Itaúsa (ITSA3) aprova emissão de debêntures de R$ 1,3 bilhão

Felipe Alves
Jornalista com experiência em reportagem e edição em política, economia, geral e cultura, com passagens pelos principais veículos impressos e online de Santa Catarina: Diário Catarinense, jornal Notícias do Dia (Grupo ND) e Grupo RBS (NSC).
1

Crédito: Divulgação

A Itaúsa (ITSA3) divulgou nesta quinta-feira (10) que aprovou a terceira emissão de debêntures da empresa. O valor será de R$ 1,3 bilhão.

Os recursos serão usados majoritariamente, segundo a Itaúsa, para aporte na Copagaz Distribuidora de Gás S.A. O objetivo é viabilizar a aquisição da Liquigás Distribuidora S.A., sendo os recursos remanescentes utilizados para recomposição do capital de giro da Itaúsa.

Localiza (LCAM3) informa JCP de R$ 63,812 milhões

A Localiza (LCAM3) irá pagar R$ 63,812 milhões em juros sobre capital próprio. A decisão foi tomada em reunião do conselho de administração nesta quinta-feira.

Serão pagos R$ 0,08490 por ação. Mas segundo a empresa o valor por ação poderá ser modificado em razão da alienação de ações em tesouraria para atender ao exercício de opções de compra de ações outorgadas com base nos Planos de Opção de Compra de Ações da Companhia e/ou por eventual aquisição de ações dentro do Plano de Recompra de Ações da Companhia.

O pagamento ocorrerá em 5 de fevereiro de 2021 na proporção de participação de cada acionista com posição até 15/12/2020.

Odontoprev (ODPV3) remunera JCP

A Odontoprev (ODPV3) vai pagar R$ 12,460.108,61 em juros sobre capital próprio com posição em 15 de dezembro.

Serão pagos R$ 0,023491854 por ação, mas o valor ainda está sujeito à retenção do imposto de renda de 15% retido na fonte.

Por fim, o pagamento ocorrerá em 4 de janeiro de 2021.