Klabin (KBLN11) informa que Cade aprovou aquisição de operações da IP

Marcia Furlan
Jornalista com mais de 30 anos de experiência. Trabalhou na Editora Abril e Agência Estado, do Grupo Estado, como repórter e editora de Economia, Política, Negócios e Mercado de Capitais. Possui MBA em Mercado de Derivativos pela FIA.
1

Crédito: Klabin (KLBN4) diz ver oportunidade em cancelamento de papel reciclado pela China

A Klabin (KLBN11) informou que a Superintendência-Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) autorizou a aquisição do negócio de papéis para embalagens e papelão ondulado no Brasil da International Paper (IP)

Segundo a companhia, a conclusão da transação está sujeita ao cumprimento de determinadas condições suspensivas e as duas empresas seguem como concorrentes e atuando de forma independente até que sejam atendidas todas as condições.

O negócio foi anunciado pela Klabin em março. A compra das operações de embalagens de papelão ondulado e papéis para embalagens foi fechada por R$ 330 milhões. Na ocasião, a companhia informou que a transação estava alinhada à estratégia de integração e ampliação da flexibilidade operacional e de produtos, expandindo o atendimento aos mercados e clientes.

Ferramenta ajuda na escolha de suas ações de acordo com balanços

A capacidade de produção das unidades de papéis para embalagens da International Paper somava 310 mil toneladas. As operações de papelão ondulado tinham capacidade de 305 mil toneladas por ano, e representavam  6,6%, de market share no mercado doméstico.

Se concretizado, o negócio irá ampliar a capacidade instalada da Klabin para mais de 1 milhão de toneladas de embalagens de papelão ondulado por ano, com participação de mercado de 23,9%, reafirmando a liderança da empresa no segmento.