Já ouviu dizer que P/L também tem desvantagens? Saiba o motivo!

Qual investidor nunca ouviu falar em P/L, não é mesmo? O indicador é um dos mais populares quando se trata de análise de ações. Ele mede a relação entre o preço atual das ações e o lucro por ação, isso no acumulado dos últimos quatro trimestres.

Patrícia Auth
Patrícia Auth é jornalista formada pela Univali de Itajaí/SC. Trabalhou em impressos, como o Jornal de Santa Catarina, e também, como repórter na Rede Record e RBS TV. É casada, mãe da Lívia e adoradora de boa música e gastronomia.Na equipe EuQueroInvestir, é responsável pela produção de vídeos, e também escreve e edita artigos para o site.Entre em contato com a Patrícia pelo e-mail: patricia.auth@euqueroinvestir.com

Crédito: Stock market graph and tecnical analysis stock ( Shot with selective focus )

Sim! É uma maneira simples e prática de avaliar ações, porém, tem vantagens e desvantagens, e a gente vai te explicar tudo neste artigo.

Como funciona o P/L

Explicando de forma resumida, o P/L indica de um jeito bem simples, quanto o investidor está disposto a pagar por real de lucros.

[box type=”warning” align=”aligncenter” class=”” width=””]Exemplo: Um P/L de 10 sugere que o valor atual das ações representa 10 vezes o lucro conquistado pela companhia nos últimos quatro trimestres.[/box]

Alguns analistas ainda conseguem fazer previsões futuras, trabalhando com o P/L esperado, ou seja, prevendo o lucro dos quatro trimestres que estão por vir.

Estratégia arriscada

Falando em situação ideal, uma ação que negocia a um P/L de 15, pode ser considerada mais valiosa do que um P/L de 10, certo? Nem tanto… Analisar dessa maneira pode nos levar a conclusões erradas nas negociações diárias.

Por quê?

Porque outras variáveis precisam ser levadas em consideração. Acreditem! Existem limitações para a análise citada acima. Comprar uma ação só porque o P/L é baixo é um risco.

Se compararmos com indicadores de papéis do mesmo setor, um P/L alto quer dizer que o mercado está otimista em relação ao sucesso, ou, progressão da empresa.

Sendo assim, empresas com ações de P/L elevado tem a missão futura de melhorar seus resultados, caso contrário, o seu preço pode se ajustar de forma negativa.

Os diferenciais

Quando comparar P/Ls de diferentes empresas, a dica é ter atenção com alguns fatores que podem, de certa forma, distorcer a análise.

[box type=”info” align=”aligncenter” class=”” width=””]Por exemplo: Empresas com histórico de crescimento rápido tendem a mostrar P/Ls mais altos. Isso reflete na perspectiva do mercado de resultados crescentes.[/box]

Outra coisa!

Tenha claro em sua mente que, diferentes setores podem apresentar P/Ls diferentes. Assim, é mais seguro comparar o P/L de uma ação com um papel de uma empresa do mesmo setor.

[box type=”warning” align=”aligncenter” class=”” width=””]Como exemplo: Empresas de tecnologia, que em geral tem perspectivas de crescimento maiores, tendem a ter P/L de papéis mais elevados que o indicador para o setor de energia elétrica.[/box]

E não é só isso!

Distorções também podem aparecer em comparações entre empresas de países diferentes. Isso porque em economias com percepção de risco melhor, os P/Ls são mais elevados. Tal fato explica, em partes, a grande diferença entre P/Ls de empresas norte-americanas e latino-americanas.

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

Limitações e outros cuidados

Mesmo sabendo dos itens acima, o P/L não deve – NUNCA – ser o único item a ser levado em conta na hora de analisar se uma ação está cara ou barata. A qualidade dos dados é fator importantíssimo, especialmente dados que dizem respeito ao lucro por ação.

Diversos fatores tendem a influenciar no lucro de uma empresa, muitos desses fatores são extraordinários, que podem não refletir no desempenho operacional da companhia.

Às vezes, o P/L da empresa pode parecer pequeno, ou baixo, mas o que acontece é que os lucros foram influenciados por fatores atípicos, que não irão se repetir, distorcendo, assim, a análise.

Outro fator que pode distorcer a comparação entre empresas de países distintos, é a diferença em padrões contábeis. Enquanto o preço pode parecer um indicador relevante, o lucro pode deixar a desejar como ferramenta comparativa entre o desempenho de duas, ou até mais, empresas.

Antes de terminar, vamos descobrir o seu perfil de investidor?

Faça o teste aqui mesmo no nosso site!

[banner id=”teste-perfil”]

Concluindo…

Tudo o que dissemos até aqui, não quer dizer que não vale usar o P/L. Vale sim, mas com atenção!

O indicador P/L é fácil, simples de manusear, e por isso, uma ferramenta bastante usada, especialmente pelos investidores de varejo. Ele tem benefícios, mas os dados devem ser analisados dentro de todo o contexto, pois os números mostrados podem apresentar distorções, como citamos exemplos acima.

[box type=”note” align=”” class=”” width=””]A nossa análise é de que o indicador P/L – mesmo sendo extremamente prático e útil – não deve ser a única fonte de referência na hora de decidir pela compra, ou não, de uma ação. Orientamos, sempre, buscar a análise, também, de outros indicadores antes de arriscar o seu dinheiro, especialmente quando a decisão diz respeito às perspectivas da empresa investir.[/box]

Gostou do artigo?

Se precisar de mais informações sobre o indicador P/L, conte com a ajuda de nossos assessores de investimento!

Basta preencher o formulário abaixo para que um de nossos especialistas entre em contato com você. E não se preocupe! Toda a assessoria Eu Quero Investir é de graça.