Magazine Luiza (MGLU3) adquire Juni; Tim (TIMS3) firma parceria com a Cogna (COGN3)

Fernando Augusto Lopes
Redator e editor
1

Crédito: Divulgação/ Magazine Luiza

O Magazine Luiza (MGLU3) concluiu nesta quarta-feira (7) a compra da Juni Marketing Digital, startup especializada na otimização da taxa de conversão de vendas para e-commerce. O valor da transação não foi informado.

Atingir um patrimônio de R$ 100 mil é para poucos, o que amplia o desafio de busca pelas melhores aplicações para multiplicá-lo

Segundo o Magazine Luiza, a Juni “possui metodologia proprietária desenvolvida por um time de especialistas em CRO (Conversion Rate Optimization), capaz de mapear e analisar diferentes comportamentos do cliente durante todas as etapas de uma compra online”.

Acesse esse material especial para avaliar resultados, performance e dividendos dos melhores FIIs no mercado.

“Com base na análise dos dados coletados”, segue a Magalu, “a Juni busca soluções inovadoras que ampliam a conversão de vendas e a rentabilização dos canais digitais”.

Assim, o SuperApp do Magalu contará com novas ferramentas baseadas em análise de dados para aprimorar cada vez mais a experiência do cliente, otimizando a conversão e promovendo o crescimento de vendas do e-commerce.

Você sabia que algumas das maiores oportunidades de ganhos da bolsa estão nas Small Caps? Quer saber mais sobre essas ações e como investir? 

A aquisição foi feita pela Luizalabs, uma empresa controlada pelo Magalu.

Quer começar o dia bem-informado com as notícias que vão impactar o seu bolso? Clique aqui e assine a newsletter EQI HOJE!

Tim (TIMS3) firma parceria com a Cogna (COGN3)

A Tim (TIMS3) e a Anhanguera Educacional, uma subsidiária da Cogna (COGN3), concluíram as negociações referentes a uma parceria estratégica com o objetivo de desenvolver ofertas combinadas com benefícios especiais, “visando o acesso à educação à distância através da plataforma Ampli1”.

As empresas destacam “o caráter inovador do acordo que celebraram, ao juntar uma plataforma digital de ensino desenvolvida em conceito mobile-first, com a maior infraestrutura 4G do Brasil”.

“Esta é uma poderosa combinação que vai ampliar e incentivar o acesso a cursos universitários e livres a todos os clientes da Tim”, reforça a companhia de telefonia, em comunicado ao mercado. “Essa abordagem oferece grande potencial de geração de valor para ambas as empresas por meio do crescimento da base de clientes e aumento de receitas”.

Segundo a Tim, o acordo não cria uma joint venture e, portanto, a empresa mantém a independência de suas operações.

Por meio de um mecanismo de remuneração baseado em objetivos e a depender da evolução dos resultados, a Tim se tornará sócia minoritária da Anhanguera Educacional em uma nova empresa a ser criada como consequência da separação de ativos da plataforma Ampli.

A constituição e operação da Ampli será submetida às autoridades competentes, em especial ao Ministério da Educação (MEC). “A participação da Tim na Ampli pode atingir até 30% do seu capital e a subscrição das ações deverá ser previamente aprovada pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE), informa o comunicado.

Dasa (DASA3) compra Clínica CT

A Diagnósticos da América (DASA3) anunciou hoje a conclusão da compra do Centro de Tomografia por Computador, conhecido como Clínica CT, por um valor não informado.

A DASA fechou a aquisição de 100% das cotas representativas do capital social da Clínica CT, localizada no Jardim Paulista, bairro nobre da capital paulista.

PetroRio (PRIO3) informa produção total de petróleo em junho

A PetroRio (PRIO3) informou hoje seus dados operacionais preliminares de junho de 2021. O destaque é que a produção total atingiu 32.110 barris de óleo equivalente por dia (boepd), ante 30.013 barris de maio, o que representa um aumento de 6,9%.

A produção ficou dividida entre os 8.843 boepd no Campo de Polvo; mais 14.941 boepd no Campo de Frade; 5.250 boepd em TBMT; e 2.191 no Campo de Manati – estes dois últimos contabilizados os 80% e 10%, respectivamente, fatia da PetroRio.

Em 5 de novembro de 2020, a empresa anunciou a alienação de sua participação de 10% em Manati e está aguardando o cumprimento das condições que levam à conclusão do negócio.

Cury (CURY3) firma parceria comercial com a HBR Realty (HBRE3)

A Cury (CURY3) assinou uma intenção de parceria comercial com a HBR Realty (HBRE3), “empregando as expertises de suas áreas de atuação para fortalecer o plano estratégico de expansão e rentabilidade das operações das duas companhias”.

“O acordo comercial”, de acordo com a Cury, “visa trazer maior atratividade para os empreendimentos residenciais da Cury, e oferece o direito de preferência para a HBR atuar na execução e co-desenvolvimento dos projetos futuros da Cury com foco em áreas classificadas como não residenciais e fachada ativas destinadas à utilização comercial”.

Além disso, a HBR, com a plataforma ComVem, oferece capacidade de desenvolvimento e administração de centros de conveniência e a Cury, “por sua vez, traz a experiencia de 58 anos no segmento da construção civil e desenvolvimento de empreendimentos imobiliários”.

A efetivação e os termos finais do acordo ainda estão sujeitos à negociação entre as partes e à obtenção das aprovações societárias.

Simpar (SIMH3) marca AGE para discutir desdobramento de ações

A Simpar (SIMH3) marcou para 10 de agosto de 2021 a Assembleia Geral Extraordinária (AGE) para analisar a proposta de desdobramento de suas ações na proporção de uma para quatro, sem alteração no valor do capital social.

Será necessário, portanto, o ajuste da proporção do capital autorizado, algo que a AGE também vai discutir.

Um dos principais exercícios para a compra de uma ação é saber se ela está cara ou barata. Para isso, preparamos um material especial para ajudá-lo nesta análise.