Magalu (MGLU3) conclui aquisição da SmartHint; EDP (ENBR3) tem alteração acionária

Felipe Alves
Jornalista com experiência em reportagem e edição em política, economia, geral e cultura, com passagens pelos principais veículos impressos e online de Santa Catarina: Diário Catarinense, jornal Notícias do Dia (Grupo ND) e Grupo RBS (NSC).
1

Crédito: Magazine Luiza/Divulgação

A Magazine Luiza (MGLU3) informou que concluiu a aquisição da SmartHint Tecnologia. Ela é um dos maiores sistemas de busca inteligente e de recomendação de compra para e-commerce do Brasil.

Fundada em 2017, a SmartHint desenvolve tecnologia que eleva a experiência de compra online e auxilia o cliente a encontrar facilmente o que precisa, aumentando de forma significativa a conversão de vendas no e-commerce.

Por meio de ferramentas no modelo SaaS (Software as a Service), a SmartHint atende hoje mais de 1.000 clientes. Suas ferramentas geraram R$ 620 milhões em vendas em 2020, de acordo com a Magazine Luiza.

Análises e Resumos do mercado financeiro com leituras de 5 minutos. Conheça a EQI HOJE

Dentre as principais ferramentas da SmartHint estão a busca inteligente, que apresenta produtos mesmo com erro de grafia na pesquisa desde que o som fonético seja o mesmo, e inclui também busca por voz (VoiceSearch) e busca por cor de produto através da leitura de imagens. As vitrines de recomendação, que sugerem produtos em vitrines autônomas e personalizadas de acordo com o perfil de cada usuário e ferramentas de retenção, que despertam o desejo de compra aumentando a taxa de conversão e reduzindo o abandono de carrinho.

Petrobras (PETR4) informa adiamento da produção de Mero 1

A Petrobras (PETR4) informou que a previsão de início de produção de Mero 1, através do FPSO Guanabara, foi postergada do 4º trimestre de 2021 para o 1º trimestre de 2022.

O FPSO será instalado no campo de Mero, pertencente ao Bloco de Libra, no pré-sal da Bacia de Santos. Ele tem capacidade de processamento de 180 mil barris de óleo por dia.

O FPSO está em conversão na China. Assim, em função do cenário de pandemia da Covid-19 houve atraso nas obras da unidade, com consequente ajuste no cronograma.

O campo de Mero é operado pela Petrobras (40%) em parceria com a Shell BrasilPetróleo Ltda.(20%), Total E&P do Brasil Ltda. (20%), CNODC Brasil Petróleo e Gás Ltda. (10%), CNOOC Petroleum Brasil Ltda. (10%) e Pré-Sal Petróleo S.A.(PPSA),que exerce papel de gestora desse contrato.

EDP (ENBR3): 3G Radar diminui posição

A EDP (ENBR3) comunicou que a 3G Radar Gestora de Recursos informou à companhia que diminuiu sua posição em ações ordinárias para 29.714.235 ações ordinárias de emissão da EDP Brasil.

Assim, o valor representa 4,90% do total de ações ordinárias da EDP.

Por fim, conforme consta da correspondência recebida, a 3G Radar Gestora de Recursos declara que não há qualquer acordo ou contrato regulando o exercício do direito de voto ou a compra e venda de valores mobiliários de emissão da companhia e a alteração momentânea de participação societária não objetivou, de qualquer forma, alterar a composição do controle ou a estrutura administrativa da companhia.