Klabin (KLBN3): contrato com a Sogemar para uso da marca é de R$ 1,046 bi

Regiane Medeiros
Economista formada pela UFSC. Produz conteúdo na área de mercado de capitais, finanças pessoais e atualidades.
1

Crédito: Divulgação klabin

A Klabin (KLBN3) divulgou na noite desta quinta-feira (17) um estudo sobre a proposta para incorporação da marca “Klabin” e outras seis marcas de titularidade da Sogemar.

Desse modo, segundo o laudo de avaliação, o valor do contrato de licença para uso da marca, firmado com a Sogemar, é de R$ 1,046 bilhão.

O laudo, apresentado pela Deloitte, utiliza uma metodologia baseada no fluxo de caixa descontado proveniente dos pagamentos futuros estimados de royalties.

Faça o Rebalanceamento de sua Carteira para outubro

Já o estudo da Kantar identificou o valor de R$ 1,1 bilhão na marca Klabin. A metodologia é baseada em lucro econômico, aplicando variáveis de contribuição e força da marca.

A Klabin divulgou ainda o laudo elaborado pela Apsis Consultoria sobre a relação de troca das ações da companhia por quotas da Sogemar, chegando a uma relação de 977,36 ações da Klabin por uma quota da Sogemar.

Ânima (ANIM3) aprova cancelamento de 3,5 milhões de ações integrantes de programa de recompra

O Conselho de Administração da Ânima (ANIM3) deliberou pelo cancelamento de 3,5 milhões de ações atualmente mantidas em tesouraria.

Monitore completamente sua Carteira

Em termos percentuais, isso representa 3,15% do total de ações emitidas, adquiridas no âmbito do programa de recompra e executada parcialmente entre os meses de março e maio de 2020, sem alteração do capital social.

Após o cancelamento, permanecerão em tesouraria uma reserva de 2.189.958 ações, que poderão ser utilizadas para cumprimento de planos de incentivo já aprovados e a quaisquer outros planos que possam vir a concretizar, informou a Ânima.