Itaú avança na compra de créditos de carbono

Juliana Gusmão
null
1

Crédito: Reprodução/Itaú

Conforme Reportagem do Valor Econômico, o banco Itaú e o grupo energético Francês Engie realizaram um acordo relacionado à compensação de emissão de gases de efeito estufa (GEE).

Exemplificando, na prática, a instituição financeira fará a compra de créditos de usina de cogeração a biomassa.

A parceria entre a Engie e o Itaú se iniciou após o trabalho de redução de emissões de metano de Lages em 2019. Na época, o projeto foi selecionado pelo edital do programa “Compromisso com o Clima – Ciclo”.

Aprenda hoje a investir em Small Caps e encontre as oportunidades escondidas na Bolsa.

Além disso, é importante lembrar que em 2018, a Engie vendeu para o Itaú créditos de carbono do complexo fotovoltaico de Floresta, no Rio Grande do Norte.

Desse modo, na época, o acordo permitiu ao Itaú compensar 86 mil toneladas de CO2 de suas emissões de GEE, relacionadas ao biênio 2016/2017.

O grupo Engie está localizado em Santa Catarina.