Márcio Appel: conheça o fundador da Adam Capital

Paulo Amaral
Jornalismo é meu sobrenome: 20 anos de estrada, com passagens por grandes veículos da mídia nacional: Portal R7, UOL Carros, HuffPost Brasil, Gazeta Esportiva.com, Agora São Paulo, PSN.com e Editora Escala, entre outros.
1

Assim como André Jakurski, Luiz Carlos Mendonça de Barros, Rogério Xavier e outros que já citamos por aqui, Márcio Appel também está na “constelação” dos grandes gestores do Brasil. E, igualmente, tem um currículo invejável.

Com mais de 20 anos de uma sólida carreira, ele é referência no país e o nome por trás da Adam Capital.

A empresa foi fundada por ele em dezembro de 2015, pouco depois de se desligar do cargo de diretor do Safra Asset Management. Falaremos sobre isso logo mais. Confira.

Não Perca! Começa hoje o evento que vai transformar sua visão sobre Fundos de Investimento Imobiliário

A carreira de Márcio Appel

Antes de chegar ao posto de fundador e CEO da Adam Capital, Márcio Appel acumulou experiências e recheou o currículo em instituições de renome.

O começo de tudo, no entanto, remete ao ano de 1995. Na ocasião, o carioca, formado em Engenharia Eletrônica pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), e com MBA cursado na Universidade de Michigan, nos Estados Unidos, desistiu do sonho de criança, que era trabalhar na Nasa.

Appel resolveu mudar o rumo dos sonhos e entrar para o mercado financeiro. O currículo construído desde então mostra que ele fez a escolha certa. Tesoureiro do Banco Bozano Simonsen, exerceu a função por cinco anos.

A partir de 2000, ano em que a instituição foi comprada pelos espanhóis do grupo Santander, Appel mudou de área. E passou a ser o responsável pela construção do setor de asset no país.

Em 2008, ele passou também a exercer a função de gestor de fundos do Banco Safra, no cargo de diretor do Safra Asset Management. Isto além de também fazer parte da diretoria da Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiros e de Capitais (ANBIMA), entre 2007 e 2012.

Foram sete anos de muito sucesso como gestor do Safra Galileo, um dos fundos multimercado mais rentáveis da história. Até Appel resolver dar um passo adiante…

Enfim, a Adam Capital

Depois de deixar a direção do Safra Asset Management, ao lado de André Salgado, que tinha passagens pela Araxá Investimentos, Safra e Santander, Appel resolveu fundar a Adam Capital.

O nome da corretora, que tinha mais cinco sócios no início, foi em homenagem ao avô, um dos seus incentivadores na infância.

O início da corretora de Márcio Appel foi fulminante, fora da curva. A ponto de tornar a Adam Capital a maior gestora independente de fundos multimercados do Brasil em 2016. Parte do sucesso é creditada à aposta certeira da corretora na queda do peso mexicano após a eleição de Donald Trump para a presidência dos Estados Unidos.

A Adam Capital adota como princípio para seus investimentos a análise fundamentalista. Ou seja, toda e qualquer empresa é microscopicamente observada, assim como o cenário macro global, antes de qualquer decisão ser tomada.

O foco dos investimentos da Adam Capital é em fundos de longo prazo. A ideia é equilibrar a carteira e, sempre que possível, fugir das volatilidades inerentes ao mercado. Especialmente quando se trata de aplicações de curto prazo.

Os fundos de Márcio Appel na Adam Capital

A Adam Capital tem aproximadamente R$ 17 bilhões investidos sob sua gestão. A empresa fundada por Appel e seus seis sócios tem quatro tipos de fundos de investimento para novos clientes. São eles:

  • Macro: portfólio de volatilidade média, que equilibra retornos de longo prazo com proteção às oscilações de curto prazo.
  • Advanced: totalmente focado em retornos de longo prazo, mas com maior volatilidade.
  • Previdência: ideal para quem quer unir as vantagens de produtos de previdência com retornos mais altos, comuns em fundos multimercado.
  • Macro Strategy: apesar de seguir a mesma filosofia dos outros três fundos, atua com maior agressividade nos mercados globais.