Média”, que neste artigo, além de indicar quais os prováveis campeões deste ano, você vai aprender a investir não em um, mas a montar uma carteira com alguns destes investimentos!

Para fugir do Retorno a Média, você deve começar a investir como os profissionais de gestão de fundos fazem, utilizando Alocação de Ativos: nesta técnica, dividimos os investimentos em uma carteira que contém mais de um tipo de investimento dentre os mais promissores, tudo isso baseado em algumas diretrizes e expectativas sobre a economia.

Alocação de Ativos

De onde vem o resultado dos 100 fundos mais rentáveis americanos.

O primeiro passo para montar uma alocação eficiente, é conhecer melhor as suas necessidades como investidor, pois não existe “o melhor investimento”, e sim “o melhor investimento para você”.

Eu montei um teste onde você responderá algumas perguntas e será direcionado para uma página que explica o seu Perfil de Investidor e que mostra um exemplo de carteira para o seu tipo de perfil.

Depois do teste eu também lhe enviarei por e-mail um exemplo de carteira com os melhores fundos do momento que se encaixam no seu Perfil. Faça aqui o Teste de Perfil.

Avalie este artigo, e ajude-nos a criar melhores conteúdos:
Envie dúvidas e sugestões para: contato@euqueroinvestir.com
Melhor Investimento Financeiro do Momento 2014
5 de 7 votos

Meu Banco não tem investimentos tão Rentáveis, onde eu os encontro?

Entenda o nosso trabalho!

A fim de poder oferecer o que há de mais rentável em investimentos para os investidores que contam com a nossa assessoria, escolhemos trabalhar com uma Corretora de Valores.

As corretoras funcionam como intermediários entre os investidores e os Bancos e Financeiras, desta forma você pode escolher os melhores investimentos de cada Banco, sem precisar ser correntista de todos estes bancos.

Muitos brasileiros já se utilizam das corretoras para investir o seu dinheiro e inclusive isto já é indicado pelos consultores mais famosos da midia. Veja o video abaixo do Jornal da Globo:

É com uma destas empresas que fazemos nosso trabalho, a XP Investimentos

Com um simples cadastro na XP, você passa a ter acesso a todos os investimentos mostrados acima e muitos outros!

  • Nosso trabalho não tem custo para o investidor, somos comissionados pelos Bancos;
  • Só trabalhamos com investimentos de Renda Fixa garantidos pelo FGC (saiba mais sobre o FGC);
  • Você pode acessar todas as informações de sua conta on-line pelo Portal da XP Investimentos, ou também pelo APP para seu celular;
  • Atendimento facilitado, pelo método que você preferir ( Telefone, E-mail, Skype, Whatsapp e etc);

Conheça mais sobre o portal EuQueroInvestir.com
Quem Somos

Veja como funciona nossa relação com você e com a XP Investimentos:

Atendimento EuQueroInvestir

Ficou com Dúvidas, deixe sua pergunta!

Entraremos em contato da forma indicada para solucionar suas dúvidas.

Deixe aqui sua dúvida, ficarei muito feliz em ajudá-lo a melhorar a rentabilidade dos seus investimentos

Seu nome: (obrigatório)

Seu e-mail: (obrigatório)

Seu Telefone com DDD: (obrigatório)

Preferência de Contato:
TelefoneE-mail

Caso sua preferência seja por telefone:

Qual a melhor data: (obrigatório)

Qual o melhor horário?: (obrigatório)

Caso você queira adiantar alguma informação, deixe uma mensagem:

Se você quiser melhorar a qualidade de nosso contato, sugerimos que você faça nosso Teste de Perfil, pois assim teremos mais informações sobre suas necessidades.

Gostou do artigo? Então deixe a sua impressão e ajude-nos a divulgar o portal.

Se você ficou com dúvidas, também pode deixá-las aqui abaixo, ou me enviar um e-mail para juliano.custodio@euqueroinvestir.com

Até o próximo artigo