Lojas Renner (LREN3) aprova oferta restrita; Via Varejo (VVAR3) emite debêntures

Felipe Moreira
Especialista em Mercado de Capitais e Derivativos pela PUC - Minas, com mais de 8 anos de vivência no mercado financeiro e de capitais. Certificações: CPA-10, CPA-20 e AAI. Apaixonado por educação financeira e investimentos.
1

Crédito: Reprodução / Lojas Renner

A Lojas Renner (LREN3) aprovou realização da oferta pública de distribuição primária de ações, com esforços restritos de colocação, conforme fato relevante publicado nesta segunda-feira (19).

A oferta consistirá na distribuição pública primária de, inicialmente, 102.000.000 novas Ações de emissão da Companhia. Além disso, a quantidade de ações inicialmente ofertada poderá, ser acrescida em até 35%, ou seja, em até 35.700.000 ações.

Atingir um patrimônio de R$ 100 mil é para poucos, saiba quais são as melhores atitudes e aplicações para multiplicá-lo

Com base na cotação de fechamento de sexta-feira (16),  de R$ 46,90, o montante total da oferta, seria de R$ 4,783 bilhões, sem considerar as ações adicionais.

Conforme a Lojas Renner, o acionista que não exercer sua prioridade de subscrição ou exercê-la subscrevendo quantidade de ações inferior à sua respectiva proporção na posição acionária será diluído após a conclusão da operação.

Conforme a Lojas Renner, os recursos captados serão destinados para: o desenvolvimento e fortalecimento do ecossistema de moda e lifestyle por meio de iniciativas orgânicas e/ou inorgânicas; a continuidade na digitalização dos processos e no desenvolvimento do seu canal omnichannel; construção de um novo centro de distribuição; expansão das lojas físicas (Omni Hubs); a expansão de serviços financeiros ofertados por meio da Realize Crédito Financiamento e Investimento; e flexibilidade para realizar investimentos (orgânicos e/ou inorgânicos); sendo que quaisquer recursos líquidos remanescentes serão utilizados para o fortalecimento da posição de caixa.

A operação será realizada sob a coordenação do Banco Itaú BBA, do BTG Pactual, do Banco J.P. Morgan, do Banco Morgan Stanley e do Banco Santander.

Lojas Renner paga dividendos

A Lojas Renner aprovou o pagamento de dividendos de R$ 271.516 mil.

Deste valor, será deduzido R$ 240.818 mil já deliberados como Juros Sobre Capital Próprio, de forma a atribuir aos acionistas por conta da deliberação desta reunião, dividendos no montante de R$ 30.889 mil, equivalentes a R$ 0,03894 por ação ordinária.

De acordo com a nota, farão jus aos dividendos aprovados, os acionistas que se encontrarem inscritos nos registros da companhia no final do dia 23 de abril de 2021.

Dessa forma, a partir de 26 de abril de 2021, as ações da Lojas Renner serão negociadas “Ex-Dividendos”.

Via Varejo (VVAR3) emissão de debêntures sustentáveis no valor de R$ 1 bilhão

A Via Varejo (VVAR3) aprovou ontem (18) emissão de debêntures simples, não conversíveis em ações, em até 2 (duas) séries, com esforços restritos de distribuição, no valor de R$ 1 bilhão.

Essa é a primeira emissão da companhia com condições atreladas ao cumprimento de metas de sustentabilidade (sustainability-linked bond -SLB).

As debêntures terão remuneração de 100% das taxas médias diárias do DI, com uma sobretaxa de 1,90% para as debêntures da primeira série e de 2,10% para as da segunda. Caso a empresa não cumpra metas de emprego e de energia renovável, a taxa de prêmio terá acréscimo de 10 pontos-base.

As debêntures da primeira série terão prazo de vigência de três anos a partir da emissão, enquanto as da segunda série terão prazo de cinco anos.

Conforme a Via Varejo, os recursos levantados serão destinados para o alongamento do perfil da dívida da empresa e para o reforço de caixa.

A meta da Via Varejo é aumentar o uso de energia renovável em suas operações — hoje em 30% — para 50% até 2022 e 90% até 2025. A meta inclui as lojas do Ponto Frio e Casas Bahia, bem como CDs e escritórios.

Planilha de Ativos

Um dos principais exercícios para a compra de uma ação é saber se ela está cara ou barata. Para isso, preparamos um material especial para ajudá-lo nesta análise.