Light (LIGT3) emite debêntures; Caixa Seguridade retoma análise de IPO

Felipe Moreira
Especialista em Mercado de Capitais e Derivativos pela PUC - Minas, com mais de 8 anos de vivência no mercado financeiro e de capitais. Certificações: CPA-10, CPA-20 e AAI. Apaixonado por educação financeira e investimentos.
1

Crédito: Reprodução / Light

A Light (LIGT3) aprovou, nesta quarta-feira (27), a 21ª emissão de debêntures simples em série única, no valor total de R$ 360 milhões.

A data de emissão das debêntures será 15 de janeiro de 2021. Serão emitidos 360.000 títulos, com valor nominal unitário de R$ 1.000,00 na data de emissão.

O prazo de vencimento das debêntures será de 4 anos contados da data de emissão.

Conheça planilha que irá ajudar nas escolhas, gestão e diversificação de suas ações

Os recursos captados pela Light serão integralmente utilizados na realização da aquisição facultativa de debêntures da 2ª série da 9ª emissão da emissora, bem como nos encargos relacionados à referida aquisição.

Caixa Seguridade retoma discussões sobre IPO

A Caixa Seguridade retomou as discussões e análises referentes ao pedido de registro de oferta pública de ações (IPO).  A oferta contaria apenas com tranche secundária.

Elfa Medicamentos confirma que ainda avalia IPO

A Elfa Medicamentos confirmou hoje (27) que avalia a realização de oferta pública de ações (IPO, na sigla em inglês) à luz dos seus planos de desenvolvimento de negócios e das condições de mercado.

Conforme a empresa, a efetiva realização da oferta de ações da companhia está sujeita, entre outros fatores, às condições dos mercados de capitais nacional e internacional e à obtenção das aprovações societárias competentes.

Neoenergia (NEOE3): ANEEL aprova transferência de controle da CEB-D para subsidiária

A Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) aprovou, nesta quarta-feira (27), a transferência de controle societário direto da CEB Distribuição (CEB-D) para Bahia Geração de Energia, uma subsidiária da Neoenergia (NEOE3).

A decisão foi em função da liquidação do leilão de privatização da CEB-D.

A CEB-D é a distribuidora de energia elétrica no Distrito Federal, e fornece energia elétrica para 3 milhões de pessoas.

Em 2019, a CEB-D possuía 1,1 milhão de consumidores e forneceu um total de 6.577 GWh. A aquisição da CEB-D é mais um passo alinhado com a estratégia do plano de expansão da Neoenergia.

Se você quer saber mais sobre investimentos, preencha o formulário abaixo que um assessor da EQI Investimentos entrará em contato.