IRB Brasil (IRBR3) dispara com dados mensais, adia pagamentos de JCP

Victória Anhesini
Jornalista formada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie
1

Crédito: Divulgação/IRB

As ações do IRB Brasil (IRBR3) tiveram alta de 7% após a divulgação de dados mensais nesta segunda-feira (28). De acordo com a companhia, houve prejuízo de R$ 23,8 milhões em outubro. Entretanto, o lucro líquido ficou em R$ 110,3 milhões, se excluídos efeitos não recorrentes.

Por volta das 12h, os papéis valorizavam-se 7,32%, cotada a R$ 7,77. Ao mesmo tempo, o Ibovespa subia 0,51%. Por outro lado, no acumulado do ano, as ações ainda perdem 78%. Este é um dos piores desempenhos do Ibovespa, que sobe quase 9% no período.

Pela manhã, o IRB Brasil avisou aos acionistas que vai adiar o pagamento de juros sobre capital próprio. O valor, previsto para ser pago no dia 29, seria de R$ 28 milhões. 

De acordo com a IRB Brasil, não há data de previsão de pagamento. A Superintendência de Seguros Privados (SUSEP) deve certificar formalmente o cumprimento dos índices regulatórios exigidos no Plano de Regularização de Liquidez (PRL) apresentado pela empresa. E, então, devidamente aprovado pela referida autarquia.

Por fim, apesar das medidas para sanar as insuficiências regulatórias da empresa de conhecimento do mercado, a certificação formal da sua regularização só poderá ser apurada com a conclusão das demonstrações financeiras referentes ao exercício de 2020.

Localiza (RENT3) elege novo diretor financeiro

A Localiza (RENT3) informou nesta segunda-feira (28) que seu conselho de administração elegeu Rodrigo Tavares Gonçalves de Sousa para os cargos de diretor de Finanças e Relações com Investidores. A notícia vem após a renúncia de Maurício Teixeira.

Anteriormente, Tavares era diretor-executivo de Compra de Carros e Desenvolvimento de Negócios na empresa. O mandato se estende até a assembleia geral ordinária de 2021.

Gafisa (GFSA3) exerce opção de compra do Hotel Fasano Itaim

A Even (EVEN3) avisou por meio de fato relevante à CVM que a Gafisa (GFSA3) exerceu a opção de compra dos imóveis que compõem o Hotel Fasano Itaim por R$ 310 milhões. A compra foi feita no dia 23 de dezembro.

A formalização da compra e venda dos imóveis, com a assinatura de documentos e o recebimento dos valores, acontece em janeiro de 2021.

De acordo com a companhia, a aquisição se refere a contrato assinado em novembro pela Taperebá, subsidiária da Even, em conjunto com a Gafisa.

Gostaria de ter orientação sobre como investir e onde? Preencha o formulário abaixo que um assessor da EQI Investimentos poderá ajudar em sua jornada.