Marcopolo (POMO4) vende fatia de 49% na Tata Marcopolo Motors

Marco Antônio Lopes
Editor. Jornalista desde 1992, trabalhou na revista Playboy, abril.com, revista Homem Vogue, Grandes Guerras, Universo Masculino, jornal Meia Hora (SP e RJ) e no portal R7 (editor em Internacional, Home, Entretenimento, Esportes e Hora 7). Colaborador nas revistas Superinteressante, Nova, Placar e Quatro Rodas. Autor do livro Bruce Lee Definitivo (editora Conrad)
1

Crédito: Divulgação/ Marcopolo

A Marcopolo (POMO4) fechou acordo nesta quarta (16) para venda de fatia de 49% na indiana Tata Marcopolo Motors, para a Tata Motors.

O valor da transação foi de US$ 13,5 mi.

O contrato inclui licenciamento para que a Tata Motors use a marca mediante royalties.

A capital mundial dos investimentos vai invadir sua a casa! Click no link e faça sua inscrição gratuita para o evento

“A companhia deverá licenciar a utilização de sua marca Marcopolo à TMML, que ,em contrapartida, deverá pagar à Marcopolo, por um período de 3 anos, royalties”, diz o comunicado da Marcopolo.

“Os  royalties incidem sobre a receita resultante das vendas que realizar dos modelos de veículos/ônibus atualmente fabricados pela Tata. As empresas envolvidas devem manter um canal aberto para colaboração em projetos futuros de tecnologia em carrocerias e para prestação de serviços de consultoria técnica”, complementa a nota.

Fleury (FLRY3): plataforma de testes de mapeamento genético

A  Fleury (FLRY3) anunciou o lançamento da plataforma Sommos DNA, que realiza testes de mapeamento genético e pode identificar mutações no DNA.

“O objetivo deste tipo de testes é identificar mutações no DNA e sua relação com as probabilidades do desenvolvimento de doenças a longo prazo ou que podem ser herdados por filhos, promovendo maior planejamento e autonomia para o gerenciamento da própria saúde do indivíduo”, explica comunicado da Fleury.

Esses testes têm como público-alvo “pessoas saudáveis, que apresentam ou não predisposição a doenças hereditárias, e oferecerá maior conhecimento sobre seus riscos, ajudando indivíduos a se conhecerem melhor e a adquirirem hábitos saudáveis.”

O primeiro teste da Sommos DNA terá como foco 30 genes relacionados à oncologia.

“Em breve, o portfólio trará ampliações, como aumento do escopo desse teste oncológico e novos tipos de testes genéticos relacionados a doenças cardíacas”, diz a Fleury.

“Além disso, todos os processos da Sommos DNA são feitos digitalmente, em uma plataforma de e-commerce, tendo como diferencial, além da excelência técnica, a consulta por telemedicina com especialistas em genética renomados, para explicar os resultados obtidos com a análise genética realizada”, acrescenta.

No futuro, afirma a Fleury, a Sommos DNA ampliará o cuidado com o paciente com acompanhamento de sua saúde por meio de um aplicativo.

“Com o mapa genético desenhado, a nova frente de negócios conseguirá alinhar informações de estilo de vida, análises clínicas e do material genético para uma melhor qualidade de vida dos indivíduos, de acordo com as tendências de saúde e com o respaldo científico”, detalha a empresa.

“Todas essas iniciativas estarão diretamente integradas a Saúde iD, empresa de tecnologia baseada na ciência de dados e inteligência artificial do Grupo Fleury”, complementa.

A realização do teste, e o preenchimento do questionário pelo paciente, “têm como opção a disponibilização dentro da plataforma Saúde iD para o atendimento via telemedicina, o que proporcionará ao cliente novas possibilidades de cuidados relacionados à saúde.”

  • Bolsa de Valores: quais as perspectivas para 2021?
  • Tesouro IPCA+ é o título público mais procurado: entenda por quê
  • CDB rende mais do que a poupança e pode ser alternativa para a reserva de emergência

Se você quer saber mais sobre o mercado de ações e como investir, preencha o formulário abaixo que um assessor da EQI Investimentos entrará em contato.