JBS (JBSS3) e Yduqs (YDUQ3) informam dividendos e JCP

Fernando Augusto Lopes
Redator e editor
1

Crédito: JBS/Divulgação

A JBS (JBSS3) aprovou nesta quarta-feira (28) a distribuição de dividendos mínimos obrigatórios no valor de cerca de R$ 1,092 bilhão e dividendos adicionais de aproximadamente R$ 1,419 bilhão. O valor total ficou em torno de R$ 2,511 bilhões.

Tal montante equivale a R$ 1,01667969 por ação ordinária, excetuando-se as ações em tesouraria, conforme base acionária de 23 de abril de 2021.

Simule seus investimentos com um especialista e confira as melhores opções de acordo com seu perfil

A JBS informou que o pagamento será realizado em moeda corrente nacional em 5 de maio de 2021.

Yduqs (YDUQ3) aprova R$ 141,7 milhões em dividendos

A Yduqs (YDUQ3) também aprovou o pagamento do dividendo mínimo obrigatório e dividendos adicionais, relativo ao resultado apurado no exercício social findo em 31 de dezembro de 2020. O montante total é de cerca de R$ 93,271 milhões.

De forma complementar, aprovou também a distribuição e pagamento de dividendos adicionais no montante de R$ 48,469 milhões “advindos da reserva de retenção de lucros de anos anteriores”.

No total, o montante de é R$ 141,741 milhões.

O valor é equivalente a R$ 0,4696948262 por ação ordinária, desconsideradas as ações em tesouraria.

Terão direito as pessoas inscritas como acionistas na data-base de 28 de abril de 2021. A data de pagamento ainda será fixada pela Yduqs.

Odontoprev (ODPV3) dividendos de R$ 95 mi

Já a Odontoprev (ODPV3) aprovou dividendos aos detentores de ações em 19 de maio de 2021. O montante total é de cerca de R$ 95,753 milhões, o que corresponde a R$ 0,1810197190 por ação, desconsideradas 2.327.441 em tesouraria.

O pagamento se dará em 6 de julho de 2021.

Engie (EGIE3) anuncia dividendos complementares de R$ 609,5 milhões

Por fim, a Engie (EGIE3) também aprovou dividendos complementares no valor aproximado de R$ 609,594 milhões.

O montante corresponde a R$ 0,7471177357 por ação, proventos complementares aos dividendos intermediários, dividendos intermediários adicionais e juros sobre o capital próprio referentes ao exercício de 2020.

Os dividendos complementares serão pagos posteriormente, em data ainda a ser definida, com base nos dados acionários de 11 de maio de 2021.

“Assim, o total de proventos do exercício de 2020 atingiu R$ 2.016.754.364,44 (R$ 2,4717315830 por ação), equivalente a 100% do lucro líquido distribuível (desconsiderando a repactuação do risco hidrológico)”, informou a empresa, em fato relevante ao mercado.

Cases da Bolsa

Aprenda análise fundamentalista de ações na prática, com maiores cases já criados na B3