LCI E LCA - Títulos de Renda Fixa

O que fazer com as suas LCIs?

O que fazer com as suas LCIs?
4.3 de 21 voto[s]
[kkstarratings]

“Entenda por que os investimentos em LCIs estão com os dias contados!”

Por Que os Investimentos em LCIs Cresceram Tanto?

Nos últimos dois anos, as LCIs foram definitivamente a melhor opção para o investidor que estava saindo da poupança.

Entre as razões que tornam as LCIs tão atrativas, em um primeiro momento, podemos destacar: Isenção de IR, rentabilidades que beiravam o dobro da poupança e proteção do Fundo Garantidor de Crédito – FGC

Essa força gerou constante procura por LCIs entre Março e Maio dos anos seguintes, e 2017 não foi diferente.

Procura por LCI no google
Procura por LCI no google

Onde Foram Parar as LCIs?

Se você é um investidor atento ao mercado, deve ter percebido que a oferta de LCIs (ao menos as boas LCIs) praticamente desapareceu das plataformas dos bancos.

Um fenômeno digno de um quadro “Que fim Deu?” em programas de auditório!
que-fim-deu-artigo

Ao menos em relação às LCIs, o “mistério” é bastante simples de explicar…

Qual o motivo para esta queda nas taxas das LCIs?

O motivo é simples e inerente a própria estrutura do mercado, você deve saber que as LCIs nada mais são do que um investimento lastreado em uma dívida imobiliária.

Ou seja, quando você investe em LCI, está endereçando este dinheiro para alguém que está financiando um imóvel.

LCIS-queda de mercado imobiliário

E o mercado imobiliário está cada vez mais desaquecido.

Acredita-se que voltaremos a ter um volume maior de negócios imobiliários e consequentemente oferta de lastro para LCIs somente no final de 2018 ou início de 2019!

Em resumo: Se as pessoas não financiam imóveis, não há razão para que os bancos coloquem LCIs à venda no mercado.

Mas existem alternativas, e alternativas até mais atraentes do que as LCIs. Ao longo do artigo, falaremos mais a respeito delas.

Quanto rendiam e quanto rendem as LCIs hoje:

Quem comprava LCIs ou LCAs até a metade de 2016, conseguia encontrar emissores pagando até 97% do CDI em bancos de menor porte, e entre 89% e 92% do cdi (dependendo do do valor a ser aplicado) em bancos de grande porte.

Porém o investidor que hoje tenta renovar as suas LCIs, tem encontrado principalmente nos grandes bancos, ofertas que ficam entre 80 e 83% do Cdi! Se você não sabe o que é o CDI, clique e aprenda.

E mesmo que você tente fazer isso em corretoras, procurando por bancos de menor porte, você só vai encontrar LCIs rendendo entre 89% e 92% do cdi!

Oferta de LCIs
Oferta de LCIs

A intenção deste artigo é lhe mostrar opções para a renovação de suas LCIs. Vou apresentar opções com o mesmo nível de segurança e também opções mais sofisticadas para você manter a rentabilidade que vinha obtendo nos últimos anos.


Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil


Qual o seu perfil de investidor?

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

Agora que já lhe dei as “más notícias” vamos às boas: Primeiramente, se você investiu em LCI, com taxas próximas a 100% do CDI, parabéns! Você fez um ótimo investimento e surfou a onda no momento certo!

A outra boa notícia é que existem outros investimentos, tão seguros quanto as LCIs com rendimentos muito superiores!

Alternativas para a renovação de sua LCI

Acredito fortemente que a melhor saída, é que você tenha uma diversificação entre todos os produtos que eu vou citar abaixo.

Uma carteira formada por exemplo por:

LCIS-Prefixado e pós fixado

PREFIXADOS e IPCA+

– 20% em CRIs, CRAs e Debêntures.
– 30% em Tesouro Direto, alocado em NTNBs longas (2035 ou 2045)

PÓS-FIXADOS

– 20% em Crédito.
– 30% em CDBs

Detalhando cada um destes Investimentos

Vou falar um pouco de cada um destes investimentos, bem como fornecer links para você estudar um pouco mais cada um deles.

1 – CDB:

Os CDBs apesar de pagarem imposto de renda, podem ser encontrados pagando até 118% do cdi, o que depois do desconto do IR, renderia entre 96% e 99%, dependendo do prazo do investimento, já que para prazos mais curtos, os CDBs tem IR entre 22,5% e 17,5% do lucro.

LCIS-CDB


Costumo indicar esta opção para investidores mais conservadores e com prazo longo de aplicação – 2 anos ou mais.

Leia o artigo sobre CDB:

2 – Fundos de Crédito:

Os fundos de crédito compram carteiras compostas principalmente de Debêntures, CRIs, CRAs e outros tipos de créditos/dívidas de grandes corporações ( também conhecidos como créditos corporativos).

Basicamente são empréstimos para grandes empresas não financeiras, que muitas vezes são ainda maiores que os próprios bancos brasileiros, como por exemplo a Vale do Rio Doce ou a Shell.
Lcis -Fundos de Crédito

A vantagem de comprar um fundo de crédito, é que você consegue diversificar o seu patrimônio, isso porque estes fundos investem muitas vezes em mais do que 50 títulos.

Isto seria inviável para um investidor de pequeno porte. E aqui podemos encontrar facilmente, fundos com liquidez em 90 dias rendendo 130% do cdi.

Leia o artigo completo sobre Fundos de Crédito:

3 – Tesouro Direto:

Quando se tratam dos pós-fixados como o Tesouro Selic, os títulos do tesouro não são uma grande opção já que teremos uma rentabilidade próxima de 100% da SELIC ou CDI depois das taxas.

Mas se você aceitar um pouco de flutuação e puder investir por mais de 1 ou dois anos pode ser muito interessante comprar as NTN-B ou as LTN.

E aqui escolha as mais longas como a LTN 2023 ou as NTN-B Principal 2035, 2045 ou a NTN-B com cupom para 2050 e 2055.
LCIs-Tesouro Direto


Caso tenhamos uma queda nas taxas de juros para 8,5% como prometido, estes ativos podem render até 40% no período que levar a queda.

Leia o artigo completo sobre o Tesouro Direto:

4 – Debêntures:

As debêntures são nada mais do que um empréstimo que você faz para uma grande empresa não financeira. Traçando um paralelo, elas são iguais a um CDB.

A diferença é que no CDB você empresta dinheiro para um banco ( empresa financeira) e ele lhe paga um juros, no caso das Debêntures essa empresa não é um banco. Um bom exemplo de Debêntures lançadas nos últimos tempos foi a Debênture da Vale.

LCIs-Debêntures

Muitos investidores tem um pouco de receio quanto a investir em debêntures devido a ausência da garantia do FGC – e eles estão certos.

Porém, em alguns casos como a Debênture da Vale, estamos falando de empresas que são ainda maiores que os grandes Bancos Brasileiros ( a vale é 3x maior que o Bradesco ), de forma que o risco é muito baixo, assim como o do Banco.

O que se deve observar e pesquisar é a qualidade do devedor, um trabalho que podemos fazer para você.

Hoje você pode encontrar boas debêntures pagando IPCA + 6% isentas de Imposto de Renda. Ou ainda pagando 98% do CDI também isentas de IR.

Aprenda sobre Debêntures.

5 – CRI e CRA

CRI (Certificados de Recebíveis Imobiliários) e CRA (Certificado de Recebíveis Agrícolas) são títulos de renda fixa que são emitidos por companhias securitizadoras, a fim de financiar, os mercados Imobiliário e Agrícola. Podem ser pré ou pós-fixados.

Ao investir em um CRI ou CRA, você não tem um banco como intermediário.
É justamente por isso que estes investimentos oferecem melhores taxas de rentabilidade.
lcis- CRI e CRA


Cabe ressaltar também que muitos dos emissores destes certificados são consideravelmente maiores que os grandes bancos e maiores até mesmo que o FGC.

Geralmente indicamos CRI e CRA para investidores que tenham uma carteira com um aporte maior e que já esgotaram o FGC em bancos que tenham boas taxas ainda disponíveis, ou também para quem procura diversificação em sua carteira.

Os investimentos em CRI e CRA tendem a ter uma rentabilidade mais alta que os investimentos de renda fixa tradicionais (LCI, LCA, CDB, LC, etc.) justamente por não terem um banco como intermediador.

Clique aqui para saber mais sobre CRI e CRA.

Entenda Quem Somos e Como Podemos Ajudar

Somos um Blog de Educação Financeira e nosso objetivo é difundir o máximo conhecimento possível, para que você encontre o Melhor Investimento para o seu Estlio de Investidor.

Quem Somos - EuQueroInvestir

Nossos autores em sua maioria, são Educadores de destaque no mercado financeiro, conciliando assim, conteúdo com experiência prática de negócios.

Se você possui alguma dúvida mais específica, pode contatá-los através do formulário abaixo!

Juliano Custodio

Juliano Custodio é empreendedor digital, apaixonado por tecnologia, investimentos e tudo o que esta mistura pode criar.
É também CEO do EuQueroInvestir.com e do EuQueroInvestir A.A.I assessores de investimentos.
Me envie um e-mail: juliano.custodio@euqueroinvestir.com
Ou então uma mensagem por WhatsApp: (47) 9.8859.2799.

Artigos Relacionados

Close