Weg (WEGE3) aprova desdobramento de ações; Log-in (LOGN3) conclui aquisição

Fernando Augusto Lopes
Redator e editor
1

Crédito: Divulgação / Log-In

O Conselho de Administração da Weg (WEGE3) aprovou proposta de desdobramento das ações de sua emissão, por meio do qual cada ação atual passará a ser representada por 2 ações, sem alteração do valor do capital social da empresa.

Agora a proposta precisa passar pelo crivo da Assembleia Geral Ordinária e Extraordinária, convocada para 27 de abril de 2021.

Após essa etapa, terão direito ao recebimento das ações advindas do desdobramento os acionistas detentores de ações no dia da realização da Assembleia. “As ações passam a ser negociadas ex-desdobramento no dia útil seguinte”, informou a Weg.

“Esta iniciativa objetiva ampliar o acesso de investidores às ações emitidas pela companhia, o que pode diversificar a base acionária e aumentar a liquidez das ações”, disse a empresa.

Weg (WEGE3):  lucro 48,3% maior no balanço do 4TRI

Weg (WEGE3) divulgou na quarta-feira (24) seu balanço do quarto trimestre de 2020. No período, o lucro líquido da empresa foi de R$ 742,229 milhões no quarto trimestre, em linha com o consenso.

O resultado representa uma alta de 48,3% na comparação com o quarto trimestre de 2019. Na comparação com o trimestre imediatamente anterior, a alta é de 15,2%.

A Receita Operacional Líquida (ROL) foi de R$ 4.889,9 milhões no quarto trimestre, 29,4% superior ao mesmo período do ano anterior, e 1,8% superior ao trimestre imediatamente anterior.

Veja mais sobre o balanço da Weg

Log-in (LOGN3) conclui aquisição

A Log-In (LOGN3) informou nesta terça-feira (23) que sua subsidiária integral, a Log-In GmbH, sediada na Áustria, concluiu a operação de compra de uma embarcação porta-contêiner.

“A embarcação foi adquirida da Klaveness Container AS e o valor da transação foi US$ 20,0 milhões”, disse a empresa. Ele possui 536 tomadas para transporte de contêineres refrigerados (Reefers), comprimento total de 208,90 metros e boca de 29,80 mestro.

O navio tem capacidade nominal de 2.550 TEUs (Twenty-foot Equivalent Unit) e receberá o nome de “Log-In Discovery”.

A construção foi erguida no estaleiro chinês Jiangsu Yangzijiang Shipbuilding.

“O navio foi selecionado por possuir características relevantes para a composição da frota da Log-In e suas operações”, seguiu a empresa, em seu comunicado ao mercado. “É um projeto moderno de construção, com equipamentos de última geração, consumo eficiente, gerando menor emissão de poluentes e maior economia de bunker (combustível do navio), além de já possuir instalado um sistema de tratamento de água de lastro (ballast water)”.

BR Distribuidora (BRDT3) compra óleo combustível com controle de metais

A BR Distribuidora (BRDT3) informou hoje que entre 12 e 18 de fevereiro de 2021, realizou compras spot de OC-CMB (óleo combustível com controle de metais e baixo teor de enxofre), para atendimento emergencial ao segmento termelétrico.

O valor total é de R$ 94,588 milhões, distribuído por cinco polos de fornecimento, em um total de quase 39 toneladas do produto.

“Os preços e condições negociados observaram a flutuação do mercado internacional, uma vez que as partes celebraram um distrato ao contrato de OC-CMB em 14 de outubro de 2020 e não houve tempo hábil para celebração de novo instrumento contratual antes do início do despacho emergencial das térmicas”, salientou a BR Distribuidora.

“Todas as transações correlatas foram aprovadas pelas alçadas competentes e observaram a Política de Transações com Partes Relacionadas da companhia. Não foram identificados conflitos de interesse”, encerrou.

Cemig (CMIG4) tem alteração acionária

A Cemig (CMIG4) foi informada pela Pzena Investment Management, consultora de investimentos com sede em Nova York, que seus clientes passaram a deter 51.267.974 de ações preferenciais da companhia, sendo 884.399 ADRs (American Depositary Receipts), representando 5,07% do total de ações CMIG4.

A Pzena Investment Management ressalta que “a ultrapassagem do patamar ora comunicada não objetiva alterar a composição do controle ou a estrutura administrativa da companhia”.