EUA: Jolts surpreende com 8,123 milhões de vagas em março

Cláudia Zucare Boscoli
Jornalista formada pela Cásper Líbero, com pós-graduação em Jornalismo Econômico pela PUC-SP, especialização em Marketing Digital pela FGV e extensão em Jornalismo Social pela Universidade de Navarra (Espanha), com passagens por IstoÉ Online, Diário de S. Paulo, O Estado de S. Paulo e Editora Abril.
1

Crédito: Reprodução/Pixabay

A oferta de empregos nos Estados Unidos, medida pelo relatório Jolts (Job Opening), surpreendeu positivamente nesta terça-feira (11) e revelou 8,123 milhões de vagas em aberto em março, ante 7,367 milhões em fevereiro. O consenso do mercado era por 7,5 milhões de vagas.

A divulgação é do Departamento de Trabalho dos EUA. Os maiores aumentos foram registrados em acomodação e serviços de alimentação (mais 185 mil postos); educação do governo estadual e local (mais 155 mil); e artes, entretenimento, e recreação (mais 81 mil).

Atingir um patrimônio de R$ 100 mil é para poucos, saiba quais são as melhores atitudes e aplicações para multiplicá-lo

Houve diminuição do número de vagas na área de saúde e assistência social (menos 218 mil). O número de vagas de emprego aumentou principalmente nas regiões Nordeste e Centro-Oeste.

A taxa de contratações pouco mudou, ficando em 4,2%. A de dispensas ficou em 3,7%, também sem alteração.

O resultado ameniza as perdas na bolsa hoje.

Planilha de Ativos

Um dos principais exercícios para a compra de uma ação é saber se ela está cara ou barata. Para isso, preparamos um material especial para ajudá-lo nesta análise.