Lojas Americanas (LAME4) capta R$ 7,87 bi em oferta subsequente de ações

Felipe Moreira
Felipe Moreira é Graduado em Administração de empresas e pós-graduado em Mercado de Capitais e Derivativos pela PUC - Minas, com mais de 6 anos de vivência no mercado financeiro e de capitais. Apaixonado por educação financeira e investimentos.
1

Crédito: Divulgação / Lojas Americanas

A Lojas Americanas (LAME4) levantou R$ 7,87 bilhões em sua oferta subsequente de ações, conforme fato relevante publicado nesta terça-feira (14).

O preço fixado por ação foi de R$ 34,50 para ações preferenciais e as ordinárias saíram a R$ 29,78.

Em decorrência do aumento de capital, o capital social da Lojas Americanas passou a ser de R$ 12,240 bilhões dividido 653.154.656 ações ordinárias e 1.213.406.137 ações preferenciais.

O direito de subscrição prioritária iniciou nesta segunda-feira (6) e encerrou na última sexta (10).

No dia 16 de julho as ações começam a ser negociadas em bolsa.

Oferta

A Lojas Americanas (LAME4) realizará oferta pública de distribuição primária de, inicialmente, 80 milhões de ações ordinárias e 100 milhões de ações preferenciais.

Serão emitidas 108 milhões de ações ordinárias e 135 milhões ações preferenciais.

A empresa pretendia captar entre R$ 5,215 bilhões e R$ 7 bilhões, considerando a colocação integral do lote adicional.

De acordo com a Lojas Americanas, os coordenadores serão o BTG Pactual, Itaú, Morgan Stanley, Bradesco, Santander, Safra, Goldman Sachs e Merril Lynch.

Os recursos captados serão destinados para investimentos na AME Digital Brasil , controlada da Lojas Americanas, bem como nas frentes de expansão, tecnologia, logística e distribuição, O2O e novos negócios da companhia.

Além disso, serão usados para capitalização da B2W (BTOW3) e otimização da estrutura de capital.