LCI: A Segurança da Poupança, com ainda mais rentabilidade!

Uma LCI é um tipo de investimento onde o Banco que o capta (Banco que recebe o dinheiro do investidor) é obrigado a destinar o investimento para o Crédito Imobiliário.

Juliano Custodio
Juliano Custodio é empreendedor digital, apaixonado por tecnologia, investimentos e tudo o que esta mistura pode criar. É também CEO do EuQueroInvestir.com e do EuQueroInvestir A.A.I assessores de investimentos. Me envie um e-mail: juliano.custodio@euqueroinvestir.com Ou então uma mensagem por WhatsApp: (47) 9.8859.2799.

Ou seja, quando você investe em uma LCI o Banco deve usar o seu dinheiro para financiar compradores de imóveis.

Da mesma forma acontece com uma LCA só que nesta, o Banco deve emprestar o seu dinheiro para o Crédito Agrícola.

A grande vantagem destes tipos de investimentos é que o Governo concede a eles isenção de Imposto de Renda.
O que os torna extremamente competitivos em relação a outros investimentos como CDBs, Tesouro SELIC ou Fundos DI.

As LCIs e LCAs servem para seu perfil de investidor?

Antes de começarmos, vale lembrar que cada investidor tem um perfil diferente, e para cada perfil e necessidade de investidor há uma forma mais indicada, ou seja, um “melhor investimento”.

Segurança das LCIs e LCAs

A segurança, como de outros ativos de Renda Fixa, é dada pelo FGC (Fundo Garantidor de Crédito). O mesmo fundo que garante a poupança, por exemplo.

O FGC garante a maior parte dos investimentos de Renda Fixa em até R$ 250.000,00 por instituição Financeira e é por isso que podemos procurar bancos de menor porte e que pagam melhores taxas. Saiba mais neste artigo sobre o FGC.

Na sequência do texto você vai aprender mais profundamente sobre as LCIs!

Prefere ver um vídeo antes de ler o texto?

Caso você aprenda mais fácil através de videos, você também pode assistir a nossa vídeo aula!

Aproveite e siga o nosso canal no Youtube!

https://youtu.br/TgnjR5cnOlk

O que são LCIs e LCAs?

LCI's LCA's
Uma LCI é um título de crédito emitido como instrumento de captação dos bancos, com o objetivo de financiar o sistema imobiliário, ou seja, os recursos captados pelos bancos através de LCI’s, servem exclusivamente para financiar os compradores de imóveis.

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

Esses títulos tem lastro imobiliário, ou seja, tem uma garantia imobiliária real, feita através de uma hipoteca ou alienação fiduciária de imóvel (colocação de imóvel em garantia pela dívida), no ato do financiamento.

Resumindo, quando você investe em LCI está emprestando dinheiro para que os bancos concedam crédito imobiliário e financiem compradores de imóveis.

Qual a segurança de uma LCI?

LCI LCA qual a segurança?

Quem garante os investimentos em LCI é o FGC – Fundo Garantidor de Crédito – em até R$ 250.000,00 por instituição financeira – A mesma garantia da Poupança!

Como Funciona essa garantia?

Todos os investidores que invistam até R$ 250.000,00 em qualquer banco, estão garantidos contra qualquer problema nestes bancos!

Não importa o tamanho do Banco! Em caso de problemas em prazos de cerca de 2 meses você tem o seu dinheiro corrigido, ou seja, incluindo os juros ganhos no período.

FGC-Fundo-Garantidor-Credito

Regras do FGC no BCB: Banco Central

Site do FGC: FGC

Notícia na Infomoney: Infomoney

Resumindo: Se você investir menos de R$ 250.000,00 e em qualquer banco que seja protegido pelo FGC você está 100% garantido. Portanto procuraremos os banco que pagam melhor para investir na LCIs, normalmente são os bancos de menor porte que pagam as melhores taxas.

Resumindo: Se você investir menos de R$ 250.000,00 e em qualquer banco que seja protegido pelo FGC você está 100% garantido. Portanto procuraremos os banco que pagam melhor para investir na LCIs, normalmente são os bancos de menor porte que pagam as melhores taxas.

Rentabilidade de LCI e LCA

Existem basicamente 3 tipos de LCIs:

Com rentabilidade em percentual do CDI (pós-fixados), por exemplo pagando 97% do CDI. Hoje o CDI é de %, ou seja, ganharemos 0,97 x % = %. Indicados para tempos de alta na taxa SELIC.

Com rentabilidade fixa (prefixados), por exemplo pagando %, aqui a rentabilidade não muda, não importa o que ocorra.
Indicados para quando achamos que a taxa SELIC não vai mais subir.

Com rentabilidade atrelada à inflação (IPCA), por exemplo pagando IPCA + 6%. De forma que se a inflação no ano ficar em 9% você vai ganhar 9% + 6% = 15%. Indicados como forma de proteger seu capital em momentos de alta inflação ou inflação crescente.

As LCIs podem ser Prefixadas, ou seja, tem sua rentabilidade fixa e combinada no momento da aplicação, ex: 12% a.a.

Mas na maioria das vezes ela é expressa em um percentual do CDI. O CDI é a taxa básica da economia para as relações entre Pessoas Físicas e Jurídicas. Se você quiser entender mais sobre o CDI, veja este artigo: Link CDI.

Hoje o CDI é de: % a.a.

Você também pode consultar o CDI no site da CETIP: http://www.cetip.com.br/

A rentabilidade que será recebida, é expressa em um “percentual do CDI”.

Por Exemplo:

Se um investimento paga 95% do CDI ele paga 0,95 X = % ao ano.

Essa rentabilidade é líquida, já que as LCI são isentas de imposto de renda sobre seus rendimentos! Ou seja a rentabilidade final é exatamente esta!

Ressalto que: não é o CDI que muda, é o percentual do CDI, que no caso do exemplo foi de 95%, que varia de Banco para Banco, mas normalmente segue o seguinte padrão:

      • Quanto maior o prazo do investimento: Maior a Taxa
      • Quanto maior o alor do invertimento: Maior a Taxa
      • Quanto maior o Banco: Menor a Taxa

Vamos entender as variáveis que determinam a rentabilidade das LCI.

vamos entender

1 – O CDI

Para traduzir em um conceito simples, o CDI é o custo do dinheiro na economia. Essa taxa é utilizada como base para todas as relações de empréstimos entre os agentes financeiros e consequentemente como base na relação dos investidores com esses agentes.

Essa taxa fica sempre em patamares próximos a taxa SELIC, que é a taxa que o Governo utiliza para regular as suas relações de empréstimos e redescontos.
Ao investir em LCI, você receberá uma rentabilidade que é expressa em um percentual do CDI, como por exemplo 99%.

Se o CDI na época em que você vai investir estiver em 10% ao ano, você vai receber uma rentabilidade de 99% dos 10%, ou seja, 9,9% ao ano por ter investido nas LCI. Entenda mais sobre a SELIC aqui e sobre o CDI aqui.

2 – Risco do Emissor

Instituições Bancárias (Bancos) maiores normalmente pagam menos para os seus investidores, isso porque tem uma notoriedade e consequente aparência de robustez e menor risco que um banco menor.

Para competir com os bancos de maior notoriedade os bancos de menor porte oferecem taxas mais atrativas para os seus investidores e isso é muito bom para o pequeno investidor, que vai ganhar melhores taxas ao investir em LCI.

O risco de investir em um banco grande ou em um banco pequeno é o mesmo, e igual a zero quando o investimento é de menos de R$ 250.000,00; mas como isso é possível?

Através do FGC – Fundo Garantidor de Crédito, que é uma instituição sem fins lucrativos criada por resolução do Conselho Monetário Nacional, que garante os investimentos de até R$ 250.000,00 em certas modalidades de investimentos, incluindo as LCI.

3 – Vencimento

As LCI’s tem prazo de resgate e seu dinheiro depois de aplicado deve se manter neste investimentos até que o mesmo seja cumprido.

Quanto maior o prazo do investimento, maior a rentabilidade, pois a instituição financeira tem mais tempo para re-emprestar o dinheiro do investidor da LCI.

4 – Volume de Investimentos

Assim como na maior parte dos investimentos, a lei da oferta e da procura impera. Sendo assim, quanto maior o seu investimento maior será a rentabilidade da LCI oferecida. Assim quanto maior o volume que você investir em LCI, mais será a sua rentabilidade.

volume de investimentos

Formulário de Contato

Durante o artigo, você também pode me enviar perguntas, através de um formulário como este:

5 – Isenção de Impostos

A fim de impulsionar o mercado imobiliário o governo concedeu isenção imobiliária para o investimento em LCI, o que fez com que as mesmas se tornassem extremamente vantajosas em relação aos CDB’s. Veja:

CDB – possui imposto

Se o CDI de um período foi de 10% e temos um CDB que paga 99% do CDI, nossa rentabilidade será de 9,9%.
Agora pagando o imposto de Renda de digamos 20% (para investimentos de menos de 1 ano), a rentabilidade ficará em 7,92%.
Estes 7,92% são 32% a mais que a poupança que só rende 6% ao ano.

LCI não possui imposto

A mesma LCI pagando 99% do CDI, vai render exatos 9,9%, visto que sobre ela não há incidência de imposto de renda.
Dessa forma mesmo uma LCI que pague 74% do CDI já vai ser mais vantajosa que um CDB para este prazo de investimento!
Estes 9,9% são 65% a mais que a poupança que só rende 6% ao ano.

Fiz também uma planilha para ajudá-lo a decidir entre Poupança, CDB e LCI. Com ela você pode simular a taxa ofertada para os investimentos e comparar qual é a melhor opção.

LCI x Poupança

Veja o vídeo explicativo sobre o uso da planilha

Qual a segurança de investir em LCI’s?

segurança em LCI

Como dito mais acima, a segurança é dada pelo FGC, que garante os depósitos de todos os bancos brasileiros até um limite de R$ 250.000,00.

Sendo assim você pode ficar tranquilo quanto as suas aplicações em quaisquer bancos que esteja na lista dos segurados pelo FGC ( cuidado muitas cooperativas não estão seguradas).
Mas para ter essa segurança você não pode ter mais de R$ 250.000,00 em cada instituição financeira.

Sendo assim se o seu investimento for maior que este e você quiser aproveitar as rentabilidades dos bancos menores, divida seu patrimônio em 2 ou mais bancos.

Quando investir em LCI’s?

Invista em LCI quando você possuir um recurso do qual tem certeza de que não vai precisar de regate em 6 meses a 1 ano.

Poucas LCIs dão direito a resgate antes do vencimento e mesmo assim na maioria das vezes, você tem que abdicar de toda ou grande parte da rentabilidade, portanto, planeje com calma a sua necessidade de recursos e aproveite um investimento que pode render quase o dobro da poupança, com a mesma segurança.

Quando Investir