Irani (RANI3; RANI4) registra lucro de 25,55 milhões no 3TRI, alta de 67%

Regiane Medeiros
Economista formada pela UFSC. Produz conteúdo na área de mercado de capitais, finanças pessoais e atualidades.
1

Crédito: Irani

A Irani Papel e Embalagem (RANI3; RANI4) registrou lucro líquido de R$ 25,55 milhões no terceiro trimestre de 2020.

Os número refletem uma alta de 67,1% sobre o trimestres anterior, com lucros de R$ 15,3 milhões e 66,9% na comparação anual.

No acumulado de 2020, a Companhia registra lucro de R$ 58,84 milhões, avanço de 378,3% sobre um ano antes.

BDRs| Confira os papéis disponíveis para Investimentos

“Os principais impactos no resultado líquido deste trimestre foram o crescimento da receita líquida de vendas e melhora das margens pelos aumentos de preços médios dos produtos comercializados pela Companhia”, destacou a Irani.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) ajustado das operações continuadas subiu 10,4%, para R$ 55,63 milhões.

Receita avança 9,4%

A receita operacional líquida subiu 9,4% de julho a setembro, para R$ 261,36 milhões, na comparação anual.

Segundo a companhia, a alta se deu em função do aumento do volume de vendas do segmento embalagem de papelão ondulado e também do aumento de preços médios no período. Soma-se a isso a valorização do dólar e do euro em relação ao real nas vendas para o mercado externo.

Até setembro deste ano, a Irani acumulou uma receita de R$ 738,67 milhões.

Vendas

O volume de vendas do segmento Embalagem de Papelão Ondulado aumentou 12,7% na comparação com o terceiro trimestre de 2019.

Quando comparado com o segundo trimestre de 2020, a alta foi de 30,1%, totalizando 43,2 mil toneladas no terceiro trimestre deste ano.

“Este crescimento está relacionado à retomada das atividades econômicas, que haviam sofrido redução em função da pandemia do coronavírus e ao aumento do consumo da população em especial nos segmentos alimentício e de higiene e limpeza e o expressivo aumento do e-commerce e das tele entregas que tipicamente utilizam embalagens de papel para transporte”, informou a empresa.

Já o segmento de Papel para Embalagens totalizou 31,9 mil toneladas, registrando estabilidade quando comparado a um ano antes e redução de 14,9% em relação ao trimestre anterior.

O segmento Florestal e Resinas teve redução de redução de 20,2% em relação ao segundo trimestre de 2020, alcançando 3,1 mil toneladas.

Endividamento e Caixa

A relação dívida líquida/Ebitda ajustado foi de 1,10 vezes em 30 de setembro de 2020 contra 2,94 vezes em 30 de junho de 2020.

A variação é devido à redução da dívida líquida pela oferta pública de ações,à geração de caixa no trimestre e ao  aumento do Ebitda ajustado dos últimos 12 meses.

A posição de caixa ao fim de setembro de 2020 foi de R$ 377,4 milhões (composto por aplicações financeiras, caixa e equivalentes de caixa) e 84% da dívida estava no longo prazo.