JBS (JBSS3) faz acordo de R$ 3 bi com o WH para exportar carne para a China

Marco Antônio Lopes
Editor. Jornalista desde 1992, trabalhou na revista Playboy, abril.com, revista Homem Vogue, Grandes Guerras, Universo Masculino, jornal Meia Hora (SP e RJ) e no portal R7 (editor em Internacional, Home, Entretenimento, Esportes e Hora 7). Colaborador nas revistas Superinteressante, Nova, Placar e Quatro Rodas. Autor do livro Bruce Lee Definitivo (editora Conrad)

Crédito: Divulgação

A JBS (JBSS3) comunicou, nesta segunda (27), que firmou acordo com o WH Group, empresa chinesa de processamento de carne, para fornecimento e distribuição de proteína bovina, de aves e suína in natura ao mercado da China.

O acordo envolve até R$ 3 bilhões em negócios por ano. A JBS e o WH Group vão oferecer um portfólio de produtos das marcas Friboi e Seara.

Atingir um patrimônio de R$ 100 mil é para poucos, saiba quais são as melhores atitudes e aplicações para multiplicá-lo

Relações comerciais com a China

“Esse acordo reflete a maturidade e evolução das nossas relações comerciais com a China”, diz Renato Costa, presidente da Friboi.

“Temos observado mudanças no perfil do consumidor chinês em relação ao consumo de proteínas e uma preocupação crescente com qualidade, rastreabilidade e segurança dos alimentos. Para atender a essa demanda desenvolvemos times locais, parcerias e projetos dedicados no país”, completa.

60 mil pontos de venda

O objetivo da parceria é ter acesso direto ao consumidor por meio dos mais de 60 mil pontos de venda exclusivos do WH Group no país. Irá também, claro, ampliar a participação dos produtos e marcas da empresa no mercado chinês, especialmente de carne bovina.

“Será uma oportunidade de evoluirmos em nossa cadeia de suprimentos em um modelo de negócio inédito para a JBS”, explica Costa.

Os primeiros embarques da parceria acontecerão ainda no primeiro trimestre deste ano.

Estude e compare seus investimentos em FIIs

Acesse esse material especial para avaliar resultados, performance e dividendos dos melhores FIIs no mercado