JBS (JBSS3) lança debêntures; Elfa Medicamentos adquire Descarpack

Regiane Medeiros
Colaborador do Torcedores

Crédito: Divulgação/Irani

A JBS (JBSS3) comunicou o lançamento da sua 7ª emissão de debêntures simples, não conversíveis em ações, no montante de até R$ 1,2 bilhão.

Para isso, serão emitidas até 1,2 milhão de debêntures ao preço de R$1.000,00, em até duas séries.

Os recursos líquidos obtidos pela JBS com a emissão serão destinados integralmente e exclusivamente à aquisição de bovinos de produtores rurais.

Engie (EGIE3) vende Complexo Termelétrico Jorge Lacerda

A Engie (EGIE3) concluiu a venda da totalidade da participação que possuía no Complexo Termelétrico Jorge Lacerda, no município de Capivari de Baixo, SC.

A operação foi realizada pelo montante de R$ 325 milhões.

“A conclusão da venda do Complexo Termelétrico Jorge Lacerda é positiva para os planos da Companhia de direcionar operações e investimentos aos projetos de energia renovável e infraestrutura de transmissão. Além disso, é importante para que a economia da região Sul de Santa Catarina se reinvente, possibilitando uma transição socialmente justa e reduzindo potenciais impactos em comparação a um processo de descontinuidade das operações no curto prazo”, disse Eduardo Sattamini, Diretor-Presidente e de Relações com Investidores da ENGIE Brasil Energia

Elfa Medicamentos adquire Descarpack Descartaveis

A Elfa Medicamentos comunicou a aquisição da Descarpack Descartaveis do Brasil pelo montante (enterprise value) de até R$ 1,062 bilhão.

A Descarpack, fundada em 1996, é líder nacional no mercado de produtos descartáveis de alta qualidade, direcionados à área hospitalar, profissional e farmacêutica. Em 2020 a empresa teve uma receita líquida de R$ 1,1 bilhão.

“Com o investimento nessa aquisição, a Elfa aumenta sua escala no setor de materiais e sua receita (proforma), no período de 12 meses findos em 30 de junho de 2021, atinge R$ 7,5 bilhões”, destacou a Elfa.

CM Hospitalar (VVEO3) adquire Tecno4 e da Pointmed

A CM Hospitalar (VVEO3) comunicou a aquisição da Tecno4 e da Pointmed em um enterprise value de R$ 43 milhões.

A Tecno4 e a Pointmed com sede em São Paulo, foram fundadas em 2000 e 2006, respectivamente, e atuam na importação e distribuição de instrumentos e materiais para uso médico, hospitalar, cirúrgico e laboratórios.

A receita líquida combinada anual de tais empresas é de R$ 59 milhões e o Ebitda de R$ 11 milhões.

Multilaser (MLAS3) celebra acordo com Obabox

A Multilaser (MLAS3) celebrou acordo a Obabox visando a associação de negócios de comercialização e desenvolvimento de produtos.

A transação prevê que as operações da Obabox serão incorporadas à Multilaser, aprimorando suas capacidades nas áreas de desenvolvimento de produtos voltados ao e-commerce, vendas diretas, marketing digital e comunicação 360 graus.

A Obabox apresentou faturamento superior a R$ 63 milhões no ano de 2020 e o valor da transação é de R$ 15 milhões, que serão investidos pela Multilaser com recursos de seu IPO.

Jereissati , Controladora da Iguatemi (IGTA3), emite Notas Promissórias

O conselho de administração da Jereissati aprovou a emissão de notas promissórias no valor total de R$ 65 milhões.

A oferta será realizada com esforços restritos de distribuição.