Jornais | BC estuda mudar o cálculo da poupança e capitais terão prévia do 5G

Osni Alves
Jornalista desde 2007. Passou por redações e empresas de comunicação em SC, RJ e MG. E-mail: oalvesj@gmail.com.

O Banco Central (BC) estuda mudar o cálculo da poupança e as capitais terão prévia do 5G até o Natal. Estas são algumas das notícias que permeiam o noticiário desta manhã.

De acordo com o Estadão, o BC cogita mudar a regra de correção da poupança, principal fonte de financiamentos habitacionais. A ideia é que ela tenha remuneração mais próxima da que é aplicada nos financiamentos de projetos imobiliários. Hoje, ela perde para outras aplicações.

Também informa que o Senado aprovou André Mendonça para ocupar uma cadeira no Supremo Tribunal Federal (STF). O ex-AGU esperou quatro meses para ser sabatinado, e obteve 47 votos, apenas seis a mais do que o mínimo necessário.

E destaca, ainda, que por conta da ômicron, o governador João Doria defende que prefeitos cancelem o réveillon. Entretanto, o prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes, ainda mantém o planejamento para a festa na Avenida Paulista.

O jornalão carioca O Globo, por sua vez, destaca que embora o prazo exigido pela Anatel seja o segundo semestre de 2022, as empresas iniciaram corrida para participar do lançamento de, ao menos, parte do 5G antes do Natal.

Também destaca que o Brasil já registrou o terceiro caso de ômicron, ontem. Agora, o país tem um caso observado em Minas Gerais, um no Rio de Janeiro e outro em São Paulo.

Já o Valor Econômico elenca que a votação da PEC dos Precatórios foi adiada para esta quinta, isso depois de um dia de intensas negociações.

Também informa que a importação de gás dos EUA bateu recorde com a crise hídrica, sendo que o Brasil fez compras de volumes consideráveis e passou de 7º lugar no ranking de maiores importadores de GNL americano, em 2020, para o 4º lugar neste ano. As importações do gás mais que dobraram e devem se manter altas no médio prazo.

A Folha de S.Paulo informa que a Saúde deve adiar o plano de liberar o uso de máscaras, por conta da elevação dos casos de ômicron. Antes, pretendia-se retirar a máscara ao ar livre.

Internacional

Mais cedo, o Euqueroinvestir.com informou que os Estados Unidos registraram quarta-feira (1) o primeiro caso da variante ômicron em seu território. Trata-se de uma pessoa que está em observação na Califórnia.

Também ontem o presidente do Fed, Jerome Powell, disse esperar que os legisladores discutam a possibilidade de um cronograma de redução gradual mais rápido na reunião deste mês.

Isso porque as pressões inflacionárias estão mais altas, e, portanto, é apropriado, considerar encerrar a redução das compras de ativos, anunciada em novembro.

No pregão de ontem, as ações relacionadas a viagens foram especialmente afetadas, uma vez que os investidores temiam que a variante omicron pudesse levar a requisitos de viagens mais rígidos. Empresas de cruzeiros, companhias aéreas e ações de hotéis terminaram a sessão no vermelho.