24 livros para inspirar investidores e empreendedores

Giovana Kindlein
Colaborador do Torcedores

Você sabe que a leitura é uma ferramenta importantíssima para quem quer se desenvolver profissionalmente ou simplesmente para quem busca conhecimento ou distração. Se você se interessa por finanças, vendas, marketing e empreendedorismo e está atrás de opções de livros nessas áreas já deve ter se perdido em meio a tantos títulos disponíveis por aí nas livrarias.

São muitos, mesmo, e é de se perder entre tantas alternativas. Para ajudar nessa busca, nada como a recomendação de quem já leu e entende do assunto. Pensando nisso, fizemos uma lista com os livros recomendados pelos especialistas daEQI Investimentos. Obras que eles leram, gostaram e indicam.

Entre elas, há biografias de grandes líderes, livros que falam de tendências, estratégias de investimento, gestão e marketing. Confira os livros recomendados:

BDRs| Confira os papéis disponíveis para Investimentos

O coach de um trilhão de dólares: O manual de liderança do Vale do Silício

Um dos homens mais influentes da cena tech nos últimos vinte anos, Eric Schmidt, ex-CEO da Alphabet, dona do Google, narra com Jonathan Rosenberg e Alan Eagle o que aprenderam com o maior coach do mundo, Bill Campbell, empresário falecido em 2016.

Ele ajudou Eric Schmidt, Larry Page e Sergey Brin a edificarem o Google. Bill também esteve ao lado de Steve Jobs quando a Apple estava à beira da falência.

Criatividade S.A.: Superando as forças invisíveis que ficam no caminho da verdadeira inspiração

Avaliação de risco, gestão e cultura organizacional são a temática que Ed Catmull, ex-presidente da Pixar e da Walt Disney Animation, e a jornalista Amy Wallace abordam no livro Criatividade S.A.: Superando as forças invisíveis que ficam no caminho da verdadeira inspiração.

Confira os melhores momentos da Money Week

Incomum no meio empresarial, a cultura baseada na criatividade fez muito sucesso no estúdio de animação Pixar.

Cientista de computação gráfica, Ed Catmull, conta em seu livro como conseguiu implantar a inovação tornando a Pixar uma das empresas mais lucrativas do setor.

Do Zero a Um

Apostar em novos modelos de negócios envolvem grandes riscos, mas se a inovação se torna uma necessidade, ela será muito lucrativa. O conceito é de Peter Thiel, cofundador do PayPal. Ele também foi um dos primeiros e mais importantes investidores do Facebook.

De Zero a Um é baseado em um curso prático sobre empreendedorismo ministrado por Peter Thiel em Stanford em 2012. O bilionário acredita que para ser bem-sucedido, é preciso ser inovador o bastante para criar um monopólio.

Rápido e Devagar

O ser humano não reage da mesma forma em situações de ganho e perda. Vencedor do Prêmio Nobel de Economia de 2002, o psicólogo Daniel Kahneman aborda em seu livro Rápido e Devagar os dois modos de pensar humano.

O primeiro modelo é intuitivo, rápido, muitas vezes emocional e não precisa de esforço. Já a segunda maneira é analítica, lenta e racional e requer esforço mental.

No primeiro modo de pensar, existe aversão à perda. Já na segunda maneira, não. Por este princípio, Kahneman explica o comportamento do investidor diante de situações distintas.

Hábitos Atômicos

Com histórias de medalhistas de ouro em Olimpíadas, artistas premiados e líderes de negócios, o livro Hábitos Atômicos, de James Clear, já está na 15ª edição.

Sucesso na categoria de autoajuda, o autor defende a estratégia de como criar bons hábitos no dia a dia, não importa quais sejam seus objetivos. A formação de hábitos está fundamentada em quatro leis: a evidência, a atração, a facilidade e a gratificação.

Steve Jobs

A biografia autorizada de Steve Jobs, de Walter Isaacson, é ainda hoje um dos livros recomendados pelo magnata Bill Gattes. Jobs foi co-fundador, presidente e diretor da Apple Inc. Ele morreu em 2011, de câncer.

Gattes, atual presidente não-executivo da Microsoft, disse que gostou de ler este livro para conhecer mais sobre a vida do colega que ele admirava. Apesar da personalidade forte e, muitas vezes polêmica, Jobs teve uma grande paixão pela tecnologia. Foi ele quem reuniu vários componentes eletrônicos e criou o iPhone.

Desafio dos Deuses

Intitulado como Desafio dos Deuses, o livro do economista e escritor Peter L. Bernstein discorre sobre a história do risco. O autor desconstrói a ideia de que “vender ações na alta e comprar na baixa” é uma boa solução para os investidores.

A capacidade de administrar o risco, a vontade de correr riscos e de fazer opções ousadas, segundo o autor, são elementos-chave para impulsionar o sistema econômico.

A capacidade de administrar o risco, a vontade de correr riscos e de fazer opções ousadas, segundo o autor, são elementos-chave para impulsionar o sistema econômico.

Pioneering Portfolio Management (desbravando a gestão de portfólios)

Com uma abordagem de investimentos no longo prazo, o fundo de investimentos da Universidade de Yale, comandado por David Swensen, se destaca entre os fundos de outras universidades. Em 20 anos, o fundo de Yale cresceu de US$ 6,6 bilhões para US$ 29,4 bilhões.

Em Pioneering Portfolio Management, ele descreve o processo de investimento que sustenta a dotação de Yale. Swensen também é autor do best-seller de finanças pessoais Unconventional Success.

O poder da Ação

O sucesso não é por acaso. Com 3 milhões de livros vendidos, Paulo Vieira foi o escritor mais lido em 2019 no país. Além de O Poder da Ação, ele é autor de mais 8 livros.

A inteligência emocional, o autoconhecimento, a automotivação, reconhecimento das emoções em outras pessoas e os relacionamentos interpessoais são temas abordados em O Poder da Ação.

Paulo Vieira, Master coach e PhD, idealizou o coaching integral sistêmico (CIS), que faturou em 2018 R$ 200 milhões. Com o sistema, fundou a Febracis, rede internacional de coaching com unidades no Brasil, Estados Unidos, Angola e Portugal.

Pai Rico Pai Pobre

A regra número um e única regra para ser rico, na avaliação de Robert Kiyosaki, autor do best seller sobre educação financeira, é conhecer a diferença entre um ativo e um passivo, além de comprar ativos. O livro Pai Rico, Pai Pobre foi escrito por Robert Kiyosaki e Sharon L. Lechter.

O modo como eles expõem as situações nos fazem refletir sobre nossos próprios hábitos e independência financeira. O ponto de partida da obra são os conselhos que o próprio autor recebeu de seu “pai rico” e de seu “pai pobre”.

O milagre da manhã

No livro O Milagre da Manhã, o empresário Hal Elrod defende que, criando novos hábitos matinais é possível dar uma guinada na própria vida e atingir objetivos que pareciam inalcansáveis. Ele acredita que despertar mais cedo faz diferença para quem deseja ser bem-sucedido na vida.

A mudança de hábitos, segundo Hal Elrod, promove melhoria da disciplina, da clareza e da concentração, além do desenvolvimento pessoal.

Rafa: My Story

Vencedor 13 vezes de Roland Garros aos 34 anos, o tenista Rafael Nadal revela momentos marcantes da sua carreira nesta biografia escrita com John Carlin. O rei do saibro desbancou Roger Federer até então absoluto no circuito mundial.

Embora tenha conquistado sua primeira vitória no torneio de Wimbledon em 2008, o livro conta muitas histórias da época de 2010. Naquele ano, o tenista espanhol, de Maiorca, venceu Roland Garros, Wimbledon e US Open, uma das melhores temporadas da carreira do espanhol.

O investidor inteligente

Warren Buffett, um dos maiores investidores do mundo, dedica parte do seu dia para ler e sempre apresenta uma lista de bons livros quando analisa ou comenta algum fato.

Entre as suas leituras está o livro O Investidor Inteligente, de Benjamin Graham. Segundo Buffett este é de longe o melhor livro sobre investimentos.

Na obra, o autor explica como transformou a forma de avaliar o mercado. Em O Investidor Inteligente, Graham examina tendências de valorização de um papel no futuro e apresenta as estratégias para investir no mercado financeiro.

A lógica do cisne negro

A lógica do Cisne Negro é um dos livros favoritos do homem mais rico do mundo, Jeff Bezos, fundador e CEO da Amazon. Seu estilo de liderança e gestão tem tudo a ver com a paixão que sente pela leitura.

Escrito por Nassim Tabel, pesquisador libanês radicado nos Estados Unidos, o livro foi publicado em 2007.

Tabel aborda a forma como as pessoas devem encarar eventos inesperados e que são imprevisíveis. O objetivo é que as pessoas tenham consciência disso e que aceitem que esses eventos acontecerão, uma hora ou outra.

A startup enxuta

Seguidor de Steve Blank, o precursor do termo lean startup, Eric Ries escreveu o livro A Startup Enxuta em 2012. O escritor reforça o uso da aprendizagem validada e a adoção de métricas no modelo de negócio.

Com mais de um milhão de livros vendidos, Ries fala como um gestor  pode usar a inovação para criar um negócio bem-sucedido. Ele apresenta os conceitos de MVP (Produto Minimamente Viável), Fail Fast e Valuated Learning, entre outros.

A arte de fazer acontecer

A mente deve estar livre para criar, relata o especialista em produtividade David Allen.  As estratégias para que isso aconteça integram o método Getting Things Done (GTD), um sistema de gestão para definição e organização das prioridades.

Então, será possível, de acordo com o autor, manter o foco na execução. É formado basicamente por 5 etapas: coletar, processar, organizar, revisar e executar.

A cauda longa

O ex-editor-chefe da revista americana Wired, Chris Anderson é conhecido por seu livro A Cauda Longa –  A nova dinâmica de marketing e vendas: como lucrar com a fragmentação dos mercados, de 2006.

No livro, o escritor aborda a tendência econômica do mercado, consolidade no século 21, de olhar com atenção para públicos segmentados e pequenos nichos.

The Winner’s Curse: Paradoxes and Anomalies of Economic Life (English Edition)

Vencedor do Prêmio Nobel de Economia de 2017 e proponente da Teoria Nudge, Richard Thaler, estudou a relação entre as análises econômicas e psicológicas da tomada de decisão individual.

Thaler desenvolveu a teoria da contabilidade mental. Segundo ele, as pessoas simplificam a tomada de decisão nas transações financeiras atribuindo contas separadas em suas mentes, não avaliando o efeito geral como um todo.

Too big to fail

O livro Grande demais para falir conta a história dos eventos que levaram à crise financeira dos Estados Unidos em 2008.  Too Big Fail recria todo o drama e a turbulência do sistema financeiro naquele período.

O autor, Andrew Ross Sorkin, jornalista do New York Times, relata desde as conversas dos poderosos nas finanças dentro do escritório do Lehman Brothers até as reuniões secretas na Coreia do Sul e Rússia.

A Fórmula Mágica de Joel Greenblatt para Bater o Mercado de Ações

Investidor no mercado de ações e escritor, o americano Joel Greenblatt faz seus investimentos no mercado finnceiro pensando no longo prazo.

A temática do livro A Fórmula Mágica gira em torno da identificação de critérios e parâmetros para selecionar empresas lucrativas. Greenblatt usa a matemática básica para ensinar como reconhecer bons negócios a preços interessantes.

Os axiomas de Zurique

Em busca do sucesso no mercado de ações, o investidor Max Gunther, jornalista especializado em economia e finanças, listou os 12 principais axiomas e outros 16 secundários para lucrar com risco mínimo.

As regras foram usadas por um grupo de banqueiros suíços após a Segunda Guerra Mundial. O livro é considerado um clássico sobre investimentos.

Gunther também escreveu outros quatro livros: Como ter sorte, Milionários Instantâneos, O Fator Sorte e Os muito, muito ricos e como eles conseguiram chegar lá.

Princípios

Após 30 anos de existência, a Bridgewater Associates, fundo criado pelo investidor bilionário Ray Dalio, conquistou o posto de maior fundo hedge do mundo. Sua fortuna é estimada em cerca de US$ 18 bilhões.

Dalio escreveu Princípios, livro que se tornou best seller apresentando modos de lidar com eventos que ocorrem repetidas vezes. Segundo ele, um dos maiores obstáculos para alcançar o êxito é o ego.

O jogo da mentira

O universo do mercado financeiro com sua cultura de risco, fortuna e cobiça em Wall Street é a temática que permeia toda a história no livro O jogo da mentira, de Michael Lewis, de 1989.

A referência de Lewis, economista e jornalista, partiu da própria vivência como trader de títulos no banco de investimentos Salomon Brothers, nos anos 1980.

Além de O Jogo da Mentira, escreveu outros 12 livros. Entre eles, Alterando o Destino e Nova Novidade – Uma História do Vale do Silício.

Adams óbvio

Escrito há mais de 100 anos, em 1916, por Robert Updegraff, o livro Adams Óbvio é um clássico.

Sua história atemporal fala da importância de ouvir seus colaboradores na administração e gestão dos negócios. O autor dá boas dicas para detectar o óbvio e simplificar o processo de comunicação.