Macron e Trump acertam pausa na disputa por imposto digital

Rebeca Torres
null

Crédito: Wikimedia Commons

O presidente da França, Emmanuel Macron, e dos EUA, Donald Trump, decidiram dar uma pausa na disputa pelo imposto digital, dando a entender que os dois países não vão gerar tarifas punitivas esse ano. A informação é do jornal Valor Econômico.

O imposto digital é uma taxa cobrada em transações financeiras por meios digitais.

Após a conversa com Trump, Macron escreveu em seu Twitter: “Grande discussão com @realDonaldTrump sobre imposto digital. Queremos um bom acordo para evitar uma escalada de tarifas.”

BDRs. Alternativas para investir no exterior diretamente da bolsa brasileira

IR sobre serviços digitais

Em julho do ano passado, ficou decidido pelo governo da França a aplicação de um imposto de renda de 3% em cima de grandes empresas de serviços digitais que tenham receitas acima de 25 milhões de euros. A regra vale para companhias que operam no território francês, com faturamento acima de 750 milhões de euros no mundo todo.

Com base na decisão do governo francês, em seu discurso Trump vinha há tempos buscando taxar, nos EUA, produtos franceses como queijos e vinhos, em uma resposta às altas tarifas de impostos digitais. O governo americano considera que esse tributo prejudicava grandes empresas americanas de tecnologia, como Facebook, Google e Amazon.