Lojas Renner (LREN3) recua 4,20%; empresa propõe proventos de 25% do lucro

Felipe Moreira
Especialista em Mercado de Capitais e Derivativos pela PUC - Minas, com mais de 8 anos de vivência no mercado financeiro e de capitais. Certificações: CPA-10, CPA-20 e AAI. Apaixonado por educação financeira e investimentos.
1

Crédito: Reprodução / Lojas Renner

O Conselho de administração da  Lojas Renner (LREN3) irá propor pagamento de 25% dos resultados de 2020 a título de dividendos e juros sobre o capital próprio (JCP). Por volta das 16h, a ação da companhia opera em queda de 4,20%, negociada a R$ 40,58.

A varejista sempre foi boa pagadora de dividendos e em 2019 reduziu o payout (porcentagem do lucro que será pago aos investidores) de 40% para 25%.

De acordo com a Lojas Renner (LREN3), a proposta será discutida por acionistas em assembleia geral ordinária (AGO) marcada para 15 de abril deste ano.

Guia definitivo sobre Renda Variável  e os Melhores Investimentos para 2021

O objetivo é dar continuidade a estratégia de crescimento, plano de investimentos da companhia e ainda a visibilidade do cenário atual.

Outras empresas do varejo de moda também recuam na sessão de hoje. As ações da Hering (HGTX3) operam em baixa de 1,30%, Marisa (AMAR3), -0,66%, Guararapes (GUAR3), -1,47% e o Grupo Soma (SOMA3), -3,81%.

A queda reflete a expectativa sobre a implementação da fase vermelha no estado de São Paulo, que deve ser anunciada hoje pelo governador João Doria.

A fase vermelha deve valer nos finais de semana e a partir das 20h em dias úteis. Durante sua vigência, permanecem fechados bares, restaurantes, comércio não essencial e shopping centers.

Por outro lado, as empresas do e-commerce foram afetadas positivamente. Os papéis da Magazine Luiza (MGLU3) sobem 2,55%, B2W (BTOW3), +0,39% e Via Varejo (VVAR3), +0,20.

Se você quer saber mais sobre investimentos, preencha o formulário abaixo que um assessor da EQI Investimentos entrará em contato.