JSL (JSLG3) pode levantar até R$ 693,6 mi em aumento de capital

Felipe Moreira
Especialista em Mercado de Capitais e Derivativos pela PUC - Minas, com mais de 7 anos de vivência no mercado financeiro e de capitais. Apaixonado por educação financeira e investimentos.
1

Crédito: JSL

A JSL (JSLG3) aprovou o aumento de capital de R$ 693,6 milhões, mediante a emissão de 72.255.762 novas ações ordinárias.

Segundo a JSL, o preço por ação ordinária da companhia é de R$9,60.

A quantidade de ações inicialmente ofertada poderia ter sido, mas não foi, a critério da Simpar e dos coordenadores da oferta, acrescida em até 20% do inicialmente ofertado, ou seja, em até 14.451.152 ações.

Ferramenta ajuda na escolha de suas ações de acordo com balanços

Em razão do aumento do capital social da empresa, o novo capital social da JSL passará a ser de R$ 803,3 milhões dividido em 279.991.078.

As novas ações passarão a ser negociadas na B3 em 10 de setembro de 2020.

A Oferta Restrita será sob da XP Investimentos, do BTG, do J.P. Morgan, do Itaú BBA, do Santander e do BB Investimento.

Conforme a JSL, os recursos serão destinados para otimizar a estrutura de capital da companhia para novo ciclo de crescimento, beneficiando seu posicionamento estratégico privilegiado em um momento de mudanças estruturais em seu mercado de atuação, seja por meio de crescimento orgânico, seja via aquisições.

Notre Dame (GNDI3) faz parceria com Itaú Corretora

A Notre Dame Intermédica fechou parceria comercial com a Itaú Corretora de Seguros com validade desde o dia 1º de setembro para comercialização de seus produtos.

O acordo prevê a venda de planos de saúde e odontológicos da Notre Dame, nas regiões onde atua, para clientes Itaú no segmento PME.

A empresa destaca a presença da seguradora em todo o território nacional e o alto nível de capilaridade junto ao público-alvo, segmento importante dentro da sua estratégia comercial.