JBS (JBSS3): fator câmbio leva a prejuízo de R$ 5,9 bi no 1TRI20

Osni Alves
Jornalista | osni.alves@euqueroinvestir.com
1

Crédito: Reprodução

O frigorífico JBS (JBSS3) teve prejuízo de R$ 5,9 bilhões no primeiro trimestre de 2020 por conta do fator câmbio.

Significa dizer que as operações da companhia foram afetadas pela forte valorização do dólar frente ao real.

Em igual período do ano passado, a empresa havia obtido lucro de R$ 1,09 bilhão.

De acordo a empresa, o resultado foi impactado pelo efeito não caixa da variação cambial de R$ 8,2 bilhões no primeiro trimestre do ano.

Sem o efeito da variação, a JBS teria reportado lucro líquido ajustado de R$ 803,2 milhões.

JBSS3: plano operacional

Já no plano operacional, a receita líquida somou R$ 56,5 bilhões, alta de 27,3%, com elevação em todas as linhas de negócios no comparativo anual

Conforme o balanço, o destaque ficou por conta da JBS USA Beef, com alta de 21,8%, a Pilgrim’s Pride, com alta de +33,5%, e a Seara, com alta de 39%.

Segundo o relatório, tanto a JBS USA Beef quanto a Pilgrim’s Pride foram impactadas pela variação cambial do período.

JBSS3: resultado operacional

Já o resultado operacional medido pelo Ebitda (lucro antes de impostos, juros, depreciação e amortização) ajustado foi de R$ 3,9 bilhões, aumento de 22,6% no comparativo anual.

Segundo a empresa, além da linha financeira, o efeito cambial também fez a dívida líquida da companhia aumentar de R$ 48,7 bilhões para R$ 57 bilhões.

Consta no relatório que a JBS fechou o trimestre com R$ 18,5 bilhões em caixa.

Veja o desempenho da JBSS3 na Bolsa:

Fonte: tradingview.