Lucro das empresas listadas na B3 tem crescimento de 1.012% no 2TRI21

Felipe Alves
Jornalista com experiência em reportagem e edição em política, economia, geral e cultura, com passagens pelos principais veículos impressos e online de Santa Catarina: Diário Catarinense, jornal Notícias do Dia (Grupo ND) e Grupo RBS (NSC).
1

Foto: b3

Levantamento elaborado pela Economatica a partir dos balanços do segundo trimestre de 2021 (2TRI21) mostra que as empresas de capital aberto (sem considerar as do ramo financeiro) tiveram lucro 1.012% maior no comparativo com o mesmo período de 2020.

O resultado também não contabiliza a Petrobras (PETR3) e a Vale (VALE3) porque as empresas registraram resultados muito elevados, o que distorce o resultado.

Praticidade e precisão, saiba quais melhores investimentos e como melhorar rentabilidade de suas ações

O levantamento foi elaborado com os demonstrativos financeiros de 277 empresas não financeiras.

A receita líquida operacional das empresas no 2º trimestre de 2021 foi de R$ 613,8 bilhões. Ou seja, 47,3% superior ao do mesmo período de 2020 quando as mesmas empresas faturaram R$ 416,7 bilhões.

O custo de produtos vendidos (CPV) teve crescimento similar às vendas, com 45,3% entre 2021 e 2020.

O lucro EBIT, que é o lucro antes das despesas financeiras, registra elevação de 127,2% entre 2021 e 2020.

No 2º trimestre de 2020 a despesa financeira foi uma das responsáveis pelo fraco desempenho das empresas já que o dólar teve valorização de 5,33%.

“Devemos lembrar que no 1º trimestre de 2020 a moeda norte-americana valorizou 28,98%. No 2º trimestre de 2021 a moeda norte-americana teve recuo de -12,20%, o que acaba gerando um ganho financeiro devido aos passivos das empresas em moeda estrangeira”, diz a Economatica.

As despesas financeiras no 2º trimestre de 2020 foram de R$ – 45,8 bilhões contra R$ -29,1 bilhões em 2021. Da mesma maneira foi verificado crescimento das receitas financeiras de 107,8%. O resultado financeiro em 2020 foi negativo em R$ -28,9 bilhões e positivo em R$ 5,86 bilhões em 2021.

O lucro líquido das 277 empresas no 2º trimestre de 2021 é de R$ 74,2 bilhões, valor 1.012,5% superior ao do 2º trimestre de 2020, quando as mesmas empresas registraram lucro de R$ 6,67 bilhões.

A dívida bruta das empresas está praticamente estável com queda de -0,8% e a dívida líquida tem queda mais expressiva, de -6,9%.

O caixa no 2º trimestre de 2021 é 9,4% superior ao do mês de junho de 2020.

A rentabilidade sobre o patrimônio (ROE) a 12 meses fechados em junho de 2021 é de 18,69%, que é 17,65 pontos percentuais superior ao de 2020.

Money Week 5ª Edição

5 Dias de Evento | 70 Autoridades do Mercado Financeiro | 20 Horas de Conteúdo

Lucro das empresas 2TRI21

Setor elétrico tem maior lucro nominal

A Economatica listou o lucro acumulado de todos os setores listados na bolsa B3.

A primeira parte da tabela está composta somente por setores industrial ou de serviços. “Verificamos que o setor de energia elétrica com 33 empresas é o setor com maior lucro nominal no 2º trimestre de 2021 com R$ 11,51 bilhões, que é 6,9% superior ao do mesmo período de 2020”, diz a Economatica.

Quatro empresas do setor de papel e celulose têm o segundo melhor resultado com R$ 10,7 bilhões. O setor no 2º trimestre de 2020 registrou prejuízo de R$ 2,49 bilhões.

Todos os setores tiveram melhora nos seus resultados do 2º trimestre de 2021 com relação ao mesmo período de 2020. O setor de educação é o único a registrar prejuízos no 2º trimestre de 2021, embora o valor seja inferior ao do mesmo período de 2020.

Lucro empresas setor 2TRI21

Na segunda parte da tabela a Economatica acrescentou as empresas financeiras e verificou que o lucro de 21 bancos no ano de 2021 é de R$ 26,0 bilhões, o que representa crescimento de 89,3%. O setor de bancos é o setor mais lucrativo de todos os setores da bolsa B3.

O resultado de 306 empresas sem a Petrobras e Vale registra lucro de R$ 103,4 bilhões, que é 333,4% superior ao do ano de 2020.

A linha final da tabela apresenta o lucro de 308 empresas, considerando a Petrobras e Vale, e o lucro no 2º trimestre de 2021 é de R$ 186,3 bilhões, que é 604,9% superior ao mesmo período de 2020.