JHSF (JHSF3) tem aprovação para expansão de aeroporto em SP

Felipe Moreira
Especialista em Mercado de Capitais e Derivativos pela PUC - Minas, com mais de 8 anos de vivência no mercado financeiro e de capitais. Certificações: CPA-10, CPA-20 e AAI. Apaixonado por educação financeira e investimentos.
1

Foto: JHSF

A JHSF (JHSF3) recebeu nesta quinta-feira (3) aprovação da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) para expansão do São Paulo Catarina Aeroporto Executivo.

Conforme a nota, a autorização é referente a implantação dos hangares 3, 4 e 5, bem como ampliação do Pátio de aeronaves 1. Além disso, prevê a implantação do Pátio de aeronaves 4.

São Paulo Catarina é o primeiro aeroporto privado no Brasil focado em levar qualidade e excelência para usuários da aviação executiva, segundo a JHSF.

Simule o rendimento de seus investimentos em Renda Fixa e calcule retorno das aplicações

Inaugurado há menos de um ano e atingindo a capacidade de hangarem inicialmente disponível em cerca de 3 meses, a expansão, prevista anteriormente para o final de 2021, adiciona três novos hangares que ampliam a capacidade do Aeroporto para cerca de 55.000m² entre hangares e pátios.

Dos novos hangares, um será destinado ao Centro de Serviços da Pilatus (fabricante suíço de aeronaves). E os outros dois hangares são destinados a hangaragem de aeronaves executivas e já se encontram em fase avançada de comercialização.

Sobre o aeroporto

Construído em uma área de 5,2 milhões de m², o São Paulo Catarina Aeroporto Executivo está localizado no km 60 da Rodovia Presidente Castello Branco, com fácil acesso aos principais polos de negócios da capital.

O aeroporto faz parte do empreendimento urbanístico integrado Catarina, composto também pelo Shopping Catarina Fashion Outlet.

De acordo com a JHSF, o São Paulo Catarina oferece uma pista de 2.470 m, planejada para voos internacionais, o aeroporto fica a 14 minutos de helicóptero de São Paulo ou 30 minutos de carro.

O foco exclusivo na aviação executiva permite que o aeroporto ofereça 200 mil pousos e decolagens por ano.

Copasa (CSMG3) pagará R$ 6,48 em dividendos na próxima quinta-feira

A Copasa (CSMG3) informou que distribuirá R$ 820 milhões em dividendos na próxima quinta-feira (10).

Conforme a companhia, será pago o valor R$ 6,4876594827 por ação. Farão jus aos dividendos, o acionista posicionado no papel em 19 de novembro de 2020.

Se você quer saber mais sobre o mercado de ações e como investir, preencha o formulário abaixo que um assessor da EQI Investimentos entrará em contato.